Arquivo do mês de novembro 2013

«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 9 | 10 | 11 || Next»

Que contêm realmente alguns suplementos vitamínicos?

LuisaoCS

Que contêm realmente os suplementos vitamínicos?

O negócio dos suplementos alimentícios equivale a ganhos superiores a 5 bilhões de dólares ao ano, mas sua regulamentação passa acima das leis que regem à indústria farmacêutica. Uma nova pesquisa publicada no New York Times, no entanto, revelou que as substâncias vendidas com diferentes fins raramente contêm a erva ou ingrediente que afirmam ter em sua publicidade.

Utilizando um teste de DNA, um grupo de pesquisadores canadenses realizou o mapeamento dos ingredientes de 44 populares suplementos alimentícios disponíveis hoje em dia, propriedade de 12 grandes companhias, e o que encontraram -em lugar de equinácea ou gingko biloba- foram substitutos baratos, como soja, trigo ou arroz. Em um terço das pílulas não encontraram nem sequer restos das supostas plantas que diziam conter.


Mesa interativa de transmutação de superfície copia objetos 3D em tempo real

LuisaoCS

O título pode parecer complicado a princípio, mas em realidade trata-se de uma interface tangível (um tipo de interface em que uma pessoa interage com a informação digital através do ambiente físico) com conceito simplesmente genial, que é demonstrado no vídeo acima. A mesa interativa de transmutação de superfície, que pode replicar uma versão virtual, em 3D, de objetos próximos em tempo real, foi desenvolvida pelo professor Hiroshi Ishii e seus alunos no MIT Media Lab.


Brasil admite que espionou diplomatas dos EUA, Rússia e Irã

LuisaoCS

Brasil admite que espionou diplomatas dos EUA, Rússia e Irã

O governo brasileiro admitiu ter espionado diplomatas de vários países, incluindo Estados Unidos, Rússia e Irã. A espionagem era parte de um programa da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e começou durante o governo do ex-presidente Lula.

Segundo publica a Folha de São Paulo, a ABIN instalou sistemas de vigilância na residência da embaixada dos Estados Unidos em Brasília entre 2003 e 2004. A agência pensava que os americanos estavam utilizando o local para coordenar atividades de espionagem, no entanto, a embaixada americana negou isto. Também teriam vigiado servidores públicos russos e iranianos, seguindo seus movimentos.


Norueguês esqueceu que comprou USD$ 24 em bitcoins em 2009 e agora valem USD$ 885.520

LuisaoCS

Norueguês esqueceu que comprou USD$ 24 em bitcoins em 2009 e agora valem USD$ 885.520

O norueguês Kristoffer Koch estava trabalhando em 2009 em sua tese sobre encriptação quando se encontrou informação a respeito de uma misteriosa criptomoeda chamada "bitcoin", e por diversão comprou 5.000 BTC com 150 coroas noruegueses (USD$ 24) sob as queixas de sua namorada que lhe dizia que "você anda comprando um monte de coisas que nunca usa".

Posteriormente Kristoffer esqueceu de seu pequeno investimento, quando graças aos meios de comunicação descobriu agora em 2013 que cada bitcoin tem um valor que supera os USD$ 200 ficou bastante surpreso, pois significa que suas 5.000 BTC agora equivalem a 5 milhões de coroas norueguesas, ou USD$ 885.520.

Kristoffer fez uma retirada de um quinto de seu dinheiro, umas 1.000 BTC, para comprar um apartamento em Toyen, um dos bairros mais ricos de Oslo. Agora, a sua (agora) noiva acha que ele "pode comprar as coisas que quiser".

Via | The Next Web.


Povoado da Ucrânia abandona os celulares por medo do câncer

LuisaoCS

As autoridades de Yaremche, um povoado da Ucrânia ocidental, decidiram caducar as permissões às companhias de telefonia móvel, depois de reiteradas protestos dos cidadãos que denunciavam um aumento dos casos de câncer.

As empresas de telecomunicações foram obrigadas a desmantelar as antenas instaladas para seus serviços e deste modo, simplesmente o local renunciou ao uso da telefonia móvel, o que por suposto, gerou indignação em parte dos habitantes e empresários do turismo.

Tudo começou quando uma companhia levantou uma antena nas proximidades de um hospital em 2004, cujos usuários teriam constatado um aumento significativo dos casos de câncer depois da chegada daquela torre. Foi assim que os membros do conselho da cidade decidiram por unanimidade proibir estas antenas.

A decisão foi adotada graças à participação cidadã que possui esta comunidade, em confronto direto com os interesses turísticos dos centros de esqui que devem ver seu movimento de turistas e visitantes diminuir a olhos vistos, segundo informou o jornal local Ukranews.

Via | BBC News.


Pai fabrica uma mão protética em 3D para o filho por uns poucos dólares

LuisaoCS

Pai fabrica uma mão protética em 3D para o filho por uns poucos dólares

Leon McCarthy nasceu sem a mão esquerda, mas agora pode usar uma mão artificial composta por 16 peças que foram impressas em 3D e outras 30 que podem ser compradas em qualquer loja de ferragens. A mão em questão é um desenho open source de Ivan Owen e Richard van As conhecida como Robohand.

O custo estimado é de 150 dólares comparados com os milhares de dólares que custa uma prótese tradicional. Lógico que as funções são bastante limitadas e só abre e fecha os dedos aproveitando os movimentos do pulso, mas ainda que se necessite comprar a impressora 3D para criá-la é uma oportunidade de poder ir imprimindo novas próteses segundo cresce até que ao final possa fazer uma mão artificial com mais recursos, algo especialmente importante em países nos quais não existe um bom serviço de saúde ou de segurança social.

Outro passo no plano de dominação mundial da impressão 3D que com certeza mudará o mundo.


Por que o terror é bom para nós?

LuisaoCS

Por que o terror é bom para nós?

Nestas épocas de medo auto-induzido, é bom saber que esta emoção cumpre uma função importante em nosso cérebro, e que nos protege de situações de ameaça real. O medo, indubitavelmente, tem o seu valor. De outra maneira, como explicaríamos a popularidade dos filmes de terror, a espécie de antecipação nervosa que sentimos quando estamos a ponto de subir uma montanha russa, a queda livre de um lugar altíssimo? É precisamente a antecipação que gera verdadeiro desfrute, mas só a antecipação que sabe que o corpo estará seguro. Nada vai acontece conosco ao ver um filme de terror, e quase seguramente nada vai acontecer se subimos em um brinquedo mecânico ou nos aventuramos com um paraquedas. Nosso medo auto-infundido é meramente um simulacro. Mas isso não faz com que não seja medo, e que algo bom possa resultar dele.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 9 | 10 | 11 || Next»