«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 14 | 15 | 16 || Next»

Quem se atreveria? Revelam que uma análise sanguínea pode predizer a data de sua morte

LuisaoCS

Quem se atreveria? Revelam que uma análise sanguínea pode predizer a data de sua morte

Uma equipe de cientistas da Universidade de Boston, em Massachusetts, nos EUA, descobriu uma prova reveladora para a saúde humana: um teste sanguíneo que permitiria predizer a expectativa de vida. Concretamente, os pesquisadores identificaram 26 padrões de biomarcadores sanguíneos que predizem a probabilidade de que uma pessoa desenvolva algum tipo de doença que possa ser mortal como o câncer, doenças do coração e diabetes.

O estudo, realizado a partir de 5.000 amostras de sangue, implica que os pacientes poderão identificar os riscos para sua saúde no futuro com o objetivo de que tentem modificar seus hábitos. Apesar do avanço, os cientistas assinalam que são necessárias novas pesquisas com um grupo de pessoas mais amplo para corroborar os resultados.


Perigosa proximidade: o que acontece quando dois furacões estão muito perto

LuisaoCS

O demolidor furacão Irma, que já devastou vários países caribenhos e atingiu a costa americana, poderia mudar de rumo em caso de colidir com o recém formado furacão José, de categoria 4. José também vai avançando e já deixou atrás as ilhas de Barlavento no Caribe. Segundo um dos possíveis cenários desta situação existe uma possibilidade de interação entre ambos furacões.

O fenômeno que acontece quando dois furacões interagem e empreendem uma espécie de dança ciclônica é conhecido como efeito Fujiwhara, denominado assim em honra ao meteorologista japonês Sakuhei Fujiwhara, que descreveu este tipo de comportamento em 1921.

Se dois ciclones tropicais se aproximarem entre si, podem começar a orbitar um em torno do outro. Se um ciclone for bem mais potente que o outro, o de menor potência costuma girar ao redor dele. No caso de que a intensidade de ambos seja equivalente, orbitam em torno de um ponto comum entre os dois. Em função do grau de proximidade, os vórtices ciclônicos podem colidir e converter-se em um enorme, mas a interação também pode mudar o rumo dos ciclones.

A interação, bem como a colisão dos furacões, não é um fenômeno comum. A última vez que aconteceu foi no final de julho deste ano com os furacões Hilary e Irwin, que se formaram nas águas do Pacífico do México. Hilary mudou o rumo de Irwin, que se dirigia ao oeste, e continuou seu caminho para o norte.


Esta 'pílula do exercício' ajudará a evitar problemas de saúde sem necessidade de ir à academia

LuisaoCS

Esta 'pílula do exercício' ajudará a evitar problemas de saúde sem necessidade de ir à academia

Pesquisadores das universidades de Leeds e Manchester, no Reino Unido, trabalham em a elaboração de um fármaco que permitirá o desenvolvimento vascular sem realizar exercício, segundo indica um artigo publicado na revista Nature Communications.

Esse medicamento se baseará na proteína Piezo1, que os seres humanos precisamos à hora de controlar a atividade física. Assim, supõe que a ingestão dessa substância pode gerar no organismo os benefícios desses movimentos.

Essa "pílula do exercício" resultaria chave para acabar com muitas doenças e poderia começar a ser produzida dentro de cinco anos ou antes, se estes especialistas conseguirem o financiamento adicional necessário, segundo confirmou David Beech, um dos autores do estudo.


Este animal mata mais de 725.000 pessoas a cada ano

LuisaoCS

Este animal mata mais de 725.000 pessoas a cada ano

O mosquito é o animal mais letal do mundo, sendo responsável pela morte de mais de 725.000 pessoas em cada ano em frente às 50.000 mortes provocadas pelas serpentes ou as 10 pessoas vítimas dos tubarões. Em realidade, seu poder reside na capacidade de transmitir doenças: a malária, transmitida pelo mosquito Anopheles, mata a cada ano a 400.000 pessoas (principalmente crianças) e incapacita por vários dias mais de 200 milhões.

Existem mais de 2.500 espécies de mosquitos e estes animais são encontrados em todas as regiões do planeta a exceção da Antártida. Como assinala Krijn Paaijmans, entomologista do Instituto de Saúde Global de Barcelona, os mosquitos se adaptam facilmente a tudo e são difíceis de erradicar. Krijn também é parte de uma grande equipe que trabalha no MALTEM, um projeto financiado pela Fundação Bill & Melinda Gates, cujo objetivo é deter a transmissão da malária no distrito de Magude, no sul de Moçambique, em 2020.

Sua equipe está desenvolvendo barreiras eletromagnéticas que repelem aos mosquitos, enquanto uma outra equipe do mesmo centro está centrada na ivermectina, um fármaco antiparasitário que mata aos mosquitos que se alimentam de animais ou indivíduos tratados. Por outro lado, os aparelhos anti mosquitos por ultrassom deveriam ser retirados do mercado devido a sua ineficácia.

Mas os mosquitos também fazem boas ações, ainda que seja inconscientemente. Ovos e larvas fazem parte da alimentação de alguns peixes, polinizam certas flores e servem como "transporte" para bactérias e vírus. Sem mosquitos, a cadeia trófica cambalearia.


Há uma coisa que mata mais pessoas do que a obesidade: a solidão

LuisaoCS

Há uma coisa que mata a mais pessoas do que a obesidad: a solidão

A obesidade atingiu proporções epidêmicas a nível mundial, e a cada ano morrem, no mínimo, 2,8 milhões de pessoas por causa da obesidade ou sobrepeso. Ironicamente, inclusive morrem mais pessoas devido a obesidade do que por fome. No entanto, estes números não são tão altas como outro fator que ainda mata mais gente, ainda que nem sequer é considerado uma patologia: a solidão.

Segundo um estudo realizado pela Universidade Brigham Young em Utah, nos Estados Unidos, as duas grandes ameaças para a sobrevivência das pessoas, acima da obesidade, é a solidão e o isolamento social. Este foi o resultado de duas metanálises, que revelaram que a solidão e o isolamento social podem aumentar o risco de morte prematura até em 50%. A primeira metanálise incluiu mais de 300.000 adultos em 148 estudos, enquanto a segunda incluiu 70 estudos com mais de 3,4 milhões de adultos. Segundo explica Julianne Holt Lunstad, líder do estudo:

- "Há evidências sólidas de que o isolamento social e a solidão aumentam significativamente o risco de mortalidade prematura e a magnitude do risco supera a de muitos indicadores de saúde líderes."

Segundo a especialista, estes resultados são particularmente preocupantes dado que o envelhecimento da população está aumentando.


Um achado cultural, científico e histórico impressionante em Buenos Aires

LuisaoCS

Na semana passada agentes da Polícia Federal argentina realizaram uma operação em dois municípios localizados ao norte da área metropolitana de Buenos Aires, onde encontraram objetos arqueológicos chineses e egípcios protegidos pela lei local.

No entanto, também tiveram uma surpresa ao descobrir um local de venda de antiguidades e um depósito com diferentes elementos com simbologia nazista. Entre eles, um busto do máximo líder do nacional-socialismo alemão, Adolfo Hitler.

A investigação começou em outubro de 2016 quando agentes da Seção de Delitos Culturais realizaram uma inspeção em diferentes locais de relíquias. Ali descobriram que estavam à venda diferentes peças protegidas pela de Proteção do Patrimônio Arqueológico e Paleontológico.


O maior avião do mundo aspira enviar satélites ao espaço

LuisaoCS

O maior avião do mundo aspira enviar satélites ao espaço

O lançamento de satélites desde o maior avião de carga do mundo, o An-225, poderia ser uma realidade em breve graças ao acordo feito entre a Corporação da Indústria do Espaço Aéreo da China (AICC) e a Antonov Airlines. O acordo permitirá ao organismo chinês desenhar sua própria frota renovada desta classe de aviões, que poria em órbita os satélites comerciais.

Desenhado e construído na Ucrânia na década de 1980 pela Antonov, o avião mede 84 metros de comprimento, com uma envergadura de 88 metros, quase o dobro da largura de um campo de futebol. Pode levar uma carga útil equivalente a 189.600 kg. Sem carga, o An-225 Mriya ("sonho" em ucraniano) pode voar até 18 horas sem parar para abastecer.


Stephen Hawking adverte que sem um “governo mundial”, a tecnologia destruirá a humanidade

LuisaoCS

Stephen Hawking adverte que sem um “governo mundial”, a tecnologia destruirá a humanidade

O renomado físico Stephen Hawking tem uma séria advertência para o mundo: se a tecnologia permanecer descontrolada como está na atualidade, ela destruirá a raça humana. Em entrevista ao Times, Hawking disse:

- "Desde que a civilização começou, a agressão vem sendo útil na medida em que tem vantagens de sobrevivência definidas."

Ele acredita que agora, porém, a tecnologia avançou a um ritmo tal que essa agressão pode nos destruir por meio de uma guerra nuclear ou biológica.

- "Precisamos controlar esse instinto herdado por nossa lógica e razão", explicou.

Hawking pensa que alguma forma de governo mundial poderia ser uma boa solução. Ele, entretanto, é rápido em reconhecer que tal idéia também geraria um novo conjunto de problemas.


É iminente! Segundo Hawking, o apocalipse por asteroide chegará

LuisaoCS

É iminente! Segundo Hawking, o apocalipse por asteróides chegará

O famoso astrofísico Stephen Hawking fez novamente uma advertência a respeito do perigo que representam para nosso planeta diversos asteroides de grande tamanho -alguns com mais de 1 quilômetro de diâmetro- que circulam por nosso sistema solar. Em um vídeo realizado pelo movimento global "Asteroide Day", Hawking afirma que existe uma alta probabilidade de que um asteroide colida com nosso planeta.

Por isso assegura que é necessário que políticos, cientistas e público em geral pensem nesta situação muito a sério. Por sua vez, o astrônomo Patrick Michel manifestou que se um destes corpos -mesmo que não tenha mais de que umas poucas dezenas de metros- impactar contra a Terra, pode provocar grandes danos em todo um país, e inclusive em um continente.


O meteorito que o rover Curiosity encontrou em Marte

LuisaoCS

O meteorito que o rover Curiosity encontrou em Marte

Aí está, o bonito meteorito encontrado pelo rover Curiosity em Marte, no passado 30 de outubro, em uma imagem captada pela Mastcam (Mast Camera) a bordo do rover marciano. A rocha tem o tamanho de uma bolinha de golfe.

O rover examinou-o com pulsos laser (os cinco pequenos pontos brancos de luz que podem ser vistos sobre o objeto) e confirmou que se trata de um meteorito de ferro e níquel, um tipo bastante comum de rocha espacial, mas o primeiro deste tipo examinado pelo rover.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 14 | 15 | 16 || Next»

Links: