«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 32 | 33 | 34 || Next»

Estão usando drones com lança-chamas para eliminar a sujeira das fiações elétricas

LuisaoCS

Os cabos das torres de alta tensão costumam ficar cheios de lixo, incluindo escombros, sacolas plásticas e as típicas sapatilhas e tênis que por alguma razão jogam algumas pessoas. Há trabalhadores que se dedicam a remover o lixo destes cabos, mas na China decidiram usar drones com lança-chamas.

À companhia elétrica da cidade de Xiangyang, parte da província chinesa de Hubei, achou que a melhor ideia para limpar os cabos de alta tensão é instalar lança-chamas em drones modificados para derreter e desintegrar o lixo.

É verdadeiro que trabalhar com cabos de alta tensão é um profissão com muitos riscos, mas a simples ideia de disparar fogo a estes cabos desde o ar como se tratasse de um dos dragões de Game of Thrones não parece nada segura.


Este drone levanta até 300 kg durante 45 minutos

LuisaoCS

O exemplo mais antigo de veículo aéreo não tripulado (VANT) foi desenvolvido após a primeira guerra mundial, e foi empregado durante a segunda guerra mundial para treinar os responsáveis pelo canhões antiaéreos. No entanto, foi necessário aguardar até final do século XX para operar os VANT com controle remoto, com todas as características de autonomia e estabilidade. E agora passaram a chamar drones.

Os drones estão servindo cada vez para mais coisas, mas um de seus pontos débeis é sua autonomia e sua escassa capacidade para transportar carga. O segundo começa a ser corrigido graças ao drone mostrado no vídeo que encabeça estas linhas.

Desenvolvido pelo fabricante norueguês Griff Aviation, o Driff 300 tem oito motores que são capazes de elevar até 300 kg (incluindo o peso da carga, 225 kg, e o seu peso, 75 kg) durante 45 minutos. Ma a empresa avisa que já estão trabalhando no Griff 800, que será capaz de levantar 800 kg.


O robô malabarista

LuisaoCS

Talvez depois de algumas horas de treino consigamos lidar com duas ou, no máximo, três bolinhas de malabares ao mesmo tempo, mas este engenho robótico é capaz de habilmente manipular cinco bolas de uma só vez. É mesmo inteligente o suficiente para detectar quando uma bola cai intencionalmente e retoma sem perder uma batida.


Peixe vai para onde quiser em um aquário robótico

LuisaoCS

Este peixinho dourado torna-se o mestre de seu próprio destino dentro de um aquário robótico controlado por ele mesmo. A velocidade e a direção do robô são determinadas pela posição do peixe em relação ao meio de seu tanque. Assim, segundo um sistema com sensores de seguimento e um software de monitoramento o aquário muda de acordo com a direção em que o peixe nada. O robô foi construído por um grupo de amigos para a Build18 da Universidade Carnegie Mellon.


Escute o som insano e as manobras loucas deste drone

LuisaoCS

Quadmovr não só nos impressiona com o controle de seu pequeno e estranho drone barulhento, mas também com um título de vídeo como um enigma. No entanto o "movr5r1 t2 2600kv 5x4x4 v1s hqprop kiss cc 4s1300 75c" já foi visto por quase meio milhão de pessoas. Alguém brinca nos comentários que isto é realmente irresponsável:

- "Você está estragando todo o equipamento na NOAA com sua constante abertura de buracos na atmosfera. Se você não parar isso imediatamente, vai consumir todo o oxigênio e sufocar todo mundo. Considero este seu comportamento vergonhoso."

Assista a este triturador basicamente vaporizar um toco de árvore

LuisaoCS

A criação de máquinas personalizadas na atualidade só está limitadas pela criatividade e pelo custo. Por exemplo, este moedor de tocos da Arborwolf, ainda que hoje seja um produto de linha, já foi em seus albores uma solicitação de um cliente com necessidade de remoção imediata de tocos de sua plantação de pinhos.

Sabendo que os tocos tem realmente a a capacidade de brotar novas árvores, você poderia estar se perguntando, mas por que uma madeireira quereria fazer isso se apenas bastaria esperar que uma nova árvore crescesse? O problema é que os tocos de árvores atraem insetos e outros parasitas, e podem abrigar doenças que podem se espalhar para outras árvores através de fungos pelas raízes. Embora seja verdade que as árvores também podem estar vulneráveis a infestações e doenças, os tocos são especialmente bem mais vulneráveis.


Fazendo Ondas

LuisaoCS

Um vídeo completamente hipnótico de um torno controlado por computador gradualmente transformando uma haste de metal ordinária em uma coisa ondulada. Não temos certeza para que a peça acabada será destinada, mas tudo leva a crer que é apenas um vídeo de demonstração da capacidade de usinagem do equipamento.


A diferença entre a engenharia chinesa e a sueca em dois vídeos

LuisaoCS

Há algo interessante nos dois vídeos deste post, algo que demonstra a diferença entre os paradigmas de engenharia a grande escala entre a Chinesa, a rainha da economia em escala, e um país tecnologicamente avançado como a Suécia. No primeiro vídeo, filmado em Dalian, China, vemos o trabalho dos operários da Wilop Forge and Foundry -como muitas outras companhias chinesas dedicadas inteiramente à exportação possuem um nome em inglês mais amistoso ao comércio internacional- trabalham para converter um lingote de ferro em uma peça industrial.

No mesmo vemos o processo de forjaria de um flange de ferro, muito possivelmente que será utilizada em um sistema de bombeamento já que este tipo de flange é utilizado quando se requer uniões que suportem pressões altas. O processo é rudimentar, utilizando técnicas de mais de 100 anos e com operários que, conquanto têm uma grande habilidade em seu trabalho, necessitam de todo tipo de proteção auditiva e física.


O fumo causa centenas de mutações genéticas que não desaparecem nunca

LuisaoCS

O fumo causa centenas de mutações genéticas que não desaparecem nunca

Segundo uma recente pesquisa, liderada por cientistas do Laboratório Nacional dos Alamos, nos EUA, e do Instituto Wellcome Trust Sanger, do Reino Unido, que foi publicada na revista Science, o fumo causa nos fumantes centenas de mutações genéticas que nem sequer desaparecem quando o fumante deixa o tabaco.

No estudo analisaram o genoma de mais de 5.000 tumores humanos de fumantes e não fumantes, medindo o dano genético causado em diferentes órgãos do corpo e descrevendo os mecanismos que originavam as mutações no DNA. Segundo as conclusões deste demolidor estudo, os fumantes acumulavam uma média de 150 mutações adicionais em a cada célula pulmonar:


Tecendo uma tela metálica de cercas

LuisaoCS

Nós adoramos ver máquinas incomuns trabalhando sua mágica para produzir itens que não dedicamos muita atenção a como são fabricados, dando por certo que já são pré-existentes. Aqui está uma máquina totalmente automática que torce e trama arames galvanizados dispostos nos carretéis criando tela metálicas utilizadas em cercados.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 32 | 33 | 34 || Next»

Links: