«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 || Next»

Fantástica fotografia do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko

LuisaoCS

Fantástica fotografia do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko
Clique na imagem para vê-la em maior resolução

A histórica visita realizada pela nave espacial New Horizons a Plutão na semana passada e as inéditas imagens que captou do planeta anão e de seus satélites eclipsaram por completo as observações realizadas nos últimos dias por outras sondas espaciais.

É o que aconteceu por exemplo com a sonda Rosetta, que continua orbitando ao redor do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko e enviando fotografias espetaculares e informação sobre suas características e composição.

A imagem que encabeça este artigo é uma boa amostra disso. Tomada a uma distância de apenas 154 quilômetros do cometa, mostra seu lóbulo menor de 2,5 x 2,5 x 2 quilômetros na parte superior e o maior de 4,1 x 3,2 x 1,3 quilômetros na zona direita.


As vencedoras do concurso de astrofotgrafia “Terra e Céu 2015”

LuisaoCS

Este incrível vídeo compila todas as fotgrafias vencedoras e finalistas do concurso International Earth & Sky Photo 2015, que em um ano mais busca mostrar a importância dos céus escuros, um espetáculo cada vez mais difícil de desfrutar, em especial para os que vivemos nas cidades grandes onde a poluição lumínica obra seu preço.


O Mont Blanc fotografado a 365 gigapixels

LuisaoCS

Ao que parece existe uma competição para ver quem consegue fazer a maior fotografia. Fora deste planeta o recorde é da Lunar Reconnaissance Orbiter: a NASA conseguiu uma imagem panorâmica da superfície da Lua somando imagens tomadas ao longo de quatro anos pela sonda. O resultado é uma imagem de 681 gigapixels.

A maior fotografia feita na Terra corresponde, agora, a esta panorâmica do Mont Blanc que contém 365 gigapixels ou. É tão grande que nela é possível ver a montanha mais alta da Europa em seu meio, acompanhada por outros picos próximos, e ampliando a imagem vemos alpinistas suando enquanto trepam nas paredes da montanha.

A fotografia é tão grande que foi necessário uma equipe internacional de cinco fotógrafos liderado pelo fotógrafo Filippo Blengini. Ao todo tomaram 70.000 fotografias (46 Terabytes) durante 35 horas ao longo de 15 dias -com temperaturas que chegavam aos 10° abaixo de zero- e a montagem final requereu outros dois meses de trabalho.


Sete simples truques de fotografia

LuisaoCS

Estes dias de smartphones com super câmeras com um monte de pixels, todo mundo tem conta no Instragram, todos podem ser fotógrafos nas horas vagas. Mas para ser um bom fotógrafo é preciso mais do que apenas uma boa câmera. O fotógrafo da revista COOPh divulga sete dicas secretas bem simples para fotografar, que nos permitem aprimorar nossas habilidades, neste vídeo viral. Durante a semana passada ele acumulou mais de um milhão de acessos!


Esta árvore nunca havia sido fotografa em uma imagem única. Até agora

LuisaoCS

Esta árvore nunca havia sido fotografa em uma imagem única. Até agora

As sequoias gigantes existem em apenas um lugar: na encosta ocidental da Sierra Nevada, na Califórnia. Ali podemos encontrar uma em especial. Afinal éo preciso ser um tipo especial de árvore para ter um apelido. O Presidente é uma dessas árvores. A sequoia gigante tem mais de 75 metros e sua idade é calculada em mais ou menos 3.200 anos de idade. Sua base tem 9 metros de largura e os seus poderosos ramos seguram ao menos 2 bilhões de folhas, mais do que qualquer árvore do planeta.


WTF... mas que sapo é este?

LuisaoCS

WTF... mas que sapo é este?

Se dissermos que esta criatura vai voar a qualquer momento com suas asas de morcego quase poderíamos crer. Mas o protagonista da imagem não é um ser da ficção científica, senão um anfíbio bastante terrenal e bem conhecido de todos nós, um sapo-cururu ou boi (Rhinella marina) fotografado instantes após capturar um morcego.

Este sapo, na floresta, pode atingir um tamanho descomunal: o maior espécime observado pesava 2,65 kg e media 38 cm desde a parte traseira até o focinho (medo!). É um predador insaciável e oportunista e em algumas regiões, como na Austrália, onde é uma espécie invasora, se converteu em um grande problema.

A cena da fotografia foi captada por Yufani Olaya, um dos guardas do parque Nacional de Cerros de Amotape, no Peru. Ainda que existam registros de outras capturas de morcegos por parte de sapos (o último no Brasil em 2003), neste caso tratou-se de um encontro acidental.

Segundo Olaya, o sapo estava no chão com a boca aberta e um morcego que voava muito baixo foi de encontro com suas fuças e bau-bau... O reflexo levou o sapo a fechar a boca e tentar ingerir um jantar improvisado, mas finalmente terminou cuspindo-o e o morcego conseguiu viver para contar a aventura. Os biólogos recordam que este sapo come quase qualquer coisa que caia em sua boca, de modo que se toparem com um, não tentem aproximar um dedo.


«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 || Next»