Arquivo do mês de abril 2016

«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 || Next»

Gravações a alta velocidade de aviões tomadas desde outros aviões

LuisaoCS

O pessoal da Blue Sky dedica-se a fazer serviços de filmagens nas alturas; nesta fita de testes fizeram uma gravação aérea a alta velocidade para a Saab, na qual utilizaram um sistema estabilizador capaz de gravar a 300 nós (uns 555 km/h).

Ainda que normalmente estas imagens são feitas através de helicópteros (que não passam de 250 km/h) aqui além dessas clássicas panorâmicas testaram o mais difícil ainda instalando a câmera em um dos suportes de armamentos de outro avião. Deste modo conseguiram as espetaculares imagens de aviões gravadas de aviões, produzindo um efeito de câmera lenta impressionante. E dos detalhes nem falemos: dá para ver até a marca do chiclete que os pilotos mascam.

A câmera usada foi uma Red Dragon 6K com lentes Canon de 30-300mm, manejada por um operador sentado na parte traseira de um Saab 105 de treinamento. Os dados chegavam à cabine através de uma conexão sem fio. As cenas foram gravadas na Suécia a temperaturas de 20º abaixo de zero e algumas tomadas foram feitas sob forças de 2,5 Gs.


Um paciente tetraplégico já faz movimentos complexos graças a este dispositivo

LuisaoCS

Um paciente tetraplégico já faz movimentos complexos graças a este dispositivo

Pela primeira vez conseguiuram restaurar o movimento de vários dedos, da mão e do pulso de um paciente que sofria uma paraplexia dos braços e pernas há seis anos, graças a um dispositivo que foi desenvolvido pela empresa de inovação Battelle, que se associou com neurologistas do Centro Médico Wexner da Universidade Estatal de Ohio.

O protótipo, cujos detalhes foram publicados na revista Nature, se chama NeuroLife, e permite que estes movimentos funcionais complexos sejam impulsionados pelos próprios pensamentos do paciente, porque este bypass neuronal eletrônico para lesões de medula espinal liga o cérebro diretamente aos músculos.

O participante participou de até três sessões semanais durante 15 meses após o implante para aprender a usá-lo cada vez com mais desenvoltura. Depois do treinamento, o paciente foi capaz de completar diferentes tarefas da vida diária, como segurar uma garrafa.

- "Estamos demonstrando pela primeira vez que um paciente tetraplégico é capaz de melhorar sua função motora e os movimentos da mão", explicou Ali Rezai, neurocirurgião do Centro Médico Wexner.

Para os autores, este trabalho pode supor um passo adiante na tecnologia neuroprotética e uma ajuda para milhões de pessoas que vivem com paralisia no mundo.

Via | Mashable.


Arquivos secretos do Vaticano, a caixa de Pandora da História?

LuisaoCS

Arquivos secretos do Vaticano, a caixa de Pandora da História?

O Archivum Secretum Apostolicum Vaticanum foi criado pelo papa Paulo V em 1612 para resguardar os documentos pessoais dos papas. Muitos destes documentos têm valor histórico já que são evidência direta do envolvimento da Igreja em questões políticas em todo mundo, desde a correspondência com líderes mundiais e os tratados teológicos que integraram a doutrina que professam milhões de seres humanos até curiosidades inclassificáveis para a ciência e a arte.

Se alguém quiser entrar nos arquivos secretos do Vaticano, primeiro deve se creditar como um pesquisador de primeira ordem com muitas cartas de recomendação de publicações e instituições educacionais, que dará uma credencial com vigência de 6 meses. Se sua pesquisa durar mais, você terá que voltar à tramitar. Não outorgam credenciais a jornalistas, estudantes nem historiadores amadores. Este é o primeiro filtro.


A lei de Poe, a Jessica e una seguidora da Sociedade da Terra Plana

LuisaoCS

Na última semana uma garota com sérias limitações cognitivas envolveu-se em um embate com o Instituto Liberal de São Paulo (Ilisp). Jessica, que se acha inteligentona, acredita que juízes devem ser eleitos, que não devem ter formação acadêmica nas melhores universidades americanas, que a Lava Jato é uma operação que visa privatizar a Petrobras e que Sérgio Moro é um agente americano.

Jessica estuda Letras na USP, mas tem sérios problemas com o idioma português ("Ingrêis eu não cei, mas em portugueis çou fera!") e com números ela é pior ainda por não saber diferenciar milhar de milhão.

O pior de toda esta situação? Ela realmente acredita no que está falando. Ela se acha importante e não se deu conta de que virou motivo de troça no vídeo amplamente negativado, em que diz responder ao Ilisp. A coisa toda é tão surreal que a gente não consegue ver o vídeo até o final por vergonha alheia e até dá para sentir um pouco de comiseração da garota que não tem um mínimo de noção da realidade.


Por que a foca cruzou a estrada?

LuisaoCS

Apesar de que no vídeo possamos ouvir risos, a realidade é um pouco deprimente. A foca chama-se Sammy e sai do mar para ir até um restaurante de frutos do mar ganhar alguns petiscos marinhos.

A cena acontece todos os dias em um povoado irlandês e a foca sempre volta apesar de que os empregados do restaurante tentam fazer com que volte para o mar, mas acabam recompensando-a para que vá embora, claro. Logicamente que isto aconteceu porque alguém, achando "bonitinho" fez uma e outra vez.

Dá pena porque o animal estabeleceu uma relação de dependência sinistra com os humanos, algo que não deveria acontecer porque se um dia este restaurante fechar ela possivelmente morrerá de fome.


Perguntando às pessoas se elas precisam de um celular em 1999

LuisaoCS

Hoje, um telefone celular passou de luxo à necessidade. Não só as crianças insistem em ter um dispositivo inteligente, mas agora muitos pais concordam que seus filhos estejam conectados em todos os momentos, para que possam ser localizados. Apenas 17 anos atrás, era muito diferente. Este clipe antigo, cujas cenas datam de 1999, mostra pessoas respondendo se precisam de um celular ou não. Não esqueça de habilitar as legendas se não entende o idioma holandês.


O que Charles Darwin pensava sobre o néscio movimento anti-vacina

LuisaoCS

Infelizmente o movimento estúpido de anti-vacinação chegou ao Brasil. Um bando de ignorantes que espalham mentiras a respeito das vacinas e que levam muitos pais a não vacinar seus filhos. A consequência disso? Muitas doenças que já estavam sob controle começam a voltar. Eu já escrevi sobre o assunto e estou preparando uma reportagem especial para denunciar estes criminosos e logo vou postar aqui.

Mas hoje vamos falar dos tempos de Charles Darwin, quando a vacina contra a a varíola de Edward Jenner já tinha dado extraordinários resultados, mas seguia tendo pessoas que se opunham a seu uso.

Lendo o livro que Darwin escreveu em memória de seu avô, "Meu avô Erasmus", o naturalista recorda que este defendeu seu uso e ajudou os habitantes de Derby a se preparar contra as epidemias desta terrível doença. Em um momento determinado Charles Darwin arremete contra os idiotas contrários as vacinas em um parágrafo que foi censurado por seus familiares na edição original e que só há alguns anos foi recuperado. Acho que fala por si só:


«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 || Next»