«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 30 | 31 | 32 | 33 | 34 || Next»

Todas as revistas da Popular Science disponíveis gratuitamente na Internet

LuisaoCS

Popular Science

A Internet tem tantas coisas incríveis e úteis (inúteis também) que às vezes nos perdemos por completo e terminamos jogando conversa fora no Messenger por horas e horas e horas, em vez de estar mudando o mundo, reinventando o futuro ou aprendendo mais coisas. Mas o melhor da rede são os presentes que recebemos de vez em quando, como é o caso da liberação de todo o acervo da revista Popular Science na rede, certamente um grande tesouro do conhecimento da humanidade.

O que você diria se pudesse ver todas as revistas de uma publicação científica desde 1872 até nossos dias, sem pagar absolutamente nada? A primeira reação seria de incredulidade, afinal a gente pensa que semelhante valor em conhecimento jamais seria gratuito. Pois a realidade às vezes surpreende, e algo que vale milhões de milhões, esta a somente um clique de distância para o deleite de nossos neurônios.

A revista Popular Science, em conjunto com a Google, escaneou todas as páginas publicadas durante 137 anos para criar um grande arquivo digital de todos seus exemplares, o melhor de tudo é que se encontram indexados, de modo que qualquer busca é relativamente fácil.

Resulta toda uma descoberta ver estas revistas desde a década de 50 até hoje. Nos anos anteriores são mais científicos do que técnicos, mas do mesmo modo encerram um montão de pequenas jóias do conhecimento humano. O arquivo também é indispensável para qualquer pessoa que se interesse pela história do século XX e todos seus grandes avanços científicos e tecnológicos.

Rupert Murdoch deve estar roendo as unhas dos pés.

Via | Gadget Labs.


Mulher ganha julgamento contra Universal Records

LuisaoCS

Os casos de ações ou processos ridículos e até abusivos por parte das fonográficas contra usuários que não tiveram a menor intenção de violar um direito autoral, infelizmente, abundam.

Vejam o caso de Stephanie Lenz, dos EUA, que publicou em 2007 no YouTube um vídeo onde seu filho de 13 meses de idade, dançava ao ritmo de Let's Go Crazy", do Prince. O vídeo não dura mais de 30 segundos, e fica claríssimo que a intenção é mostrar a graça da criança e nada mais. Pois bem, a Universal Records não gostou muito e pediu que o vídeo fosse removido do canal de vídeos. E aí, onde a maioria de nós teria somente se queixado com os amigos e seguido em frente com a vida, Lenz decidiu dar um "alto lá".

A mulher interpretou esta situação como um ato abusivo por parte da Universal contra sua família, e decidiu fazer algo a respeito, processando o selo fonográfico ante um tribunal da Califórnia. E no momento da sentença, o juiz não só reconheceu o direito de Lenz a publicar o vídeo, por se tratar de uso justo, senão que também obriga a Universal a pagar todas as custas processuais do caso.

A sentença, além de criar jurisprudência, também abre para Lenz a possibilidade de apresentar um novo processo contra a Universal por intromissão ilegítima em seus direitos de cidadã. De toda forma, provavelmente a fonográfica busque uma saída extrajudicial (leia-se, uma compensação econômica) para evitar voltar ao tribunal.

Achei fantástico que esta mulher tenha tido a coragem de dar a cara à tapa e contra atacar ante uma ação que passou a linha da sensatez.

Via | eff.org.


Twitter atingiu os 10 bilhões de tweets

LuisaoCS

10 bilhões de tweets

Gigatweets é um serviço que tem um único fim: contar a quantidade de tweets que são enviados ao Twitter e hoje de manhã o seu contador atingiu a incrível marca dos 10 bilhões de mensagens.

A forma que esta rede social cresce é algo verdadeiramente abismal. Só para que tenham uma ideia disto é necessário que façamos umas simples contas: em novembro de 2008 atingiu o bilhão de tweets e há somente quatro meses estava em 5 bilhões.

Lamentavelmente a mensagem número 10.000.000.000 parece ser de um usuário privado já que não pode ser visualizado, mas este foi o 9.999.999.999 e este o 10.000.000.001.


Youtube legendará automaticamente os vídeos

LuisaoCS

Ultimamente, não damos conta de acompanhar tanta novidade. A última é sobre uma característica de auto-legendamento de vídeos no Youtube, um sistema que mediante um software de reconhecimento de voz, permitirá ao canal de vídeos legendar automaticamente os vídeos enviados pelos usuários.

Lógico e evidente que só poderão reconhecer os vídeos com um áudio claro e, pelo menos por enquanto, em idioma inglês.

Com isto, temos um importante avanço em acessibilidade, não só para deficientes, senão também para pessoas que não entendam o inglês, já que combinando a transcrição do áudio com a tradução de legendas, poderemos entender perfeitamente qualquer vídeo em inglês.

Sem dúvida, uma novidade excepcional no Youtube, e que, como podem comprovar no vídeo deste post, funciona muito bem. Agora só falta esperar o aperfeiçoamento do sistema e a adição de novos idiomas para que seja uma ferramenta extraordinária.

Via | Blog do Youtube.


O estado da Internet em números

LuisaoCS

Este é um interessante vídeo elaborado por Jesse Thomas com alguns dos espantosos números da Internet atual:

  • 1,73 bilhões de usuários de Internet em todo mundo.
  • 1,4 bilhões de usuários de e-mail que enviamos uma média de 247 bilhões de e-mails a cada dia ainda que lamentavelmente 200 bilhões são spam.
  • Em dezembro de 2009 existiam 234 milhões de sites.
  • Deles, 126 milhões são blogs, segundo BlogPulse.
  • Há 350 milhões de usuários registrados no Facebook, o que o faria o terceiro país mais povoado do mundo.
  • São enviadas 2,5 bilhões de fotos ao mês ao Facebook, o que ofusca os 4 bilhões de fotos totais do Flickr em outubro de 2009.
  • YouTube serve um bilhão de vídeos a cada dia.
  • Lamentavelmente, são criados 148 mil novos computadores zombie a cada dia.

As fontes consultadas aparecem no final do vídeo.


Os cinco idiomas mais utilizados no Twiter

LuisaoCS

Segundo uma análise de 2,8 milhões de tweets -que podem ser poucos se levarmos em conta que são enviados quase 50 milhões a cada dia-, só a metade estão em inglês. Os cinco idiomas mais utilizado no micro blogging são depois do Inglês, o Japonês, Português, Malaio e Espanhol.

Ao todo foram identificados 41 idiomas e as mensagens em Português supõem 9% do total.

Fonte: Semiocast Via | TechCrunch.


A internet vai nos deixar mais inteligentes?

LuisaoCS

Besteiras do Orkut

Você acha que a internet poderá deixar as pessoas mais inteligente nos próximos 10 anos? Essa foi a pergunta básica feita a 895 usuários e estudiosos da rede em um estudo que trata sobre "O futuro da Internet". Os pesquisados deviam expressar sua opinião sobre os seguintes assuntos:


Brasil lidera o uso de licenças Creative Commons na América Latina

LuisaoCS

Distribuição licenças Creative Commons
Clique para ver em maior resolução.

Segundo o site de estatísticas Metrics, pertencente à própria Creative Commons, o Brasil é o país latinoamericano que mais faz uso das licenças CC.


Diferenças entre Spam e Agregadores de Notícias

LuisaoCS

O buscador do Google realmente está deixando a desejar com a qualidade das suas SERPs, muitos webmasters vem estranhando o que está acontecendo ultimamente com os seus resultados.


DoubleClick para editores

LuisaoCS

Google anunciou uma nova forma de publicar anúncios tanto para grandes como pequenos editores –DoubleClick para editores– resultado direto da aquisição da DoubleClick pela Google.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 30 | 31 | 32 | 33 | 34 || Next»

Links: