«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 16 | 17 | 18 || Next»

A humanidade combaterá a iminente destruição por um asteróide com um concerto de rock

LuisaoCS

A humanidade combaterá a iminente destruição por um asteróide com um concerto de rock

Cientistas, astronautas e estrelas do rock uniram-se para gerar consciência sobre o perigo que significa o impacto de um asteróide. Para combater isto planejam realizar um show e criar em um "Dia Mundial da Consciência do Asteróide" ou "Asteroid Awareness Day".

Uma declaração de intenções foi assinada pelo astrônomo Lord Rees, o astronauta Ed Lu e Brian May da banda de rock Queen. A intenção é convidar governos, celebridades, corporações e filantropos.


Luz verde para a construção do maior telescópio do mundo

LuisaoCS

Luz verde para a construção do maior telescópio do mundo

O Conselho do Observatório Europeu Austral (ESO) aprovou a construção do European Extremely Large Telescope (E-ELT), o maior telescópio do mundo. Terá um custo aproximado de 1 bilhão de euros e não entrará em funcionamento até dentro de dez anos.

Sua localização final será nom Cerro Armazones, no Deserto de Atacama (Chile), a só 20 quilômetros de distância do Very Large Telescope. O E-ELT será um telescópio óptico infravermelho que terá uma abertura de 39 metros e permitirá caracterizar exoplanetas com massas similares à Terra, estudar cúmulos estelares em galáxias próximas e realizar observações ultra-sensíveis do universo profundo.

Os contratos para a construção da cúpula do telescópio e sua estrutura principal serão realizados no final de 2015. Meses depois, espera-se que comecem as obras do que vai ser o maior contrato firmado pelo ESO, a organização astronômica intergovernamental da qual fazem parte Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Itália, Países Baixos, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia e Suíça e a qual em breve se unirá também o Brasil.


Artigos científicos da Nature agora podem ser lidos gratuitamente

LuisaoCS

Artigos científicos da Nature agora podem ser lidos gratuitamente

Macmillan, a editorial responsável pela veterana revista científica Nature, anunciou que a partir de agora todos os artigos científicos publicados nela poderão ser lidos de forma gratuita mediante uma plataforma de software que *Nature descreve como similar ao iTunes da Apple.

Na plataforma será possível fazer anotações, mas não copiar o conteúdo, nem imprimi-lo ou baixá-lo para o computador. Ademais, você só poderá acessar o artigo se tiver um link direto que deverá ser fornecido por um assinante da revista, que de qualquer forma será possível compartilhar, por exemplo, em redes sociais, de modo que todos terão acesso ao conteúdo sem problemas.

Os assinantes institucionais poderão ler todos os artigos científicos da revista desde sua fundação em 1869, mas os individuais só a partir de 1997.

Segundo o diretor da divisão de Ciência Digital de Macmillan, Timo Hannay, isto simplesmente busca simplificar o que os pesquisadores já estavam fazendo:

- "Sabemos que os cientistas já estavam compartilhando conteúdos, usualmente em obscuros fóruns da Internet usando práticas torpes e que consumiam muito tempo".


Descobridor da estrutura do DNA põe seu Nobel à venda

LuisaoCS

Descobridor da estrutura do DNA põe seu Nobel à venda

Seguramente você já ouviu falar de James Watson, co-descobridor da estrutura do DNA em 1953. Watson é conhecido por ser língua solta e passou à história também por seus comentários "coloridos" sobre diversos temas, por exemplo, a homossexualidade, a obesidade, a cor da pele, Hitler, África e os irlandeses. Uma destas declarações custou seu emprego em 2007 e tudo parece apontar que a crise o afetou porque decidiu colocar à venda a medalha de seu prêmio Nobel.

Esta não é a primeira vez que um ganhador do Nobel vende sua medalha. Outras vezes alguns descendentes já tinham feito. Neste caso, o preço inicial será de 2,5 milhões de dólares. A medalha de Francis Crick, o outro descobridor da estrutura do DNA, foi vendida por 2 milhões há um par de anos.


GoPro deverá lançar sua própria linha de drones

LuisaoCS

GoPro deverá lançar sua própria linha de drones

Segundo o jornal The Wall Street Journal, a empresa GoPro começará a elaborar sua própria linha de drones para expandir seu negócio a outras áreas além das câmeras para vídeos de ação.

Com base em fontes anônimas próximas à empresa, o diário assinala que a companhia planeja começar a vender helicópteros de vários rotores equipados com câmeras de alta definição no final do próximo ano (2015), e seu preço deve variar os 500 1.000 dólares conforme o modelo.

Isto poria a GoPro em concorrência direta com o atual mercado de drones de uso doméstico com representantes como DJI ou Parrot, cujos produtos usualmente vem montados com câmeras GoPro para as tomadas aéreas. Talvez a GoPro queira começar a construir drones considerando esse fator.

Se todo aquele que adquire um quadricóptero também compra uma GoPro para montar no veículo aéreo não tripulado, por que não oferecer tudo junto? Soa como uma decisão bastante razoável. Agora só resta esperar o final de 2015 para atestar se a equipe de engenheiros da empresa é capaz de fabricar drones com uma qualidade similar à de suas câmeras.


Philae aterrissou com sucesso no núcleo do cometa 67P

LuisaoCS

A ciência está avançando a passos gigantes ao redor de nós e de vez em quando temos a capacidade de presenciar avanços históricos, como a chegada do Curiosity a Marte ou a alunissagem. Hoje temos outro evento histórico em frente a nós: a aterrissagem da sonda Philae no cometa 67p/Churyumov-Gersimenko.

O módulo Philae converteu-se na primeira nave que os seres humanos colocamos sobre a superfície de um cometa. O pequeno veículo de 100 kg de peso posou sobre a superfície do cometa e começou a tomar os primeiros dados sobre a composição deste corpo celeste e a transmitir informações, pese que os arpões de ancoragem tenham falhado e a ESA suspeita que o módulo "quicado" no pouso.

Teremos que esperar a manhã de 13 de novembro para voltar a receber mais dados de Philae, via Rosetta, que agora está do outro lado de 67P, para tentar confirmar o que realmente aconteceu.

Em minha opinião, e guardando todas as diferença, a viagem de mais de dez anos que completou a maior façanha espacial da década ao tocar o núcleo de um cometa é o equivalente para esta geração à chegada à Lua das missões Apollo.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 16 | 17 | 18 || Next»