«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 67 | 68 | 69 || Next»

Cientistas revelam quais doenças o café pode prevenir

LuisaoCS

Cientistas revelam quais doenças o café pode prevenir

O relatório da Associação Americana do Coração publicado nesta semana indica que o consumo de café pode ajudar a diminuir o risco de desenvolver uma insuficiência cardíaca ou de ter um acidente cerebrovascular. Este efeito foi demonstrado por um estudo preliminar apresentado na sessão científica da organização deste ano.

Os cientistas descobriram que uma caneca de café à semana diminui o risco de infarto em 7% e de sofrer um acidente cerebrovascular um 8% em relação com aqueles que não tomam café.

Os especialistas chegaram a esta conclusão baseando se nos resultados do estudo de Framingham, realizado em 1948 para analisar a alimentação e o estado do sistema cardiovascular de um grupo de residentes desta cidade do estado de Massachusetts.

Os cientistas usaram o método de aprendizagem de máquinas para buscar relações nos dados recolhidos por Framingham de maneira muito similar à que os sites de compra on-line predizem os produtos que um usuário pode preferir baseando se em seu histórico de compras.

Depois compararam os resultados da pesquisa automática com os resultados de pesquisas tradicionais e descobriram uma relação entre o consumo do café e o baixo risco de padecer os mencionados problemas de saúde. O comunicado da organização sublinha que se trata de um estudo que dá conta de uma relação observada, mas não demonstra causa e efeito.

Via | EurekAlert.


Capturam imagens insólitas de uma estranha medusa capaz de sobreviver ao inverno ártico

LuisaoCS

Através de um pequeno robô submarino, um grupo de pesquisadores da Universidade da Columbia registraram uma estranha sequência de medusas árticas deslizando ao longo do fundo do mar de Chukchi, perto de Barrow, no Alasca. O vídeo foi uma completa surpresa para os pesquisadores, que não esperavam ver medusas durante o inverno ártico.

A pesquisa, publicada na revista Marine Ecology, mostra como uma espécie de grande medusa conhecida como Chrysaora melanaster é capaz de sobreviver ao inverno ártico em sua forma adulta, uma etapa da vida conhecida como medusae. Antes destas observações, realizadas entre 2011 e 2014, pensavam que as condições sob o mar eram muito duras para as águas-vivas adultas durante os meses de inverno, e que esta espécie só poderia sobreviver sob o gelo ártico durante sua etapa como pólipo, um invertebrado marinho que libera pequenas medusas bebê na primavera.

O trabalho sugere que a Chrysaora melanaster é capaz de viver em sua forma adulta durante os meses de inverno, e possivelmente inclusive viver durante anos. Os pesquisadores agora suspeitam que os invernos frios em realidade são realmente bons para as medusas; a grossa camada de gelo marinho pode atuar como um escudo, protegendo das águas turbulentas. Enquanto, a água fria vai diminuindo seu metabolismo, permitindo que as medusas subsistam com pouca comida.


Cientistas descobrem algo que dá mais prazer que o sexo e não é chocolate

LuisaoCS

Cientistas descobrem algo que dá mais prazer que o sexo e não é chocolate

Um estudo de cientistas do Reino Unido descobriu que fazer compras pode ser tão gratificante quanto o sexo e a comida. Os pesquisadores analisaram os efeitos fisiológicos que tem esta atividade e descobriram que as "compras inspiradas" podem nos proporcionar uma satisfação comparável com a das relações sexuais.

O trabalho baseia-se na análise das ondas cerebrais Gama dos participantes, vinculadas com os estados mentais do prazer extremo e criatividade. Segundo os resultados, 84% dos consumidores inspirados, aqueles que usam a intuição durante as compras e adquirem o que realmente querem como expressão de sua individualidade, experimentaram um prazer comparável com a vitória em uma competição de Formula 1 ou de uma relação sexual.


Este é o vídeo da maior erupção solar em 12 anos em detalhe

LuisaoCS

Foi registrado com grandes detalhes por pesquisadores da Universidade de Sheffield a que é já a maior erupção solar em mais de 12 anos, e a oitava desde que se iniciaram os registros modernos. A explosão enorme de radiação aconteceu de forma inesperada na quarta-feira, 6 de setembro de 2017. A labareda foi uma das três da maior categoria X observada durante um período de 48 horas.

As imagens correspondem ao telescópio solar sueco gerenciado pelo Instituto de Física Solar (ISP) da Universidade de Estocolmo no Observatório do Roque dos Rapazs do Instituto de Astrofísica das Canárias. A mais forte ocorreu às 13:00 GMT e atingiu X9.3, como é possível ver no vídeo que encabeça este post.


O queijo é delicioso, mas tem o mesmo efeito que uma droga?

LuisaoCS

Para alguns (eu, por exemplo), o queijo é o alimento mais delicioso que pode acompanhar todo tipo de pratos. É simplesmente uma adição que enaltece toda uma experiência culinária; no entanto, quão saudável é consumir queijo?

De acordo com um estudo realizado por nutricionistas da Universidade de Michigan, este produto lácteo contém um químico semelhante ao usado nas drogas e que provoca o fenômeno do vício. Trata-se de uma substância potente que contém caseína, que desencadeia os receptores de opioides nos neurônios cerebrais e desenvolve o padrão sináptico dos vícios.

Isto só foi descoberto graças a Escala de vício a alimentos de Yale, onde 120 estudantes tiveram a possibilidade de escolher durante o experimento 35 alimentos de numerosos valores nutricionais. Foi de modo que os pesquisadores descobriram que o queijo se encontrava entre os alimentos com maiores níveis de vício.

Para Erica Schulte, autora da pesquisa, a caseína -casomorfina- tem um papel importante nos receptores de dopamina e constitui um elemento viciante similar aos opioides. Isto acontece devido a que os alimentos processados possuem os mesmos efeitos que as drogas: um incremento na faixa de absorção no corpo. De modo que o abuso de queijos promove a presença de carboidratos refinados ou gorduras que impactam negativamente os níveis glucêmicos.

Ademais, evidenciaram também que estes alimentos promovem uma conduta compulsiva similar ao vício às drogas, fazendo com que pareça que seja impossível deixar de comer qualquer tipo de queijo. Isto se relacionou principalmente a estimulação dos receptores de dopamina, os neurotransmissores que não só diminuem a experiência da dor, senão que também incrementam a sensação compulsiva que produz uma sensação de bem-estar e prazer.

Pronto, era só o que me faltava. Descobri que sou altamente viciado em pelo menos uma droga.

Via | Tech Times.


Esta estranha massa viscosa com aspecto extraterrestre é um ser vivo

LuisaoCS

Algumas vezes todos somos como esta massa viscosa: um monte de carne gelatinoso repusando em um lago, pedindo que nos deixem sozinhos e em paz. Recentemente, uma destas coisas foi encontrada em um lago do Parque Stanley, em Vancouver, no Canadá. Ainda que não pareça algo terrestre, esta massa viscosa está viva e, segundo o Vancouver Courier, a Sociedade Ecológica do Parque Stanley que encontrou esta coisa de aspecto extraterrestre, contém uma horda de seres.

Em realidade são colônias de seres marítimos invertebrados muito pequenos chamados Pectinattela magnifica. O achado foi feito no tanque Lost Lagoon, no início do mês de agosto, e após inspecioná-lo os pesquisadores perceberam que o lago está cheio destas coisas.

Montanha Russa com 90.000 peças de Lego, para bonecos Lego

LuisaoCS

Provavelmente, em um futuro mais ou menos longínquo, poderemos montar em uma Montanha Russa feita com milhões de peças de Lego, mas por enquanto temos de nos conformar com uma Montanha Russa feita com 90.000 peças. Uma quantidade mais que suficiente para oferecer divertimento a alguns afortunados personagens, bonecos Lego, claro. A estrutura mede 6,5 metros de comprimento por 1,2 metros e 1,4 metros. A pista tem 26 metros de perímetro.


Os casais que têm uma grande diferença de idade são mais infelizes?

LuisaoCS

Os casais que têm uma grande diferença de idade são mais infelizes?

Apesar de que dizem que o amor pode tudo ou que a diferença de idade não é importante se você compartilha o espírito com seu casal, um novo estudo da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, sugere que as coisas não são tão simples assim. O problema, segundo o estudo, acontece tanto com os homens que se casam com mulheres mais jovens quanto as mulheres que se unem a homens de menor idade.

O que sugere este estudo sobre a felicidade conjugal entre membros de idades muito discrepantes é que, conquanto ao princípio parecem ser muito felizes, com o decorrer dos anos a diferença de idade acaba cobrando responsabilidade pela deterioração da relação. O problema reside, ao que parece, nas diferentes expectativas sobre temas fundamentais que se tem em diferentes idades.

Esses temas são, por exemplo, ter filhos e quando, sobre em que cidade viver, etc. Estes assuntos, quando o casal tem uma idade similar ou pertence a uma mesma geração, são percentualmente mais simples de conciliar. Contudo, o efeito idade só se observa quando os casais têm diferenças de idade de quinze anos ou mais.

Também não significa agora que levemos ao extremo este estudo. Às vezes as relações acontecem, e por muito que nos esforcemos para evitar, também se dissolvem. Isto é, que talvez deveríamos evitar o que fez Darwin em uma ocasião: antes de propor casamento a sua prima Emma, fez sua própria análise de custos e benefícios sob o título: "This is the Question" ("Esta é a questão")a.


Esta é a misteriosa razão pela qual as pessoas inteligentes tomam más decisões

LuisaoCS

Esta é a misteriosa razão pela qual as pessoas inteligentes tomam más decisões

As habilidades cognitivas promovem aspectos acadêmicos e profissionais, mas não necessariamente os vinculados a decisões que levem a uma melhor vida. Todos conhecemos pessoas que se qualificam por ter um alto QI, mas cujas decisões de vida em ocasiões costumam ser péssimas; ou bem, pessoas muito inteligentes, mas que em sua vida cotidiana se metem em imbróglios muito estúpidos, como esquecer coisas, confundir o dia da semana, etcétera

Segundo um novo estudo publicado em Thinking Skills and Creativity, o problema tem origem em que as decisões corretas estão relacionadas com o "pensamento crítico", definido como a habilidade de fazer julgamentos de maneira desapaixonada sem cair em falsas conclusões.

Isto é, um pensamento crítico poderia estar mais vinculado a elementos próprios do caráter, como estabilidade ou inteligência emocional, e isso para além das habilidades cognitivas produto de um alto QI.

O estudo tomou uma amostra de centenas de participantes, entre adultos e jovens estudantes, que responderam perguntas que tinham a ver com habilidades como razoamento, lógica, memória e entendimento. Também perguntaram a eles sobre questões da vida cotidiana, para fazer uma correlação entre suas decisões de vida e os resultados de seus índices de inteligência.

Os dados apontaram a que as pessoas inteligentes não necessariamente tomam as melhores decisões em sua vida. Aparentemente, tomar boas decisões está também e mais vinculado com forjar o temperamento e ser mais consciente, mais equânime.


Esta é a embalagem de alimentos mais ruidosa do mundo (e há uma razão)

LuisaoCS

Esta é a embalagem de alimentos mais ruidosa do mundo (e há uma razão)

O som das embalagens dos alimentos afeta nossos julgamentos avaliativos sobre o que vamos comer. Por exemplo, se algo está muito crocante, tendemos a pensar que é mais fresco. No âmbito das batatinha, segundo um recente estudo, quanto mais ruído faz o pacote, mais estaladiças parecem aos que as comem. Por isso uma marca fez a embalagem mais ruidosa jamais fabricada.


Frito-Lay é a empresa que decidiu aplicar o efeito do som do pacote à percepção do alimento até limites insuspeitos. Seu produto chama-se SunChips, ainda que a companhia acabou retirando a embalagem com o tempo, quando as queixas dos consumidores começaram a chegar.

Tal e como explica Charles Spence em seu livro "Gastrofísica", pegaram um desses pacotes no laboratório e mediram o ruído que fazia ao agitar com as mãos: mais de cem db.

Só para colocar este valor em perspectiva, este é o nível encontrado no mais ruidoso dos restaurantes. A exposição a este nível de ruído durante longos períodos de tempo pode conduzir a danos auditivos permanentes.

A embalagem fazia tanto ruído que muitos consumidores escreveram para se queixar. Em realidade, era tão forte que a empresa se viu obrigada a oferecer protetores auriculares para os ouvidos para acabar com os protestos crescentes dos consumidores.

Suponho que a ideia era que o cliente comprasse uma pacote de chips, levasse para casa e colocasse os protetores para desfrutar de suas batatinhas em paz.

Via | Souther Cross.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 67 | 68 | 69 || Next»

Links: