Doses elevadas de suplementos de vitamina B relacionadas ao risco de câncer de pulmão

LuisaoCS

Doses elevadas de suplementos de vitamina B relacionadas ao risco de câncer de pulmão

A suplementação com vitamina B6 e B12 a longo prazo, em altas doses, pode aumentar o risco de câncer de pulmão em fumantes do sexo masculino, sugerem novas pesquisas da Universidade Estadual de Ohio. Você pode estar pensando: outro dia, outro item adicionado à lista de possíveis agentes cancerígenos. Mas qualquer informação adicionada às resmas de pesquisas sobre este flagelo global vale a pena, ainda que complicada e às vezes contraditória.

O câncer de pulmão, em particular, é a principal causa de morte por câncer nos EUA. Muitos destes são o resultado do tabagismo, o que significa que qualquer coisa para aumentar esse risc, como tomar altas doses de suplementação de B6 e B12, deve ser avaliada e diminuída.

Isso não significa que os suplementos B sejam ruins, apenas para um certo grupo de homens as doses elevadas podem ser perigosas. Para o estudo, publicado no Journal of Clinical Oncology, a equipe analisou dados de mais de 77.000 adultos que participaram do estudo. Todos tinham entre 50 e 76 anos, e recrutados entre os anos 2000 e 2002.

É importante notar que estudos anteriores encontraram resultados conflitantes. Um desses estudos descobriu que a vitamina B6 reduzia o risco de câncer de pulmão, enquanto que outro indicou que a B12 não tinha influência alguma. Esta discrepância pode ser devido a vários fatores, como a forma como as vitaminas foram medidas ou, possivelmente, porque o câncer de pulmão aumenta essas vitaminas nos pacientes.

A maneira mais eficaz de reduzir o risco de câncer de pulmão é, então, parar de fumar. Está ligado entre 80 a 90% dos casos de câncer de pulmão, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

Via | IFLScience.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo