«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 119 | 120 | 121 |...| 128 | 129 | 130 || Next»

Boca robótica aprende a cantar

LuisaoCS

Já faz algum tempo que o japonês Hideyuki Sawada, da Universidade de Kagawa, está trabalhando neste projeto. Inicialmente reproduzia certos sons similares aos da voz humana, mas agora já se crê todo um artista dos espetáculos e apresentou seu primeiro hit: a canção do jogo infantil japonês "Kagome Kagome".

Soa horrível, mas devemos ser justos em reconhecer que tem gente que canta pior do que isso. Ao menos o trabalho de "cordas vocais" e trato vocal desenvolvido foi muito bem desenvolvido e se treinar um pouquinho mais talvez possa fazer frente a vocalistas de bandinhas coloridas e até gravar um disco.

Um bomba de ar, que simula os pulmões, funciona como cordas vocais artificiais. Junte a isso um tubo de ressonância que funciona como cavidade nasal e um microfone conectado a um analisador de sons que escuta a si mesmo para otimizar sua mímica da fala humana em base a um algoritmo de aprendizagem.

Mas esta boca estranha, diria eu vexatória, quase indecente, não foi concebida para palcos e fãs, ela deverá ter uma aplicação bem mais nobre, como a ajuda no treinamento da voz para pessoas com incapacidade auditiva.

Via | IEEE Spectrum.


Duelo entre as duas máquinas mais tontas do mundo

LuisaoCS

É apaixonante como o tema de máquinas mais tontas do mundo está evoluindo. Ao passo que vamos, temo que logo perderá esse título honorífico. Dias atrás vi uma mensagem do Wikileaks que uma máquina como esta já se rebelara em meio de uma sala de um general do Pentágono. Logo vão adquirir consciência de si mesmas. No momento vão ao além, agora se enfrentam entre elas. Estamos já ante o nascimento da Skynet? Só o tempo o dirá.


Cometa espatifando-se contra o Sol

LuisaoCS

O bom de ter tantos instrumentos apontando para o Sol é que não perdemos nem um detalhe. O seguinte evento aconteceu na noite de 5 a 6 de julho e os primeiros vídeos que vi publicados esta manhã, procediam do satélite SOHO. Atentos porque se piscar vai perder o mais importante:


Silenciando as mudanças de cor e formas com curiosas ilusões ópticas

LuisaoCS

Há que olhar fixamente no ponto branco do centro para apreciar que os círculos mudam de cor. Mas quando começam a se mover e rotacionar, deixam de mudar ainda que na realidade seguem mudando. Basta que fiquem quietinhos de novo para se ver de novo a dança das cores. É como se as mudanças de cor ficassem silenciados pelo movimento. O efeito é chamado Silencing e foi explicado por Jordan Suchow e George Alvarez, que ganharam o prêmio de melhor ilusão óptica de 2011.


O viciante café e suas curiosas circunstâncias em nosso mundo

LuisaoCS

O viciante café e suas curiosas circunstâncias em nosso mundo

O Grey Blog realizou este interessante mini-documentário Coffee: Greatest Addiction Ever, que fala sobre nosso adorada C8H10N4O2: a cafeína bem como seus efeitos e as curiosas circunstâncias que a rodeiam em nosso mundo. São uns cinco minutos de culturização concentrada qual café expresso, que ao mesmo tempo servem para praticar o inglês. Entre outras coisas, explica-se que:


Como se criam as auroras?

LuisaoCS

Produzido por forskning.no em colaboração com o Departamento de Física da Universidade de Oslo, este espetacular vídeo explica de forma realmente simples como as partículas procedentes das ejeções solares viajam até a Terra, entrando em contato com nossa magnetosfera e produzindo um dos espetáculos visuais mais belos do planeta: as auroras boreais.


48 horas da vida de um programador indie

LuisaoCS

Geralmente os Time-Lapses, ou vídeos com o tempo acelerado, de maior sucesso na rede mostram belos horizontes com um espetacular céu ou sobre o cosmos ou alguma outra coisa da natureza; desta vez é sobre dois dias da vida de um programador.

É claro que o vídeo, esteticamente, não é comparável com os outros, mas mostra o esforço e a dedicação dos programadores independentes que querem abrir um espaço no imenso mercado dos aplicativos e videogames. Seu trabalho é bastante árduo e monótono.

O vídeo mostra um serviço extenuante com três telas simultâneas, horas e horas de trabalho, pouca comida e seguramente olhos destroçados. O autor, Matt Gilgenbach, diz que não são 48 horas consecutivas, já que desligou a câmera para descansar de vez em quando, mas confirma que trabalha 14 horas sem parar a cada dia, ainda que tenha um recorde de 36 horas sem dormir. Que não estão gravados, mas creio. Já passei mais do que isso babando em cima de um Simatic Step 7.

Via | ArsTechnica.


Assim seria Rocketeer se fosse feito pela Pixar

LuisaoCS

Assim seria Rocketeer se fosse feito pela Pixar

Há 20 anos o diretor Joe Johnston adaptava à grande tela um bem sucedido desenho, "Rocketeer", obra do Dave Stevens. A história foi recriada e ambientada nos anos 20, uma história de luta do bem contra o mal protagonizada por um jovem que carregava um foguete na mochila e tratava de acabar com os homens maus enquanto conservava a sua noiva, uma deliciosa Jennifer Connelly que fazia uma particular homenagem da lendária Bettie Page.


Surpreendente impressora 3D usando sol e areia

LuisaoCS

Surpreendente impressora 3D usando sol e areia

Se há algo que sobra no deserto é sol e areia. Que melhor ideia então que buscar a forma de utilizar estes recursos praticamente ilimitados em zonas como o Egito para criar produtos ecológicos sem gastar energia em sua fabricação? Isto é o que propõe o designer industrial Markus Kayser com sua impressora tridimensional solar, à que chama de Solar Sinter e que pode apreciar no vídeo a seguir.


CHASAT III filma o amanhecer desde a estratosfera

LuisaoCS

O pessoal do C.H.A.S.A. (CHAminade Space Agency) voltou a lançar uma de suas sondas estratosféricas de baixo custo, mas neste caso calculando a hora de lançamento para que esta pudesse filmar o amanhecer:

Diferentes problemas técnicos do tipo tão conhecidos por Murphy, fizeram com que a recuperação da sonda se tornasse um grande problema, como é possível ler em Missão CHASAT III. Mas ao final tudo deu certo e demonstraram, uma vez mais, que com meios muito modestos é possível conseguir resultados surpreendentes e que há uma década estava só ao alcance das grandes agências espaciais.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 119 | 120 | 121 |...| 128 | 129 | 130 || Next»

Links: