«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 5 | 6 | 7 |...| 18 | 19 | 20 || Next»

Stallman insiste: “Apple é o pior inimigo da liberdade do usuário”

LuisaoCS

O líder religioso do Movimento do Software Livre, Richard Stallman, que recentemente discursou em uma conferência na Universidade de Múrcia, ao sul da Espanha, não perdeu oportunidade de "elogiar" o software de código fechado e as empresas líderes do setor como Apple e Microsoft.

Em declarações à imprensa antes de sua conferência, Stallman desancou o software privativo ou proprietário, qualificando-o como "tirânico e injusto", adjetivos que salpicaram às empresas tecnológicas que se baseiam neste tipo de programas.

Assim, quando chegou o momento de falar da empresa da maçã mordida, não ocorreram frases muito diferentes das que estamos acostumados a escutar de Stallman em outras oportunidades:

- "A Apple é o pior inimigo da liberdade do usuário ... esta empresa foi a primeira em apertar ao máximo as algemas digitais". Ele fez questão de lembrar que "seus produtos são como prisões", referindo-se a que os usuários da maçãzinha têm restrições para usar aplicações diferentes às oficiais.

Ainda que todos já saibamos os sentimentos deste guru do software livre em relação a estas empresas, nunca deixa de ser curioso e divertido apreciar suas "expressões de afeto"”. Ademais, desta vez Stallman não pode deixar de se referir, ainda que muito brevemente, a briga entre a Oracle e Google pelos direitos de propriedade intelectual no uso do Java, assegurando que seria "um desastre mundial" que a denúncia resulte bem sucedida.

Via | 20 minutos.


Goldman Sachs é sócia de um site de conteúdo adulto

LuisaoCS

Goldman Sachs é sócia de um site de conteúdo adulto

Os insaciáveis tentáculos da "lula vampiro", como atinadamente escarnecia o analista financeiro Matt Taibbi a corporação Goldman Sachs, parecem não recuar ante nada em sua sedenta busca de ganhos, pois recentemente descobriram que a empresa dedicada fundamentalmente a oferecer serviços de investimento (ou seria levar economias nacionais à ruína?) possui parte de um site na Internet sumamente clandestino e visitado, ao que parece, por pessoas que gostam de uma boa sacanagem on-line.

Trata-se do labiríntico fórum Backpage.com, um empório digital da prostituição de mulheres (algumas menores de idade) que no papel pertence à companhia Village Voice Media, cuja informação permanecia até agora na mais absoluta reserva.

No entanto, uma investigação jornalística revelou os nomes dos sócios da Village, entre os quais, de foram surprendente, descobriram a Goldman Sachs com uma participação de 16%.

Sem negar o fato, a corporação declarou a respeito "que não tem nenhuma influência nas operações", o que, desde sua perspectiva, parece desculpá-los por relacionar com uma empresa cujo nome ficou muito conhecido em uma corte de Nova Iorque como ponto de contato entre uma jovem de 15 anos e seus agressores sexuais.

Via | .


Baidu, maior buscador chinês deve aportar no Brasil

LuisaoCS

Baidu, maior buscador chinês deve aportar no Brasil

O buscador mais popular da China, Baidu, dono de 80% de usuários daquele país, decidiu levantar vôo a nível internacional e começar a mostrar presença nos mercados com maior futuro da internet. Segundo o critério de seus diretores, os mercados emergentes latino-americanos, sobretudo o Brasil, têm as maiores taxas de crescimento e perspectivas no futuro para a realização de bons negócios.

O responsável pelas operações para a América Latina, Wesley Barbosa, afirma que ainda não têm uma data oficial de chegada ao Brasil do buscador, mas confirmou sim que seu objetivo principal é competir de cara a cara com o Google.

Os escritórios Baidu Brasil estarão localizadas na Avenida Paulista, em São Paulo e entre os planos de sua chegada existe a previsão do lançamento de uma enciclopédia virtual ao estilo da Wikipédia como um de seus primeiros produtos adicionais do buscador.

Via | Olhar Digital.


Microsoft foi eleita como a melhor multinacional para trabalhar do mundo

LuisaoCS

Microsoft foi eleita como a melhor multinacional para trabalhar do mundo

Microsoft, por anos rodeada de um aura de escritório de cubículos cinzas e homens com gravata sentados a frente de igualmente cinzas computadores, foi indicada este ano no primeiro posto da lista "Great Place to Work" como a melhor multinacional para trabalhar do mundo. Ao que parece as aparências enganam.

Great Place to Work pesquisou 2,5 milhões de empregados de grandes empresas com respeito de como é trabalhar nessa companhia. Três empresas tecnológicas seguiram a Microsoft no ranking: o fabricante de software SAS, a empresa de armazenamento de dados NetApp, e Google no quarto lugar.


Google estaria pensando em comprar Yahoo

LuisaoCS

Google estaria pensando em comprar Yahoo

Segundo uma nota do Wall Street Journal, Google estaria em contato com dois grupos de investidores para discutir uma possível compra do Yahoo. Não está claro quais "angels investors" foram contatados pelos executivos do Google.

Como é sabido, Google não é a única empresa interessada em uma possível aquisição do Yahoo. Após a oferta frustrada em 2008, Microsoft também estaria considerando a compra, que inclusive já foi comentada publicamente por Steve Ballmer.

Segundo o jornal, qualquer indício de uma compra do Yahoo por parte do Google alertaria às instituições anti-monopólio. De fato, em 2008 estas mesmas organizações frearam um acordo para que ambas empresas compartilhassem resultados de buscas. Um ano depois, Yahoo assinou um acordo similar com Microsoft quando o Bing estava recém decolando.

As razões de Google para a compra seriam várias: primeiro, vender publicidade nos sites do Yahoo. Em segundo lugar, ampliar o público do Google+ e em terceiro lugar, ainda que não consiga comprar, vai fazer com que o preço de venda do Yahoo! suba, obrigando a Microsoft enfiar a mão no bolso com vontade se quiser completar a aquisição.

Via | WSJ.


Netflix enfim estreia no Brasil

LuisaoCS

Netflix enfim estreia no Brasil

Netflix, o serviço de streaming de filmes e seriados, enfim estreou na última segunda no Brasil. Ainda que um serviço de streaming ilimitado de vídeos não seja nenhuma novidade no nosso país, já que diversas empresas brasileiras já notaram que existe um público ávido por acesso a vídeos on-demand.

Por enquanto, o catálogo oferecido, fruto dos acordos de licença com grandes estúdios, parece pequeno, porém variado e com o diferencial de permitir o acesso via consoles e dispositivos móveis.

Para assinar o serviço é necessário ter um endereço de e-mail, que será usado como login, e um cartão de crédito Visa ou Mastercard. O processo de inscrição é simples e é possível testá-lo durante um mês sem pagar nada.

Durante a coletiva de imprensa de seu lançamento, o CEO da empresa, Reed Hastings, informou que tem um contrato para fornecer o conteúdo da Rede Globo, só que, de forma curiosa, a distribuição desse conteúdo é válida para a operação da companhia na América Latina, menos no Brasil.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 5 | 6 | 7 |...| 18 | 19 | 20 || Next»