«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 || Next»

«Questão de vida ou morte»: Cientistas avisam que o tempo para evitar o caos climático está acabando

LuisaoCS

«Questão de vida ou morte»: Cientistas avisam que o tempo para evitar o caos climático está acabando

Os países devem realizar mudanças "urgentes" e "sem precedentes" para evitar que o aquecimento global supere os 1,5 °C, adverte o relatório apresentado pelo Grupo Intergovernamental de Especialistas sobre a Mudança Climática da ONU (IPCC, por suas siglas em inglês), na cidade sul-coreana de Incheon.

Se mantivermos os níveis atuais das emissões de gases de efeito estufa, esta fronteira poderia ser atingida entre 2030 e 2050.

- "Os próximos anos são, provavelmente, os mais importantes na história humana", alertou Debra Roberts, diretora do Departamento de planejamento meio ambiental e proteção do clima em Durban, África do Sul e vice-presidente do IPCC.


Por que a carne é a melhor pior coisa do mundo?

LuisaoCS

A carne é um problema complicado. Mas também um delicioso. É deliciosa e repleta de proteínas e gorduras, mas está sendo produzida em quantidades muito maiores do que a natureza pode lidar. Este foi o assunto que o genial coletivo Kurzgesagt decidiu abordar explorando o impacto da pecuária em massa para encher a nossa barriga.

De fato, a Terra está enfrentando uma situação delicada com tanta gente e isso é algo difícil de resolver em pequeno ou médio prazo. Foi pensando nisso que sugeri a eles que abordassem também a falácia da agricultura sustentável que seria insustentável nos dias atuais dado o número de bocas para alimentar. A saída? não quero nem pensar...


A poluição do plástico

LuisaoCS

O sempre genial coletivo Kurzgesagt analisou uma das muitas maneiras pelas quais a humanidade está deixando sua marca em nosso planeta. Apesar de sua utilidade, esta invenção feita pelo homem é uma das forças mais destrutivas quando se trata do meio ambiente. Mas, em alguns casos, ainda é melhor que outros materiais.


O aquecimento global acabará com espécies como o urso polar e os recifes de coral em 2100

LuisaoCS

O aquecimento global acabará com espécies como o urso polar e os recifes de coral em 2100

Para o ano 2100, a fauna marinha poderia estar gravemente afetada devido ao incremento da temperatura nos oceanos, motivo pelo qual certas espécies, como os ursos polares, recifes de coral e outros animais, poderiam desaparecer da face da Terra.

Assim asseguram cientistas do Instituto Tecnológico da Flórida e da Universidade da Carolina do Norte, nos EUA, em um relatório que foi publicado ontem na revista Nature Climate Change.

Segundo os especialistas, prevê-se que a temperatura do oceano aumente 2,8 graus centígrados, excedendo a capacidade de adaptação das citadas espécies. John Bruno, biólogo da Universidade da Carolina do Norte, indicou que com um incremento da temperatura de tal magnitude acontecerá a perda de muitas, se não a maioria, das espécies animais de zonas marinhas protegidas.

A peca predatória e a extração de petróleo são algumas das atividades do ser humano que põem em perigo as áreas protegidas para os ursos polares, recifes de coral e outros animais, afirmaram os cientistas.

O relatório também sustenta que as atuais medidas de proteção não serão efetivas para 2100 se continuar em ascensão as emissões de gases de efeito estufa.

Via | Reuters.


Assim funciona o maior purificador de ar do mundo

LuisaoCS

É uma espécie de gigantesca lareira experimental de 100 metros de altura situada em Xi'an (em Shaanxi, uma província ao norte da China) pertence um pouco ao mundo ao revés: em vez de expulsar gases tóxicos à atmosfera absorve-os e filtra para melhorar a qualidade do ar. É o maior do mundo e ao todo engole 10 milhões de metros cúbicos de ar ao dia; é capaz de melhorar a qualidade do ar reduzindo o valor das partículas em suspensão de 300 (no exterior) a 60 (no interior).

Apesar destes interessantes inventos -que ainda estão em fase experimental- a forma mais efetiva de lutar contra a poluição segue sendo reduzir o consumo das centrais de carvão e outros combustíveis fósseis, tanto nas indústrias como nos edifícios e no transporte.


Cientistas alertam de que a Terra está ameaçada por uma extinção global

LuisaoCS

Cientistas alertam de que a Terra está ameaçada por uma extinção global

Um novo estudo sustenta que as consequências da mudança climática serão desastrosas para o futuro da humanidade, já que este poria em risco a sobrevivência da metade das espécies vegetais e animais presentes na natureza. A predição dos cientistas, publicada em 14 de março na revista Climatic Change, é alarmante: muitas espécies de plantas começarão a desaparecer à medida que a temperatura do planeta aumentar 2°C.

No entanto, este não seria o final da história: mais da metade de todas as espécies vegetais acabariam por se extinguir se a temperatura da Terra aumentasse em 3 ou mais graus. Neste cenário, os bosques nos países de clima cálido simplesmente desapareceriam: América do Sul, Austrália, os países do sudeste da Ásia perderiam todos seus recursos florestais em poucas décadas.


2017 foi o ano mais quente (após 2016) e 2018 promete

LuisaoCS

2017 foi o ano mais quente (após 2016) e 2018 promete

Segundo o Serviço de Mudança Climática de Copernicus (C3S), implementado pelo Centro Meteorológico Europeu, 2017 foi o terceiro de uma série de anos excepcionalmente quentes. Concretamente, a temperatura do ar superficial média global superou os 14,7 graus Celsius.

Os 14,7 graus de média global representa aproximadamente 0,1 graus Celsius mais fresco do que o ano mais cálido registrado, 2016, e um décimo a mais que 2015. Comparativamente, 2017 foi 1,2 graus Celsius mais quente que o valor pré-industrial para o século XVIII.


Qual país gera mais dióxido de carbono em todo mundo na atualidade?

LuisaoCS

Qual país gera mais dióxido de carbono em todo mundo na atualidade?

Deixando de lado outra classes de poluentes e setores mais localizados, como é o caso da cidade com maior poluição atmosférica do mundo, o país que mais dióxido de carbono emite no planeta é a China.

Este pódio foi atingido depois de uma análise do banco de dados de Emissões para a Pesquisa Atmosférica Global (EDGAR), um projeto conjunto entre a agência de avaliação do meio ambiente dos Países Baixos e Centro de Pesquisa Conjunta da Comissão Europeia.


A mudança climática já não pode ser mencionada nos estudos americanos

LuisaoCS

A mudança climática já não pode ser mencionada nos estudos americanos

A mudança climática está desaparecendo dos sites governamentais dos Estados Unidos, e dos de pesquisa também. A página sobre a mudança climática da EPA foi retirada do ar em abril com a justificativa de "refletir as prioridades da EPA sob a liderança do presidente Trump". E 214 dias depois, a página ainda não pode ser acessada.

Ainda que ainda exista uma versão arquivada, faltam páginas, arquivos PDF e seções inteiras, como o Guia do Estudante para a mudança climática global.


Estabelecem o número de espécies de árvores que há na Terra

LuisaoCS

Estabelecem o número de espécies de árvores que há na Terra

Segundo uma nova estimativa realizada pelo Botanic Gardens Conservation International (BGCI), existem 60.065 espécies conhecidas de árvores em todo o planeta Terra. Pelo menos é o que diz GlobalTreeSearch, o primeiro banco de dados mundial de espécies arbóreas e sua distribuição.

O mais preocupante deste novo estudo, publicado pela revista Journal of Sustainable Forestry, é que mais da metade de todas as espécies de árvores crescem apenas em um país, e muitas destas espécies estão ameaçadas de extinção.

Apesar de que muitas espécies só existem em um país, há um em que abundam as espécies diferentes: é o país com maior número de espécies de árvores de todo o mundo. Esse país -adivinha?- é o Brasil: com 8.715 espécies, seguido por Colômbia (5.776) e depois Indonésia (5.142).

Por contrapartida, a área com menor quantidade de espécies de árvores é a Região Neoártica da América do Norte, com menos de 1.400 espécies.


«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 || Next»

Links: