«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 29 | 30 | 31 || Next»

Vingança automática e elegante contra vizinhos barulhentos

LuisaoCS

Vizinhos barulhentos? Isso costuma ser um problema de difícil solução, mas nada que a inventividade e um pouco de prototipagem eletrônica não possa solucionar.

O amigo do vídeo acima conseguiu de forma elegante. Construiu um sistema baseado em Arduino, composto basicamente por um computador, um microfone e um equipamento de áudio potente, com os alto-falantes virados à parede contígua ao apartamento dos vizinhos intratáveis.

O funcionamento baseia-se em colocar o microfone junto à parede e configurar um máximo de tolerância sonora de forma que, se for ultrapassada, automaticamente comece a reproduzir a canção "Who let the dogs out" ("Quem soltou os cães") no volume máximo.

Após alguns minutos detém-se automaticamente e segue a escuta, para voltar a soar no talo se o som externo seguir aumentando além do limite tolerável. Normalmente em poucos minutos acaba-se o problema, em caso contrário é melhor deixar o sistema funcionando e sair para passear um par de horinhas. Também não é aconselhável se o vizinho tem costume de andar armado ou de for lutador de vale tudo.


Pular corda com contador LED incluído

LuisaoCS

Pular corda com contador LED incluído

Uma das brincadeiras infantis mais antigas que existem é a pulação de corda. Fácil e barato, basta uma cordinha para pular como se não houvesse uma manhã.

Na época moderna, os adultos também se deliciam pulando corda, sobretudo para manter a forma e para imitar Rocky Balboa ao som de "Gonna Fly Now".

Mas o sistema, em sua simplicidade, apresenta uma carência. Se brincarmos de ver quem pula mais vezes, ou marcamos um limite para colocar a prova nossa resistência, temos que contar mentalmente o número de saltos realizados. Uma exigência mental para acrescentar à exigência física. Complicado demais esta coisa de multitarefa!

Felizmente, no século XXI não existe nada que não possa ser modernizado, por mais perfeito que seja, e as cordas de pular corda não iam ser menos.

A Smart Rope incorpora um contador e uma fita de LEDs que visualiza o número de saltos diante do pulador. Mas é só um pouquinho mais cara que uma corda de sisal: 350 reais. Aff!


Necessário: tampa de vaso sanitário para roda de carro

LuisaoCS

Necessário: tampa de vaso sanitário para roda de carro

Brilhante ideia para pessoas finas que só sabem defecar sentadas em um vaso moderno, e acham atroz a ideia de se agachar com o olho de Sauron tão próximo do chão. Especialmente em meios ao ar livre onde qualquer bicho campestre pode se sentir atraído por... enfim, deixa pra lá.

A questão é que, agora, se você sentir o chamado intestinal da natureza quando estiver viajando, pode pegar entre os equipamentos de primeiros socorros esta tampa de banheiro, adaptá-la em alguns segundos à roda do carro, sentar-se comodamente e aliviar-se. Na foto podemos ver que, neste caso, o cagante se preocupou em escavar um buraco embaixo, mas não é necessário.

Mas as vantagens não acabam aí. Se estivermos andando também podemos levar a tampa em uma bolsa e utilizar com qualquer carro que encontremos pela rua ou no estacionamento.

Estamos tão emocionados com o tema que nos preocupa não saber onde algo assim espetacular pode ser comprado. Só temos uma referência anônima em um fórum russo. Esperemos que alguém lance já uma campanha no Kickstarter, achamos que terá o sucesso assegurado.


Jovem compra hoverboard barato on-line e este explode antes mesmo de usá-lo!

LuisaoCS

Embora os hoverboards tenham se tornado muito populares nos últimos tempos, muitas pessoas ainda rejeitam seu nome, porque eles têm rodas e não pairam noa ar. Nada parecido ao que Marty McFly usou no "De volta para o Futuro". A questão maior sobre estes mini-segways, no entanto, é que várias reportagens confirmaram que alguns literalmente explodem.

Além disso, alguns fabricantes empreendedores (principalmente da China) criaram suas próprias versões de baixo custo e vendem por um preço muito mais barato. Só que os produtos são obviamente mais precários e assim a segurança do usuário fica em segundo plano.

Esse cara do Reino Unido aprendeu a lição da maneira mais difícil. De acordo com BuleBritish, ele comprou o gadget durante a noite e queria levá-la para um teste para andar já no dia seguinte. Não é necessário dizer que as coisas não saíram conforme o planejado.

Depois de várias tentativas, o aparelho não se moveu para lado nenhum. Eventualmente, BuleBritish ficou chocado quando de repente o hoverboard pegou fogo.

Não é de admirar que estes mini-segways foram confiscados no Reino Unido e proibidos pelo Serviço Postal dos EUA. Na verdade, até mesmo a Amazon decidiu retirar os produtos de suas lojas.

Então, se você está planejando a compra de um brinquedinho desse, melhor procurar pelos produzidos pelos principais fabricantes. Ou talvez apenas compre uma bike, que provavelmente é muito mais segura e saudável.


Raspberry Pi Zero: o computador mais barato do mundo

LuisaoCS

O Raspberry Pi Zero é tão barato (5 dólares) que provavelmente é o computador mais econômico do mundo. É tão barato, tão barato que algumas revistas estão colocando este mini-pc como brinde, como antigamente presenteavam CD-ROMs.

A placa base é bem menor que o da família Raspberry Pi e também mais rápida (40%). A verdade é que depois de conectado a uma tela, teclado e demais, as características até que impressionam para este preço: um processador ARM11 a 1 GHz, 512 MB de RAM, ranhura para micro-SD, mini-HDMI 1080p60, 40 pinos GPIO que permitem conectar a placa a outros dispositivos e duas portas microUSB, uma para dados e outra para energia.


LEGO cria as sapatilhas anti-peças de LEGO

LuisaoCS

LEGO cria as sapatilhas anti-peças de LEGO

Sempre agradeceremos a Lego por ter feito felizes várias gerações graças a seu famoso sistema de construção com blocos de plástico, mas também não podemos esquecer os milhões de momentos dolorosos que provocaram a cada vez que um pé descalço (geralmente de um pai ou de uma mãe) calcou uma dessas peças malditas.

Sabemos que a solução para evitar esse problema é usar calçados adequados, mas sempre o esquecemos e acabamos gritando como um desesperado. Agora a Lego, em colaboração com a agência francesa Brandstation, quer render homenagem a todos os machucados com uma edição limitada destas curiosas sapatilhas de Lego anti-peças de Lego.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 29 | 30 | 31 || Next»

Links: