Cientistas japoneses descobrem material que permite criar discos de 25TB

LuisaoCS

DVD

Uma equipe de pesquisadores japoneses anunciou semana passada que criaram um material que pode ser utilizado para criar superdiscos de baixo custo com capacidade de armazenamento milhares de vezes maior que de um DVD ou um disco Blu-ray.

O material descrito como uma nova forma de cristal de óxido de titânio, permite a comutação entre os estados de metal e semicondutor a temperatura ambiente quando se expõe à luz, para a criação de uma efetiva função ON/OFF no armazenamento de dados. Assim um material que muda de cor com a luz pode ser usado em dispositivos de armazenamento já que as cores podem refletir de maneira diferente, mostrando diferentes tipos de dados.


De acordo com Shin-ichi Ohkoshi, professor de química na Universidade de Tóquio, o material transforma-se de um estado de metal de cor negra que conduz eletricidade a um semicondutor marrom quando é golpeado pela luz.

- "O preço do óxido de titânio no mercado é aproximadamente a centésima parte do composto de germânio-antimônio-telúrio que se emprega atualmente em discos Blu-ray e DVD reagraváveis (na camada ativa de gravação de dados). O titânio é barato e seguro, tanto que é utilizado em muitos produtos que vão desde maquiagem até a pintura".

O novo dispositivo poderia conter 1.000 vezes mais informação que um disco Blu-ray, com a utilização da menor partícula. Assim seria possível salvar mais de 100 vezes toda esta coleção de vídeos pornô que você tem oculta numa pasta distante do Windows.

Via | SlashDot.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Japoneses: Seres de outro planeta mais evoluído que vieram à Terra para ajudar na evolução da Humanidade.

Com uns 10 discos desses gravo a internet pra mim...

interessante... principalmente para backup...

Hmm, ñ precisa de processador pra retirar dados de disco. Nem mesmo pra copiar.

WooW...
naum tenho comentárioos para isso... 25TB
Cabe Tudo do meu HD aí e sobra espaço pacaraii...
Mais imagina o leitor, processador e demais q o PC precisa ter para ler esse "Pequeno Notável"...

Rapaz, eu me surpreendi com o Blu-Ray, logo que publicaram o desenvolvimento das pesquisas. Depois dessa, não me surpreendo mais com qualquer coisa que venha de discos. "O lance - como dizia um professor de física que tive - é fazer melhor uso do laser, depois das substâncias químicas usadas". Os japas sacaram muito bem isso. Ah sim, só pra terminar: VAI COMER RAPADURA LUIZÃOCS!!! kkkk

Deixe um comentário sobre o artigo