Ave de rapina, um novo conceito de pedalar

LuisaoCS

Ave de rapina, um novo conceito de pedalar

Você provavelmente já está familiarizado com o ciclista pedalando em uma bicicleta reclinada, preguiçosamente deitado de costas, mas se esta nova magrela chamada "Ave de Rapina" (que nome mais esquisito) se popularizar, você vai vê-los em uma posição inteiramente nova: semi-inclinada.

Em outras palavras, neste novo conceito de bicicleta o ciclista deve inclinar-se totalmente para a frente, com as pernas esticadas para trás, como se estivesse voando pelo ar, com seus quadris e cotovelos totalmente suportados através de almofadas (selins) de couro.


Ave de rapina, um novo conceito de pedalar

A criação é de um arquiteto da Califórnia chamado John Aldridge, que trabalha nela desde 1991, mas só agora atingiu a linha de produção. Além de parecer um pouco bizarra, a posição parece ter lá as suas vantagens, tais como maior agilidade através de um centro de gravidade mais baixo, um perfil aerodinâmico melhorado, e o aumento da produção de energia devido a ser anatomicamente favorável a gerar mais força.

Ave de rapina, um novo conceito de pedalar

Devido a disposição ergonômica da Ave de Rapina, os ciclistas podem facilmente impulsionar a grande coroa traseira de 60 dentes (ligada a um cassete de 36/11), produzindo mais torque do que seria possível com um anel menor. Em marchas baixas também é possível praticamente escalaminhar altas ladeiras, com as pernas totalmente estendidas.

Ave de rapina, um novo conceito de pedalar

Mas tem um problema (sempre tem um). Para colocar as mão em uma bike desta você deverá desembolsar gritantes 27 mil reais, mais impostos.

Via | OhGizmo.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo