«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 5 | 6 | 7 |...| 19 | 20 | 21 || Next»

Empresas poderão enviar publicidade diretamente no Facebook se tiverem seu e-mail

LuisaoCS

Empresas poderão enviar publicidade diretamente no Facebook se tiverem seu e-mail

Facebook explicou através de um post algumas novidades que implementará para que as empresas vendam publicidade, estratégias que se tornaram muito relevantes agora que a entrada da rede social na bolsa vem se convertendo na maior "varada na água" da história. Entre as novidades, as lojas poderão entregar ao Facebook uma lista de e-mails eletrônicos que tenham coletado de seus clientes, para depois enviar publicidade através da rede social.

O plano funcionaria assim: as empresas cifram os e-mails que tem em sua base de dados, Facebook cifra sua própria lista, e depois comparam ambas bases para encontrar clientes que estejam na rede social, para que possam enviar mensagens diretamente através da rede social. O Facebook diz que não compartilharão informação determinada sobre a pessoa. Ainda assim, o assunto é bastante invasivo e estranho para os usuários, graças à informação que as próprias lojas já têm dos clientes de acordo com os registros de compras que realizam ou com o famigerado uso de informação cruzada.

Para remediar esta grande invasão de privacidade, Facebook permitirá aos usuários optar por não receber publicidade a partir das redes publicitárias que escolha. Quando aparecer um comercial, será mostrado um "X", que ao ser pressionada permite ao usuário enviar sua opinião com respeito a publicidade ou acessar um link onde poderá escolher não ser mais incomodado com publicidade do provedor responsável.

Ademais, o Facebook explicou que fechou um acordo com a empresa Datalogix, que analisará os dados correspondentes aos comerciais exibidos na rede social e a efetividade dos mesmos. Segundo o Facebook, todo o processo será muito seguro e a privacidade dos usuários não será afetada. Sei não!

Via | Facebook.


Google terá que pagar por linkar manchetes de jornais alemães

LuisaoCS

Google terá que pagar por linkar manchetes de jornais alemães

O que Google temia aconteceu: o conselho de ministros da Alemanha aprovou o projeto de lei que pretende que os buscadores (como Google ou Bing) tenham que pagar para a mídia alemã por reproduzir suas manchetes nos resultados das buscas de notícias. Google mostra os títulos e primeiros parágrafos das notícias nas SERPs, algo que serve para dar contexto ao link.

- "A imprensa deve ser melhor protegida na Internet", afirmou a ministra da Justiça, Sabine Leutheusser-Schnarrenberger. Enquanto a Associação Alemã de Editores de Jornais e seu par de Editores de Revistas celebraram a medida, Google afirmou que este é um "dia negro para Internet".


CEO da Microsoft lança-se com tudo contra a Apple

LuisaoCS

CEO da Microsoft lança-se com tudo contra a Apple

O CEO da Microsoft, Steve Ballmer, assinalou que conquanto no passado cederam muito ante Apple em matéria de inovação na fusão de hardware e software, agora quer deixar absolutamente claro que competirão em todos os aspectos da indústria contra a empresa de Cupertino. Ballmer disse que:

- "Temos vantagens em produtividade e em termos do manejo empresarial. Vamos a partir de agora praticar a concorrência em tudo, no cloud computing, na inovação de hardware e software, etc.", e não descartou a possibilidade de criar seu próprio smartphone para competir contra o iPhone quando terminem de trabalhar no Surface.

O tablet de Microsoft é a primeira tentativa em criar um gadget que integre o conjunto de hardware e software desenhado integralmente pela companhia e acha que chegará ao mercado antes do fim de ano junto a outros produtos que usarão o novo SO Windows 8.

O Surface é uma das esperanças da companhia para reencantar uma freguesia muito cética pelo fracasso dos tablets com os quais a Microsoft tentou convencer o mercado e pese às críticas de seus ex sócios de hardware, Ballmer assinalou com muito otimismo que esperam vender "uns tantos milhões" de unidades quando seja lançado.

Via | CRN.


Tim Cook abre mão dos 75 milhões que tem direito na Apple

LuisaoCS

Tim Cook renuncia os 75 milhões que tem direito da Apple

O CEO da Apple, Tim Cook, decidiu renunciar os 75 milhões de dólares que lhe correspondem pelos dividendos que a companhia pagará a seus acionistas.

Vale lembrar que é a primeira vez desde 1995 que a Apple paga dividendos aos acionistas. E Tim Cook decidiu não aceitá-los. Ainda que não tenha dado nenhuma explicação para esta negativa, aparentemente, Cook não quer que a decisão da Apple de pagar os investidores seja vista como uma oportunidade buscada pelo CEO de um benefício próprio. Também mostrariam um compromisso por sua parte com o futuro da empresa.

- "Sob requerimento do senhor Cook, nenhuma de suas unidades de ações participarão em dividendos equivalentes", declarou a Apple. Isso não quer dizer que o CEO vá ficar de mãos abanando, ainda receberá um milhão e meio das suas 13.754 ações ordinárias da companhia.

Queria eu poder anunciar com pratos em bumbos, como fazem estes CEOs de gigantes da tecnologia:

"Mostrando um profundo comprometimento, o senhor LuisãoCS abrirá mão de seu salário de cenzão e perceberá apenas o simbólico valor de um real pela prestação de serviços como blogueiro da Revista de Tecnologia e Ciência NDig no exercício de 2012."

Nóis é pobre, mas nóis é chique geek bein! ;-)

Via | Telegraph.


Apple segue como a marca mais valiosa do mundo, IBM surpreende em segundo

LuisaoCS

Apple segue como a marca mais valiosa do mundo, IBM surpreende em segundo

Apple, IBM e Google são as três marcas mais valiosas do mundo, segundo a lista anual das 100 marcas globais mais valiosas. As tecnológicas voltaram a dominar o ranking Brandz, com sete delas no top 10. A Apple voltou a repetir o 1º posto, enquanto s IBM superou o Google avançando para o segundo posto. A única brasileira da lista é a Petrobrás em 75º. O top 10 ficou assim:

  1. Apple (avaluada em USD$182,9 bilhões)
  2. IBM (USD$115,9 bilhões)
  3. Google (USD$107,8 bilhões)
  4. McDonalds (USD$95,2 bilhões)
  5. Microsoft (USD$76,6 bilhões)
  6. Coca Cola (USD$74,3 bilhões)
  7. Marlboro (USD$73,6 bilhões)
  8. AT&T (USD$68,9 bilhões)
  9. Verizon (USD$49,1 bilhões)
  10. China Mobile (USD$47,0 bilhões)

O estudo concluiu que a grande quantidade de companhias tecnológicas nos primeiros lugares tem a ver com ubiquidade da tecnologia em nossa vida comtemporanea. Também é notada uma grande importância do setor de telefonia móvel, que ganharia protagonismo em um futuro próximo.

Via | 2012 Brandz Top 100.


Eduardo Saverin poderia ser banido dos EUA após renunciar nacionalidade

LuisaoCS

Eduardo Saverin poderia ser banido dos EUA após renunciar nacionalidade

O co-fundador do Facebook, Eduardo Saverin, gerou grande polêmica nos Estados Unidos ao renunciar a nacionalidade estadunidense, supostamente para não ter que pagar impostos sobre os milhões que receberá quando a rede social passe a ter suas ações cotadas na bolsa de valores a partir de amanhã. É que se trata de bastante dinheiro: ao menos USD$67 milhões.

A decisão de Saverin, não passou despercebida e hoje os senadores Charles Schumer e Bob Casey apresentaram um plano para obrigar às pessoas que renunciam a nacionalidade americana a pagar impostos iguais, a não ser que demonstrem que não renunciaram para evitar os encargos. A ideia é ademais proibir a entrada ao país a quem renuncie a nacionalidade por este motivo.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 5 | 6 | 7 |...| 19 | 20 | 21 || Next»