«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 || Next»

Sete simples truques de fotografia

LuisaoCS

Estes dias de smartphones com super câmeras com um monte de pixels, todo mundo tem conta no Instragram, todos podem ser fotógrafos nas horas vagas. Mas para ser um bom fotógrafo é preciso mais do que apenas uma boa câmera. O fotógrafo da revista COOPh divulga sete dicas secretas bem simples para fotografar, que nos permitem aprimorar nossas habilidades, neste vídeo viral. Durante a semana passada ele acumulou mais de um milhão de acessos!


Esta árvore nunca havia sido fotografa em uma imagem única. Até agora

LuisaoCS

Esta árvore nunca havia sido fotografa em uma imagem única. Até agora

As sequoias gigantes existem em apenas um lugar: na encosta ocidental da Sierra Nevada, na Califórnia. Ali podemos encontrar uma em especial. Afinal éo preciso ser um tipo especial de árvore para ter um apelido. O Presidente é uma dessas árvores. A sequoia gigante tem mais de 75 metros e sua idade é calculada em mais ou menos 3.200 anos de idade. Sua base tem 9 metros de largura e os seus poderosos ramos seguram ao menos 2 bilhões de folhas, mais do que qualquer árvore do planeta.


WTF... mas que sapo é este?

LuisaoCS

WTF... mas que sapo é este?

Se dissermos que esta criatura vai voar a qualquer momento com suas asas de morcego quase poderíamos crer. Mas o protagonista da imagem não é um ser da ficção científica, senão um anfíbio bastante terrenal e bem conhecido de todos nós, um sapo-cururu ou boi (Rhinella marina) fotografado instantes após capturar um morcego.

Este sapo, na floresta, pode atingir um tamanho descomunal: o maior espécime observado pesava 2,65 kg e media 38 cm desde a parte traseira até o focinho (medo!). É um predador insaciável e oportunista e em algumas regiões, como na Austrália, onde é uma espécie invasora, se converteu em um grande problema.

A cena da fotografia foi captada por Yufani Olaya, um dos guardas do parque Nacional de Cerros de Amotape, no Peru. Ainda que existam registros de outras capturas de morcegos por parte de sapos (o último no Brasil em 2003), neste caso tratou-se de um encontro acidental.

Segundo Olaya, o sapo estava no chão com a boca aberta e um morcego que voava muito baixo foi de encontro com suas fuças e bau-bau... O reflexo levou o sapo a fechar a boca e tentar ingerir um jantar improvisado, mas finalmente terminou cuspindo-o e o morcego conseguiu viver para contar a aventura. Os biólogos recordam que este sapo come quase qualquer coisa que caia em sua boca, de modo que se toparem com um, não tentem aproximar um dedo.


10 truques de fotografia simples e de relativa baixa tecnologia

LuisaoCS

Este vídeo estilo life hacks mostra dez estupendos truques de fotografia urbana. Não são muito caros nem requerem muita tecnologia e ainda que não sirvam para todas as câmeras nem todas as situações é bom conhecer coisas novas que podem ser aplicadas um dia.

Meus favoritos: utilizar o cabo dos fones de ouvido para disparar fotos com o iPhone, o truque do timer-ovo de cozinha para fazer time-lapses e o uso de um grande tripé para fazer movimentos durante uma gravação. E ainda que não sou muito de fotochopar as fotos a técnica para "eliminar turistas" com Scripts > Statistics > Median me pareceu muito necessária e útil, às vezes.


As melhores astrofotografias de 2013

LuisaoCS

As melhores astrofotografias de 2013
Clique na imagem para vê-la em maior resolução
Neste ano para escolher os ganhadores do concurso do "Earth & Photo Contest Winners", da iniciativa criada pela Unesco e a União Astronômica Internacional "O mundo de noite: Um povo, um céu." (TWAN), o júri teve grande problema para escolher só uma entre as 700 fotografias de todo mundo. Mas ao final a imagem mostrada acima foi a vencedora:

Imagens da Via Láctea e da aurora boreal sobre cascatas mágicas na Islândia, inclusive algumas escolhidas como imagem astronômica do dia no APOD, não são menos espetaculares e também, chegaram as finais que você pode ver neste vídeo compilatório espetacular logo depois do astrofotografado salto.


365 dias de atividade solar em apenas uma imagem

LuisaoCS

Os recursos de exploração astronômica com os quais se conta atualmente permitiram conhecer nosso universo imediato de maneiras verdadeiramente inimagináveis, desentranhando seus segredos, mas também nos oferecendo informação que não faz senão aumentar nosso assombro e nossa curiosidade por isso que, pese a tudo, segue sendo desconhecido.

A imagem que compartilhamos nesta post é em realidade uma montagem de 25 fotografias tomadas pelo Observatório de Dinâmica Solar da NASA entre 16 de abril de 2012 e 15 de abril de 2013, em um ano, todas elas com luz ultravioleta extrema, o que permite apreciar com detalhe "o miasma de plasma incandescente de nosso sistema solar", segundo descreve a NASA:

O peculiar comprimento de onda, de 171 angstroms, mostra emissões de átomos de ferro altamente ionizados da coroa solar à temperatura característica de quase 600 mil graus Kelvin . Anilhados a ambos lados do equador durante o aproximamento máximo no ciclo solar de 11 anos, as regiões solares ativas estão unidas com laços brilhantes e arcos ao longo das linhas do campo magnético. Por suposto uma vista com luz visível mais tênue mostraria as regiões brilhantes ativas como grupos de manchas solares escuras.

Para ver e baixar a imagem em altíssima resolução no site da NASA visite este link.


«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 || Next»