Arquivo do mês de junho 2013

«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 8 | 9 | 10 || Next»

Clonam um rato a partir de uma gota de sangue

LuisaoCS

O curioso fenômeno dos anéis de fumaça nos vulcões

Uma equipe de pesquisadores japoneses do Instituto de Pesquisa de Ciências Naturais RIKEN liderados pelo doutor Atsuo Ogura conseguiram clonar pela primeira vez um rato a partir de células sanguíneas circulantes recolhidas do rabo de outro exemplar. A duração de sua vida foi ademais comparável à da maioria de espécimes de sua espécie e inclusive conseguiu procriar novos ratos sem maiores complicações.

A clonagem foi possível graças ao isolamento dos glóbulos brancos do sangue do doador e o uso dos núcleos celulares seguindo uma técnica similar à que foi empregada com a ovelha Dolly. O processo, conhecido com o nome de transferência nuclear de células somáticas, implica o transvase do núcleo de uma célula adulta a um óvulo não fertilizado do qual extraíram o núcleo.

Até a data os especialistas tinham conseguido clonar ratos a partir de glóbulos brancos presentes nos gânglios linfáticos, na medula óssea e no fígado, mas é a primeira vez que conseguem usando células sanguíneas circulantes.

Com este método, os cientistas asiáticos indicam que é possível clonar organismos de maneira rápida e sem que seja necessário matar o animal doador. Ademais sustentam que isso poderá ser utilizado para produzir a grande escala animais confinados que tenham características muito determinadas que os tornem economicamente atraentes para as explorações pecuárias.

Via | BBC News.


O curioso fenômeno dos anéis de fumaça nos vulcões

LuisaoCS

O curioso fenômeno dos anéis de fumaça nos vulcões

Os anéis de fumaça formados por um vulcão são muito raros -mais escassos inclusive que os Anéis do Poder de Tolkien- dado que só acontecem em condições muito especiais. É uma coincidência que o gás e o vapor expulso pela boca de ventilação de um vulcão possa formar um perfeito anel de fumaça.

Os vulcanólogos estimam que estes anéis podem chegar a ter até uns 200 metros de largura e atingir uma altura de 1.000 metros acima do solo, em uma viagem cadenciada para cima de uns 10 minutos. Pouco se sabe de como são formados, mas o professor Jürg Alean especula que poderiam ser formado por pulsos de gás rápidos, emitidos por aberturas estreitas à atmosfera.


Transplante de cabeça, uma realidade em dois anos?

LuisaoCS

Transplante de cabeça, uma realidade em dois anos?

Em entrevista exclusiva para a revista italiana Oggi, o famoso neurocirurgião Sérgio Canavero, conhecido por ter conseguido "acordar" um jovem em estado de coma vegetativo, assegurou que o transplante de cabeça é tecnicamente possível e que poderia realizar o primeiro em dois anos.

O desafio está proposto no projeto HEAVEN/GEIMINI (Head Anastomosis Venture with Cordon Fusion) que trabalha na possibilidade de unir dois trechos da medula espinal. Segundo explica Sérgio à revista, isto seria possível "graças à utilização da engenharia celular".

E que sentido tem transplantar uma cabeça? Canavero também aborda o possível perfil dos doadores e dos receptores. Segundo ele, os candidatos potenciais ao transplante poderiam ser pessoas com alguma doença degenerativa ou tetraplégicos.

Consciente de que o projeto gera inquietudes e debates éticos, Canavero assegura que "a sociedade deve começar a pensar de maneira a padronizar este procedimento".

Via | Oggi.


Comer em um prato vermelho aumenta a saciedade

LuisaoCS

Comer em um prato vermelho aumenta a saciedade

Um estudo levado a cabo por cientistas da Universidade de Oxford, Inglaterra, revelou uma série de truques psicológicos que tem a mente humana no momento de realizar uma das ações mais importantes para a sobrevivência: comer.
Assim, se valendo de uma série de experimentos, os pesquisadores informam que servir a comida em pratos vermelhos ou/e menores faz com que o comensal se sinta saciado com menos comida do que a servida em um recepiente de outra cor ou/e maior.

Também concluiram que comer iogurte com colher plástica faz com que este pareça ter melhor qualidade, e que utilizar uma faca para se alimentar aumenta o sabor salgado dos alimentos, algo muito útil para -por exemplo- os que sofrem de hipertensão.

A pesqusa, publicada no jornal Appetite, se destaca dentro do estudo dos vínculos emocionais com a comida, os quais passam a ser muito importantes se considerarmos que por estes uma pessoa poderia chegar a desenvolver transtornos como anorexia ou bulimia.


Máquina mais inútil do mundo, versão avançada

LuisaoCS

Desenhada e construída no setor de dispositivos mais inúteis do mundo, chefiado pelo Seu Mandrião, chega uma versão revisada e tunada da famosa máquina definitivamente inútil de Claude M. Shannon, cuja característica todos já conhecemos: a capacidade de desligar-se automaticamente. Há que ver o vídeo completo porque há surpresas até o final.


Pessoas com alto QI sabem bloquear grande quantidade de informação desnecessária

LuisaoCS

Pessoas com alto QI sabem bloquear grande quantidade de informação desnecessária

O índice de Quociente intelectual funciona para dar-nos uma medida da inteligência de uma pessoa em um dado momento. Segundo este, uma pontuação maior indica maior inteligência. Se levarmos isso como base, um estudo publicado na revista Current Biology afirma que pessoas com níveis altos de QI são mais seletivos ao processar informação proveniente dos sentidos. Duje Tadin da Universidade de Rochester afirma que:

- "Não é que as pessoas com alto QI sejam melhores em percepção visual; senão que é mais seletiva. São excelentes para ver pequenos objetos móveis, mas têm dificuldades em perceber movimentos grandes e de fundo".


Flor-de-papagaio, a flor com forma de pássaro

LuisaoCS

Flor-de-papagaio, a flor com forma de pássaro

A flor-de-papagaio (Impatiens psittacina) é uma das espécies botânicas mais estranhas que existem. Esta flor, originária do norte da Tailândia, é prima de flores muito conhecidas no Brasil como o beijinho e a maria-sem-vergonha, que por sinal crescem espontaneamente no Brasil, mas são originárias da África.

A raridade da espécie incrementa-se porque, além das restrições impostas pelo governo tailandês sobre seu tráfico, o formato de suas pétalas tem a aparência de um mini papagaio ou periquito voando. Na verdade, uma das pétalas tem o formato de uma plataforma para o pouso de insetos que são direcionados ao interior da flor para coletar grãos de pólen e levá-los a outras flores para a sua fecundação e mais tarde frutificação.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 8 | 9 | 10 || Next»