Stephen Hawking adverte que sem um “governo mundial”, a tecnologia destruirá a humanidade

LuisaoCS

Stephen Hawking adverte que sem um “governo mundial”, a tecnologia destruirá a humanidade

O renomado físico Stephen Hawking tem uma séria advertência para o mundo: se a tecnologia permanecer descontrolada como está na atualidade, ela destruirá a raça humana. Em entrevista ao Times, Hawking disse:

- "Desde que a civilização começou, a agressão vem sendo útil na medida em que tem vantagens de sobrevivência definidas."

Ele acredita que agora, porém, a tecnologia avançou a um ritmo tal que essa agressão pode nos destruir por meio de uma guerra nuclear ou biológica.

- "Precisamos controlar esse instinto herdado por nossa lógica e razão", explicou.

Hawking pensa que alguma forma de governo mundial poderia ser uma boa solução. Ele, entretanto, é rápido em reconhecer que tal idéia também geraria um novo conjunto de problemas.


- "Mas isso pode se tornar uma tirania", explicou. - "Tudo isso pode parecer um pouco triste, mas sou um otimista. Eu acho que a raça humana vai se levantar para enfrentar esses desafios."

Naturalmente, podemos lembrar que esta não é exatamente a primeira vez que Hawking adverte a humanidade sobre os perigos da tecnologia moderna. Por exemplo, ele disse anteriormente que a inteligência artificial deve ser imediatamente verificada por possíveis ameaças antes que seja tarde demais.

- "O risco real com IA não é malícia, mas competência. Um ser super inteligente artificialmente será extremamente bom em realizar seus objetivos, e se esses objetivos não estiverem alinhados com os nossos, estaremos com um grande problema."

Para explicar de forma mais prática o que quis dizer Hawking usou o exemplo de um formigueiro indesejável.

- "Provavelmente você não é um inimigo malvado que pisa as formigas por pura maldade, mas se você estiver no comando de um projeto de energia verde hidrelétrica e há um formigueiro na região a ser inundada, as formigas estão em maus lençóis. Não vamos colocar a humanidade na posição dessas formigas."

Elon Musk, CEO de Tesla, também acredita que os seres humanos correm o risco de se tornarem irrelevantes.

- "Com o tempo, acho que provavelmente veremos uma fusão mais próxima da inteligência biológica e da inteligência digital", disse ele, sugerindo que, no futuro, os seres humanos provavelmente poderiam se fundir com máquinas para sobreviver.

Via | Independent.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo