Arquivo do mês de março 2014

«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 || Next»

Fundador da Oculus foi ameaçado de morte depois da compra do Facebook

LuisaoCS

Fundador da Oculus foi ameaçado de morte depois da compra do Facebook

Nem tudo é absolutamente melzinho na chupeta para Palmer Luckey, o criador da Oculus VR, empresa de óculos de realidade virtual, e que recentemente chegou a um acordo com Facebook por um par de bilhões de dólares. Palmer reconheceu que recebeu ameaças de morte após a negociação ser anunciada.

Através de uma mensagem no Reddit, Palmer comentou que conquanto a reação negativa era esperada, não era para tanto:

- "Nós esperávamos uma reação negativa das pessoas no curto prazo, mas não tantas ameaças de morte e telefonemas ameaçadores que se estendem a nossas famílias". O criador do Oculus Rift disse que é normal que algumas pessoas tenham ficado chateadas e "especialmente quando muitos não conhecem nada para além do que foi publicado na mídia", e por isso considera que a reação é um pouco exagerada.


Médicos transplantam crânio integralmente impresso em 3D

LuisaoCS

Médicos transplantam crânio integralmente impresso em 3D

As impressoras 3D se converteram em um dos inventos mais surpreendentes dos últimos anos, com aplicações que vão do admirável ao ridículo.

Este caso que agora compartilhamos cai na primeira categoria, aquela de uma invenção que se destina ao benefício de outros, pois uma jovem holandesa recebeu o transplante de um crânio impresso em 3D.


Axalp, um festival aéreo em plenos Alpes suíços

LuisaoCS

Ainda que neste ano não é celebrado por coincidir com o centenário da criação da Força Aérea Suíça, o festival aéreo de Axalp é um desses que todo aerotranstornado de bem tem que visitar ao menos uma vez em sua vida.

Porque tem a peculiaridade de ser celebrado no meio dos picos dos Alpes Suíços, precisamente na zona conhecida como Axalp.

The Fighter Community tem um especial sobre este festival, "Axalp & more", que faz a alegria dos fãs do mundo da aviação.


A máquina que não faz nada

LuisaoCS

...ainda que para não fazer nada, é bastante elaborada. Seu criador é Lawrence Wahlstrom, um relojoeiro aposentado, que precisou de 15 anos até 1948 para completá-la interconectando mecanismos, rodas dentadas, correntes e eixos.

Décadas depois foram necessários outros sete anos para recuperar a máquina original, com a qual a passagem do tempo se mostrou implacável. Assim como no primeiro dia, a máquina não faz nada de nada, e ainda que o resultado seja precioso, só serve para maravilhar.

A máquina pode ser vista em ação ao vivo e à cores no Museu Craftmanship, onde há todo tipo de artefatos mecânicos similares.


Viajando por nebulosas em versão 3D

LuisaoCS

Encontra-se a uns 2.000 anos luz da terra, em um setor relativamente isolado da Via Láctea, na região H II da constelação do Cygnus. É chamada nebulosa Sharpless 2-106, ainda que seu nome poético seja "Anjo da neve cósmico", porque tem a aparência de um anjo celestial com suas asas abertas de aproximadamente 2 anos luz de extensão.


As serpentes que regressaram para casa

LuisaoCS

As serpentes que regressaram para casa

Um experimento demonstra que as pítons birmanesas são capazes de orientar no espaço e regressar a seu lugar de origem. Durante a prova, cinco de seis serpentes percorreram mais de 20 quilômetros para regressar a seu lugar de captura. O conhecimento desta habilidade pode ser primordial para lutar contra a praga de serpentes em lugares como Flórida.

A píton-da-Birmânia (Python molurus bivittatus) é o inimigo mais temível dos pântanos da Flórida. Calcula-se que esta espécie invasora se instalou em uma extensão de 1.000 quilômetros quadrados, incluindo o Parque Nacional dos Everglades, onde há 150.000 exemplares que devoram os pequenos mamíferos e causam estragos entre as aves. A sua mítica capacidade de mimetizar-se com o terreno e passar despercebidas, soma-se agora uma nova arma: são capazes de se orientar no espaço como se tivessem uma bússola interna.


Soldado chega em casa mais cedo e surpreende a família

LuisaoCS

Mason Miller disse a sua família que voltria para casa só em abril, após mais de um ano no Afeganistão. Mas contou a verdade ao amigo, vizinho e companheiro de Afeganistão, Scott Kelley, que chegaria em casa em março. Kelley ajudou Miller organizar uma reunião surpresa com o pai, Bernie, que estava no meio de uma reunião de negócios.


«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 || Next»