Arquivo do mês de agosto 2015

«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 8 | 9 | 10 || Next»

Será que vemos a realidade tal qual ela é?

LuisaoCS

Esta palestra de Donald Hoffman, especialista em ciência cognitiva, é uma pequena jóia e trata sobre um tema sobre o qual estou escrevendo nestes dias precisamente. Nossos sentidos têm evoluído para aproximar à realidade ou a uma aproximação proveitosa?

Donald tenta responder a uma grande pergunta: vivemos a realidade tal como é... ou como queremos que seja? Na palestra ele reflexiona sobre como nossas mentes constroem nossas realidades.

Ainda que na última parte fique infelizmente um pouco mística, recomendo que você dedique um momento a ver esta conferência porque proporciona algumas ideias que nos levam a pensar profundamente.


Uma incrível pilotagem de helicóptero

LuisaoCS

A maioria das pessoas acha que manter um helicóptero dentro de um traçado pré-estabelecido é como dirigir um carro, não é! Mas daí a dizer que a pilotagem mostrada neste vídeo é fake também é um pouco demais. Não é a primeira que vemos um helicóptero passando um veículo que circula pela estrada a toda velocidade, mas neste caso não se trata de uma simples ultrapassagem, em alguma estrada de Dnipropetrovsk, na Ucrânia, que ajuda a questionar a veracidade do vídeo, senão que o helicóptero se mantém um bom momento seguindo perfeitamente a estrada -ou as indicações do Google Maps- a velocidade legal. Fake ou real?


O casamento reduz de maneira considerável o consumo de álcool

LuisaoCS

O casamento reduz de maneira considerável o consumo de álcool

Uma concepção comum é que o fato de se casar representa uma mudança radical na vida do novo casal, em razão das mudanças que devem enfrentar e o processo de adaptação que exige compartilhar sua vida diária e espaço com outra pessoa. Mas agora resulta, de acordo com uma pesquisa recente da Universidade de Missouri, que entre todas as novidades que traz consigo a união conjugal uma das mais fortes (e comprováveis) seria a diminuição considerável nos índices de consumo de álcool dos envolvidos.

De acordo com a pesquisa, publicada recentemente pela escola, em conjunto com a Universidade Estatal do Arizona, tomaram como base os dados gerados em um grupo de indivíduos, participantes em outra estudo de longo prazo, onde analisaram diferentes hábitos desde os 18 até os 40 anos de idade. Encontrando que relativo ao consumo de álcool, este diminuir seriamente conforme os voluntários casavam, deixando em claro um padrão comum ainda que inesperado.


Carro elétrico bate recorde com aceleração de 0 a 100 km/h em 1,779 segundos

LuisaoCS

Com a ajuda da empresa KMK, que forneceu os motores, e a Kistler, que mediu a aceleração do auto, uma equipe conformada por estudantes da Universidade de Stuttgart, na Alemanha, bateu o recorde Guinnes de aceleração com um veículo elétrico de corrida.

Trata-se de um pequeno auto que pôde atingir os 100 km/h em 1.779 segundos, superando o recorde anterior dos estudantes da ETH Zurich.

O bólido elétrico, segundo assinalam os integrantes da equipe GreenTeam, incorpora quatro motores elétricos (um por roda) e um jogo de baterías de 6,62 kWh. Isto, somado aos 160 kg do auto consegue uma relação peso potência de 1,6 kg/watt. Para ter uma referência, a Slash Gear explica que um carro de Fórmula 1 tem uma relação média de 1 kg/kW.

O veículo foi testado em duas direções pelo piloto Priska Schmid em uma prova realizada no fim de 2014 em um aeroporto ao norte de Alemanha.


Movimento dos olhos a câmera lenta

LuisaoCS

Nunca tinha visto este detalhe; a câmera lenta permite uma melhor apreciação. As íris tremem como gelatina quando os olhos se movem; aliás todo o movimento resulta muito aquoso e menos sólido do que caberia esperar, algo do que normalmente não nos damos conta.

E talvez menos chamativo que os movimentos sacádicos oculares –meu efeito favorito, facilmente experimentável ante um espelho, mas nem por isso menos interessante. Quer ver? Olhe fixamente em um espelho. Olhe primeiro um dos olhos. Depois mude ao outro. Esquerdo. Direito. Esquerdo. Direito. Como comprovará, você não pode ver como seus próprios olhos se movem ainda que certamente estão se movendo.


Um drone transformado em Tocha Humana

LuisaoCS

Uma equipe de bombeiros do serviço Nassau County Fire Academy acendeu um drone em forma de humano e enviou-o para o céu para simular os super poderes do Tocha Humana da Marvel.


O enigma das pessoas que dormem entre 4 e 6 horas sem que isso afete sua saúde

LuisaoCS

O enigma das pessoas que dormem entre 4 e 6 horas sem que isso afete sua saúde

Em termos gerais considera-se que o tempo apropriado de sono para o ser humano é de 8 horas, pouco mais ou pouco menos, mas nunca longe desse limite. Conquanto sabe-se que, no passado, este período não era tão rigoroso e costumavam dormir menos com espaçamentos ao longo do dia, nos últimos séculos se assentou a prática de dividir a vigília e o sono, com a fixação de dita temporalidade.

Contudo, a generalização não se impõe sobre a exclusividade. Há tempos sabe-se que existem pessoas capazes de dormir uma média de 4 horas diárias sem que isso afete sua saúde da maneira permitindo que tenham vidas de maiores lucros (esse foi o caso, por exemplo, de Winston Churchill e Margaret Thatcher). Segundo certas estimativas 1% da população beneficia-se desta anormalidade que, como veremos, poderia estar relacionada com uma mutação genética.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 8 | 9 | 10 || Next»