O que ocorre quando uma família se alimenta somente de comida orgânica?

LuisaoCS

A etiqueta de "orgânico" em um produto, especialmente um alimento, converteu-se em uma fórmula mágica que faz com que nos sintamos bem ao mesmo tempo em que gastamos dinheiro extra para obter um bem-estar prometido. No entanto o comércio de alimentos orgânicos, ao menos em sua versão de supermercado, converteu-se em uma enorme fantasia cooptada pelas grandes corporações das quais supostamente fogem as pessoas que realmente compram produtos orgânicos.

O caso é que os alimentos orgânicos converteram-se em uma indústria gigantesca sob o argumento de que muitos dos alimentos processados que consumimos têm elementos tóxicos para a saúde. No entanto, muitas pessoas consideram que os benefícios da comida orgânica são bem discutíveis, ou que os pesticidas consumidos nas dietas processadas não são realmente daninhos.


Explorando esta zona cinza de dúvida e fanatismo (sim, porque quase todo adepto do orgânico tende a ser jacobino extremista), a companhia sueca Coop, que vende alimentos orgânicos, realizou este estudo com uma família que modificou sua dieta durante duas semanas.

Os Palmberg, uma família que não comia alimentos orgânicos, mediu primeiro seus níveis de 12 pesticidas selecionados previamente e depois, após 2 semanas comendo orgânico, realizaram a mesma medida. Aparentemente os resultados mostraram rastros de 8 pesticidas comuns na primeira semana em seu sangue, os mesmos que tinham desaparecido quase completamente após modificar sua dieta.

Evidentemente há que tomar este estudo com um grão de sal, já que ainda que os exames supostamente foram conduzidos por um laboratório independente, o estudo parece ter sido formulado à medida para a companhia, claramente buscando encontrar certos resultados.

Hoje em dia é difícil distinguir entre um estudo científico e um advertorial ou um anúncio velado neste segmento já que em ambos os lados correm rios de dinheiro para promovê-los. De qualquer forma é importante ressaltar que o estudo não indica que estes pesticidas causem algum dano à saúde, só que estão presentes.

Nos grandes supermercados, às vezes, o mesmo produto, só com a etiqueta mágica de "orgânico", custa quase o dobro. Então, se você quiser realmente comer alimentos "orgânicos" o melhor que pode fazer é cultivar sua própria horta (não aconselho, porque vai acabar recorrendo a pesticidas) ou comprar de pessoas conhecidas que tenham lavoura perto de onde você vive.

Ainda que, claro, você pode seguir comprando comida orgânica no supermercado, que seguramente terá melhor sabor e contribuirá para melhorar sua saúde, sob o efeito placebo, desde que isto suplante a parte de seu cérebro que diz que você está caindo em uma esparrela de marketing e jogando seu dinheiro no lixo... mas pera lá! Não é qualquer lixo, é um lixo orgânico!


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo