Mudar de ideologia política é difícil por causa do seu cérebro

LuisaoCS

Mudar de ideologia política é difícil por causa do seu cérebro

Em alguns casos, as ideias políticas são como as religiosas: estão tão enraizadas que dificilmente são alteradas pelo longo de nossa vida. O problema é que nem todo mundo acerta, de modo que há um bom número de pessoas que passam toda sua vida presos em ideias errôneas. E nem sequer os melhores argumentos racionais servem para que se dêem conta disso. O problema parece residir nos nossos neurônios: nascemos para ser assim.

Uma pesquisa do Instituto do Cérebro e Criatividade da Universidade do Sul de Califórnia, realizada mediante ressonâncias magnéticas em 40 pessoas, tinha o objetivo de detectar a força das convicções antes e após apresentar dados contra suas crenças para, posteriormente, analisar as regiões cerebrais associadas com a resistência a mudar de opinião.

O que os pesquisadores descobriram é que é mais fácil mudar de opinião em áreas não políticas que nas ideias políticas. A amígdala e o córtex insular estão implicadas nisso: quando são ativados se é menos provável que a pessoa mude de opinião, isto é, as mesmas regiões que se ativam ao recebermos ameaças a nossa integridade física.

Mudar de crenças, pois, parece ser mais um processo mais emocional do que cognitivo ou racional. Outra estrutura cerebral que é ativada quando nossas ideias são questionadas é a rede neural em modo padrão, que segundo um estudo prévio indicou que também se ativa quando as pessoas com crenças religiosas são questionadas. De modo que muito cuidado com crenças políticas. E religiosas. Não confie muito em nenhuma delas.

Via | Vox.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo