Há 50 anos o primeiro ser humano viajou ao espaço

LuisaoCS

Há 50 anos o primeiro ser humano viajou ao espaço

O cosmonauta russo Yuri Gagarin foi o primeiro ser humano em viajar ao espaço, a bordo da nave Vostok 1. Decolou desde o cosmódromo de Baikonur as 09:07 em 12 de abril de 1961, há exatos 50 anos, e seu périplo ao redor do planeta, a uma velocidade de 27.400 quilômetros por hora, durou 108 minutos. Suas palavras para descrever a experiência de ver o planeta desde o espaço teriam sido de assombro:

- "A Terra é azul e não vi nenhum Deus aqui.", mas se formos fiéis a realidade, somos obrigados a informar que Gagarin jamais disse tal frase, isso ao certo foi uma forma que o partido comunista arrumou para promover o domínio russo no espaço. Veja o que realmente Gagarin disse ao controle da missão depois do cinquentenário salto.


- "Eu vejo a Terra com nitidez, vejo claramente as montanhas, a costa e as ilhas..."

A volta de Gagarin à Terra supunha um grande e temeroso risco. A Vostok 1 não tinha recursos técnicos para posar e Gagarin, a 7.000 metros de altura, teve que abandonar a nave em queda livre com a ajuda de uma cadeira ejetável para aterrissar em paraquedas. Felizmente posou são e salvo na pradaria de uma fazenda da região de Saratov, ainda que a quase 400 quilômetros de distância do lugar onde as brigadas de resgate o esperavam.

Menos de um mês depois foi a vez do astronauta Alan Shepard, em 5 de maio de 1961, com o primeiro lançamento espacial americano a bordo da nave espacial Freedom 7.

É necessário salientar que nada disso teria acontecido sem o sacrifício de vários animais, o mais famoso: a cadelinha vira-lata Laika. Ademais, anos mais tarde, em 1967, o Coronel Komarov salvou a vida do melhor amigo Gagarin ao ser voluntário para um missão só de ida. Há 50 anos...


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Well done article that. I'll make sure to use it weilsy.

O tempo passa rápido.Outro dia eu era um muleque magrelo de 10 anos de idade,lendo fervorosamente meus livros sobre Gagárin.

Cacete! Já?
Tô ficando velho mesmo! Snif...

Deixe um comentário sobre o artigo