O Airlander 10 sofre danos na aterrissagem depois de seu segundo vôo de teste

LuisaoCS

Depois de um segundo vôo de testes de 100 minutos a aeronave híbrida Airlander 10 acabou danificada ao aterrissar de bico. Felizmente, ao menos segundo a nota de imprensa, nem os tripulantes nem o pessoal de terra sofreram algum dano. Não pode ser dito o mesmo da aeronave, cuja cabine foi destruída. É tranquilizador que a aeronave esteja cheia de helio, que não é inflamável, e de ar.

Ainda não são conhecidas as causas, mas para aprender como voa e a pilotar uma aeronave existem os vôos de prova. E como reza o ditado, qualquer aterrissagem da qual você pode sair andando é uma aterrissagem bem sucedida.

Com 92 metros de comprimento, 43,5 de envergadura, uma altura de 26 e um volume de 38.000 metros cúbicos, o Airlander 10 é a maior aeronave do mundo. Tem uma capacidade de carga de 10 toneladas, uma velocidade de cruzeiro entre 100 e 150 quilômetros por hora, e um teto de serviço de 6000 metros. Pode permanecer em vôo cinco dias se tripulado e até duas semanas se operado a distância.

A Hybrid Air o vê como uma excelente plataforma de transporte, em especial a lugares remotos ou de difícil acesso por terra; de comunicações; e de estudos a partir do ar uma vez dotado dos sensores apropriados.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo