Justin Bieber, ou como criar um astro pop na Internet

LuisaoCS

Justin Bieber no Youtube

Scooter Braun, manager de Justin Bieber, fez alguns comentários bastante interessantes sobre como aproveitar o YouTube e o Twitter como plataforma de lançamento para artistas. Para Braun, o sucesso de Justin Bieber é a demonstração de uma nova estratégia para criar uma estrela pop juvenil. Enquanto a maioria dos artistas deste porte devem se apresentar em canais como Nickelodeon ou Disney para ficarem conhecidos do público, Justin Bieber foi um artista que apostou na Internet.


Braun afirma que, antes de sequer assinar contrato com uma fonográfica, o vídeo de Justin Bieber cantando Respect de Aretha Franklin já superava os 55 milhões de visitas. Esta situação permitiu com que ele assinasse com a Universal Music, sem necessidade de passar previamente por um canal de adolescentes. Ele ainda recorda o caso de Esmee Denters, que em 2007 foi contratada pela Tennman Records (selo fonográfico que é propriedade de Justin Timberlake), após que seu canal do YouTube se convertesse no décimo sexto mais visto.

Sobre o sucesso de Justin Bieber no Twitter, Braun diz que é muito simples: o garoto gosta de falar com seus fãs.

- "Ele é um adolescente e gosta do Twitter, de modo que ali ele pode falar com mais de dois milhões de garotas a sua disposição (...) As únicas pessoas que têm sua senha somos ele e eu (...) Os garotos gostam de receber a atenção de seus ídolos".

A estratégia de Braun realmente gerou frutos, tantos que é praticamente impossível não sair tropeçando em artigos e noticias falando sobre Bieber pela rede. Pensando nisso já criaram até um plugin para Firefox chamado Shaved Bieber para aqueles que não gostam do cantor canadense, cujo objetivo é bloquear a exibição do nome completo e do sobrenome do astro ao navegar em páginas da internet. ("Leave Bieber alone!" ;-))

Ainda a respeito do mesmo assunto, Troy Carter, manager de Lady Gaga, não vê nada de errado em declarar abertamente que os artistas pop agora criam vídeos para o YouTube, como anos atrás faziam pensando na MTV. O primeiro canal de marketing musical foi o MySpace, mas com a bizarrice tomando conta do lugar, YouTube é o novo alvo, tanto para difundir como para caçar talentos.

- "Os fãs agora veem músicos por anos no YouTube antes de que se tornem famosos", assinala Braun.

Pois é, a indústria da música acaba de descobrir a América.

Via | Tech Crunch.


 

Comentários

ooooooooooooooooooooooooooooo

justin voce e limdo de mais

justin eu quero te comhecer

justin em que cidade voce mora

memamde um comemtario de voce para mim

mamde uma foto de voce con çua irma agora

eu sou sua fa justin love meu nome e dafine eu moro eai manaus

Deixe um comentário sobre o artigo











Comentários devem ser aprovados antes de serem publicados. Obrigado!