Arquivo do mês de outubro 2015

«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 || Next»

Este vaso robótico move as plantas para a luz

LuisaoCS

Esses vasos-robô se arrastam daqui para lá com sua plantas buscando sempre um local que tenha a luz (natural e artificial) é um estranho exercício de ver o que aconteceria se as plantas pudessem caminhar

Ainda que no vídeo mostrem plantas de soja, os vasos servem para qualquer tipo de planta: uma série de sensores buscam a luz e o robô encaminha-se para ali de forma autônoma.

Estes soybots dispõem ainda um sensor adicional que detecta se a planta precisa de água. Seja como for é certo que, entre este vaso-robô, o aspirador robô e demais robôs, no futuro vamos ter um pouco de tráfego na sala de casa.


Placebo pode ser chave para tratar a depressão

LuisaoCS

Placebo pode ser chave para tratar a depressão

As pessoas com depressão que melhor reagem após seguir um tratamento com comprimidos placebo (sem nenhum princípio ativo) são as mesmas que respondem melhor aos tratamentos verdadeiros. É a conclusão do estudo publicado ontem pela equipe de Marta Pecina na revista científica JAMA Psychiatry e que destaca as propriedades do sistema natural contra a dor do próprio cérebro.

A equipe de Pecina leva uma década estudando o efeito placebo mediante diferentes estratégias, incluído o escaneamento da atividade do cérebro quando realizam estes tratamentos com remédios falsos. Sua atenção está centrada nas variáveis genéticas que fazem algumas pessoas mais proclives a responder positivamente ao placebo e no estudo do sistema de segregação de opióides do próprio organismo. No trabalho publicado na JAMA, os pesquisadores analisaram a química cerebral de 35 pessoas com depressão severa à espera de tratamento a quem disseram que participariam no ensaio de um novo medicamento para seu problema.


O homem que foi dono do domínio google.com durante um minuto

LuisaoCS

O homem que foi dono do domínio google.com durante um minuto

Tarde da noite e Sanmay Ved navegava pelo Google Domains, o serviço de compra de domínios do Google, quando se deu conta de que o domínio google.com estava livre: ao consultar por esse domínio o sistema mostrou um cara sorridente indicando que estava disponível. Sanmay selecionou-o e pressionou comprar e, para sua surpresa, completou o processo de compra. O preço por possuir o domínio com mais tráfego na rede? 12 dólares.

Logicamente a história não passa do episódio curioso porque a propriedade do domínio google.com durou a Sanmay algo bem como um minuto antes de que Google Domains desfizesse a operação; o motivo é desconhecido, se foi um erro do sistema ou se realmente google.com estava expirado nesse instante.

O WTF do assunto é que segundo Sanmay durante esse minuto teve acesso a ferramentas de gerenciamento do Google -naquele que parece ser o minuto mais longo da história- tal e qual ele relata em How I Ended Up Purchasing & Owning Google.com via Google Domains".


«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 || Next»