Por que homem gosta tanto de peito?

LuisaoCS

Por que homem gosta tanto de peito?

Na imensidão de vales, montes e áreas recônditas do corpo feminino, o homem sempre teve uma devoção inquebrantável por uma área gêmea específica: os seios :-). Neste artigo o psiquiatra Larry Young tenta explicar o porquê de tal adoração.

Baseando-se nos fundamentos neurológicos de comportamentos sociais complexos, o psiquiatra Larry Young acha que evolutivamente o ser humano aproveitou um circuito neuronal que originalmente se desenvolveu para fortalecer o vínculo entre mãe e filho durante a amamentação e que agora é utilizado para fortalecer a aproximação e o vínculo com o casal.

Quando os mamilos de uma mulher são estimulados durante a lactância, a oxitocina, também conhecida como "a droga do amor", inunda seu cérebro, o que ajuda a enfocar sua atenção e afeto no bebê. No entanto, várias pesquisas afirmam que este circuito não está apenas a disposição dos recém nascidos.

Os pesquisadores concluíram que o estímulo dos mamilos femininos aumenta a excitação na grande maioria de mulheres e ativa as mesmas áreas do cérebro como se tratasse de um estímulo vaginal ou clitoriano.


Quando um casal troca caricias, massagens, especialmente a mulher libera importantes quantidades de oxitocina, como quando alimenta um recém nascido, só que neste caso a oxitocina se centra na parte sexual, fortalecendo seus desejos de vincular com o casal da vez. Em outras palavras, os homens podem tornar=se mais atraentes mediante a estimulação dos seios da mulher. A evolução, em verdadeiro sentido, fez com que os homens adultos sintam esta afeição quase desmedida pelos seios.

- "Esta atração é uma organização cerebral que ocorre na adolescência dos homens", disse Larry Young. "A evolução selecionou para seus cérebros uma organização que permite com que se sintam mais atraentes no plano sexual. É um comportamento que evoluiu nos homens a fim de estimular os circuitos femininos relacionados ao apego maternal".

Por que esta mudança evolutiva ocorre nos seres humanos e não em outros mamíferos? Young acha que deve-se ao fato de que as pessoas formam relações monogâmicas, enquanto 97% dos outros mamíferos não o fazem. Em segundo lugar, Young sugere que possivelmente a anatomia tenha muito a ver, já que a maioria das posições sexuais que o ser humano pratica são cara a cara, as quais oferecem mais oportunidade de estimular os mamilos.

Via | Life Little Mysteries.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Em África as mulheres andam com o peito descoberto e amamentam os seus bebés em qualquer lado, o seio é apenas visto como uma parte normal do corpo feminino, contaram a uma delas, que na cultura ocidental os homens são fascinados por seios, a mulher inicialmente ficou surpreendida, depois começou a rir à gargalhada dizendo "está a dizer-me que os homens na sua cultura agem como bebés?"

Esta teoria é uma farsa, o que é cultural, não pode ser considerado genético, o que realmente está comprovado, é que o desejo pode ser induzido culturalmente, dependendo da cultura os homens têm conceitos de beleza diferentes.

E quem não mamou em peito, como é o caso de tantas crianças???

Teoria tosca demais, affê... Ainda há a duvida que a maria deixou pendente.

"a fim de estimular os circuitos femininos relacionados ao apego maternal".

E por que não ocorre o mesmo com as mulheres, já que as mulheres também tem apego maternal?

Gosto de peitos por que são... legais.

Bunda no MDig e peito aqui. A sexta está boa, Luisão.

Deixe um comentário sobre o artigo