Arquivo do mês de janeiro 2013

«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 11 | 12 | 13 || Next»

Como transformar o seu navegador em um bloco de notas

LuisaoCS

Para que a página em branco do navegador -exclusive o Internet Explorer, para que fique bem entendido- se converta em um espaço onde é possível escrever texto, basta digitar (ou copiar e colar) o seguinte texto na barra de endereços do navegador:

data:text/html, <html contenteditable>

Nos comentários do post original One line browser notepad há outras variantes do código para enfeitar ou personalizar o editor.

Criando um bookmarklet, basta um clique para começar a escrever texto.


Comer alimentos fritos aumenta o risco do câncer de próstata

LuisaoCS

Comer alimentos fritos aumenta o risco do câncer de próstata

Comer ao menos uma vez na semana batatas fritas, frango ou pescado empanados e outros alimentos fritos em abundante óleo está associado com um maior risco de câncer de próstata, além de que predispõe a uma evolução mais agressiva desta doença, segundo acabam de demonstrar pesquisadores do Centro de Pesquisa do Câncer Fred Hutchinson. Concretamente, em homens o risco de padecer este tipo de tumores aumenta entre 30 e 37% se consomem alimentos fritos uma vez por semana em comparação aos que fazem-no somente uma vez ao mês, segundo mostram seus trabalhos com 3.000 voluntários com idades compreendidas entre 35 e 74 anos.


O cão converteu-se no melhor amigo do homem por causa da alimentação

LuisaoCS

O cão converteu-se no melhor amigo do homem por causa da alimentação

Depois de comparar o genoma dos cães domésticos com o dos lobos, de quem é provável que se separaram evolutivamente há mais ou menos uns 10.000 anos em algum lugar da Ásia, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Uppsala (Suécia) descobriu que a domesticação do cão só foi possível devido a uma evolução de seu aparelho digestivo que lhe permitiu ingerir uma dieta rica em amido, mais parecida à dos seres humanos.

Segundo o estudo publicado pela revista Nature, os pesquisadores analisaram sequências do genoma que mostram claro diferenciação entre ambos animais, e chegaram à conclusão de que os cães evoluíram para adaptar seu sistema digestivo a uma dieta rica em amido -o carboidrato mais importante da alimentação humana-, que o intestino canino é capaz de fragmentar em açúcares que circulam por seu sangue.

- "O gene da amilase, a primeira enzima que intervém na digestão do amido, tem muitas mais cópias nos cães que nos lobos", explica Erik Axelsson, coautor do trabalho. - "Isto foi crucial para que os primeiros cães subsistissem a base de vegetais e cereais", acrescenta. De acordo com os cientistas, os resultados mostram que a domesticação canina estaria ligada com o desenvolvimento da agricultura, e que foi nos primeiros assentamentos humanos onde apareceram também os cães.

Além da adaptação no sistema digestivo, os cientistas acharam diferenças em genes que afetam o desenvolvimento do cérebro do cão, e que poderiam explicar por que o comportamento do melhor amigo do homem é tão diferente ao de seus parentes mais próximos, os lobos selvagens.

- "Para adaptar uma vida próxima do ser humano, para estes animais foram tão importantes as mudanças na dieta quanto as mudanças no comportamento", sublinha Axelsson.

Via | Science Now.


Como funciona uma fechadura?

LuisaoCS

Nesta animação de Stian Berg Larsen é possível ver o que se passa exatamente na fechadura típica de tambor com pinos quando é colocada uma chave nela para abrir ou fechar a porta. Como vemos na imagem, os relevos de encaixe da chave coincidem com as diferentes alturas dos pistões inferiores, alinhando-se. Neste ponto, dado que não existe nenhum obstáculo, a chave pode girar livremente.

Ok, é muito bem idealizado, mas ai veio um vagabundo engenhoso e inventou a micha fazendo com que a maioria das fechaduras simples não passem de taramelas que até uma criança de 10 anos pode abrir. Não acredita? Veja o segundo vídeo depois do salto, faça uma micha, teste e depois vá até uma loja de ferragens e troque todas as suas fechaduras por quádruplas.


Recorde Mundial 2012 de paraquedismo vertical

LuisaoCS

2012 foi o ano no qual vimos um homem cair desde o mais alto e à velocidade mais elevada, também vimos um outro louco fazer uma aterrissagem sem o uso de paraquedas, mas também foi o ano no qual 138 pessoas quebraram o recorde mundial de paraquedismo em vertical, formando um gigantesco figura que desenvolvia velocidades de até 350 km/h.


Ser monógamo e fiel tem vantagens biológicas

LuisaoCS

Ser monógamo e fiel tem vantagens biológicas

Os macacos-da-noite (Aotus) que possuem um casal estável e são fiéis ao parceiro se reproduzem mais do que os que têm múltiplos casais, segundo um estudo da Universidade de Pensilvânia (EUA), publicado na revista Plos One. O trabalho revela como a monogamia e o emparelhamento, relativamente raros entre mamíferos, podem beneficiar centenas de indivíduos. E poderia ajudar a entender como evoluíram os padrões de relações nos seres humanos, tal e qual assinalam o antropólogo Eduardo Fernández-Duque e seus colegas, que desde 1997 monitoram uma população destes macaquinhos na região do Chaco na Argentina.

Suas observações a respeito do comportamento, a demografia e a fisiologia de 18 grupos de macacos-da-noite (154 animais ao todo) durante 16 anos, mostra que habitualmente estes primatas vivem em grupos monogâmicos que consistem em um macho adulto, uma fêmea adulta e sua descendência. Os jovens dispersam-se do grupo familiar ao redor dos 3 ou 4 anos.

Em 2008, Fernández-Duque e seus colegas publicaram um artigo que informava, pela primeira vez, a presença de um Ricardão, que atacou o macho de um casal e, essencialmente, o substituiu como parceiro e provedor de cuidados infantis. Depois de quase 30 casos documentados a equipe agora demonstrou que esta usurpação de seus colegas é um fato meio comum. As substituições com frequência acontecem com brigas dramáticas, que costumam acabar mal -inclusive fatal- quase sempre para o "expulsado". E segundo revela a pesquisa, ter um parceiro ou um colega expulso prejudica o sucesso reprodutivo do casal que fica.

- "O que concluímos é que os arranjos para permanecer com o mesmo casal em longo prazo pode produzir mais descendência do que quem se vê obrigado a mudar de casal", expõe Fernández-Duque. - "A monogamia faz sentido para estes primatas, porque nos casais fiéis os machos estão seguros de sua paternidade e investem em cuidar das crianças", acrescenta.

Segundo o pesquisador, existe verdadeiro consenso entre os antropólogos a respeito de que a formação de casais devem ter tido um papel importante na origem das sociedades humanas.

- "Podem chamar de amor, amizade ou casamento; mas há algo em nossa biologia que conduz a este vínculo emocional duradouro entre duas pessoas e que está muito estendido entre as sociedades humanas".

Via | NBC News.


Opportunity inicia seu décimo ano em Marte

LuisaoCS

Opportunity inicia seu décimo ano em Marte

Em 24 de janeiro de 2004, o robô Opportunity desceu sobre a superfície marciana, tocando o solo do planeta vermelho três semanas depois que seu irmão Spirit, com a missão de explorar o corpo celeste. A missão do Opportunity duraria 90 sol (dias de Marte, equivalentes a uns 92,5 dias da Terra). Hoje, Opportunity cumpriu nove anos trabalhando, superando de longe sua missão inicial.

Spirit e Opportunity foram enviados a Marte para buscar sinais que indicassem a presença de água na história passada do planeta, o que poderia ter possibilitado a vida em anos anteriores. Em 2007, o Spirit descobriu um sistema hidrotermal extinto na cratera Gustev, o que revelou que Marte alguma vez teve água líquida e uma fonte energética, considerados ingredientes chaves para a vida como a conhecemos. No entanto, em 2010 o robô ficou estancado em uma armadilha de areia e daí não conseguiu sair mais, "morrendo" depois do inverno marciano.

O Opportunity também teve um encontro temeroso com uma duna em 2005 onde ficou preso, mas os engenheiros da NASA conseguiram liberá-lo depois de semanas de simulações realizadas na Terra até que determinaram como fazer para liberar o robô. Após isso, Opportunity seguiu explorando até hoje. Neste momento está na cratera Endeavour pesquisando se alguma vez existiiu vida microbiana nessa zona, rica em depósitos de argila.

O rover percorreu até agora 35,4 km desde que chegou e pese os 10 anos que completa lá, ainda está em boa forma, segundo os engenheiros. Ainda que o Curiosity tenha roubado a cena das manchetes ultimamente, o Opportunity merece um reconhecimento por trabalhar arduamente para além dos 3 meses que durava sua missão inicial. Ninguém sabe quanto tempo lhe resta, mas não restam dúvidas que serviu muito mais do que se esperava.

Via | Space.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 11 | 12 | 13 || Next»