O maior cético sobre a mudança do clima admite a gravidade do aquecimento global

Admin

Bjorn Lomborg

O ambientalista dinamarquês Bjorn Lomborg, famoso por seu ceticismo sobre a mudança climática, admitiu finalmente que o aquecimento global é sem dúvida uma das principais ameaças do mundo atual e um desafio que a humanidade deve enfrentar. A mudança de opinião de Lomborg deixa milhares de "conspiranóicos" orfãos pelo mundo e supõe uma mudança radical que dará um grande impulso aos defensores do meio ambiente.


Lomborg é conhecido por atacar a cientistas experientes em mudança climática, a ecologistas que fazem campanha para combater o aquecimento global e a diversos meios de comunicação por considerar que estão exagerando o problema.

Em um livro que publicará no próximo mês, Lomborg pedirá que invistam bilhões de dólares ao ano para atalhar a mudança climática:

- "Investir 100 bilhões de dólares (176 bilhões de reais) ao ano significaria que essencialmente poderíamos resolver o problema da mudança climática ainda no final deste século", afirma em seu livro.

Lomborg recomenda investir na pesquisa e no desenvolvimento de fontes de energia ecológicas, como a solar ou até mesmo a nuclear. Ademais, mostra-se a favor de que o investimento possa ser financiado através de taxas fiscais vinculadas às emissões de carbono.

Sua opinião foi divulgada após conhecer-se as principais recomendações incluídas no relatório entregue na segunda-feira por representantes da InterAcademy Council (IAC) ao secretário geral da ONU, Ban Ki-moon, na sede do organismo.

Segundo as recomendações, a ONU deve fazer reformas essenciais na estrutura do Grupo Intergovernamental contra a Mudança Climática (IPCC) e fortalecer seus mecanismos de controle para evitar os erros que permitiram os questionamentos da rigorosidade de seus estudos.

Ban encarregou essa organização científica fundada em 2000, em março passado, de examinar os volumosos relatórios do IPCC, que conformam os pilares dos esforços da comunidade internacional para combater as emissões de gases contaminantes.

Via | Guardian.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Por essas e outras que eu voto na Marina Silva.

Deixe um comentário sobre o artigo