Arquivo do mês de abril 2016

«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 || Next»

A fascinante história do primeiro encontro sexual no planeta

LuisaoCS

A fascinante história do primeiro encontro sexual no planeta

Pode imaginar o primeiro ato sexual no planeta? Talvez imagine um prototípico Adão e uma Eva no Éden, em um ardente abraço carnal debaixo da árvore da vida. Não: o abraço informático e biológico de duas bactérias em uma remota origem.

Assim descreve Jill Neimark o primeiro ato sexual (que ademais, para acender a candura biológica, foi sexo mutante) em um interessante artigo sobre a função evolutiva do sexo:

Ao redor de 2 bilhões de anos atrás, dois procariontes -duas bactérias germinado na sopa primordial da vida- uniram-se no que deve ter sido o ato sexual original. Uma invadiu à outra. Uma comeu, a outra foi comida, e ambas viveram para contar a história. Fundiram-se e com o tempo, criaram algo assombrosamente novo. A invadida -a que foi comida- evoluiu a ser uma pequena, mas poderosa mitocôndria ao longo de poucos milhões de anos. A outra evoluiu a ser um núcleo bem maior.

Esta é a endosimbiose que está na origem da vida dos eucariontes. Não só estamos conformados por 90% de células bacterianas que formam nosso microbioma; as células animais também têm esta origem dual bacterial. As bactérias que agora são as mitocôndrias produzem a energia que permite a explosão da vida complexa neste mundo

As mitocôndrias, que são os motores biológicos, tendem a uma série de mutações erráticas, que no entanto é compensado pela reprodução sexual, que em um princípio não parece ser uma forma eficiente de se reproduzir, mas que permite a mais rápida recuperação nos erros genômicos das mutações. O sexo é um mecanismo de adaptação. O sexo e o amor são certamente duas coisas diferentes, mas compartilham talvez uma remota origem, em um ato, primeiro, e em um desejo, depois, de converter no ser que se deseja, de fazer que dois sejam um.

Via | Nautilus.


SpaceX faz história ao conseguir aterrissar a primeira etapa de um foguete

LuisaoCS

Após lançar a cápsula de carga Dragon SpX-8 rumo à Estação Espacial Internacional a primeira etapa do foguete Falcon 9 FT encarregado do lançamento aterrissou no espaçoporto flutuante autônomo Of Course I Still Love You.
A empresa estava trabalhando nisto desde 2012 com os primeiros vôos de prova do Grasshopper e mais tarde do F9R Dev1, dois veículos de decolagem e aterrissagem verticais nos quais a SpaceX desenvolveu e testiu s tecnologias necessárias para recuperar a primeira etapa de um lançador.

O objetivo à hora de recuperar as primeiras etapas dos foguetes depois do lançamento é que que com isso poderão reduzir o custo de colocar cargas em órbita em uma ordem de magnitude.

E sim, a Dragon SpX–8 está em órbita e rumo à Estação Espacial Internacional, mas neste caso o objetivo principal da missão quase parece um prêmio de consolação.


Canção que ajusta seu tempo as batidas de seu coração

LuisaoCS

Crie sua própria canção em tempo real em função das batidos do coração. Tudo o que você tem a fazer é colocar um dedo sobre a lente da câmera do smartphone para que o sistema vá compondo de acordo com as variações que perceba. Conseguirá um ritmo tranquilo se estiver relaxado na cama, ou uma música mais agitada se estiver correndo.

É obra de J Views, um compositor nominado ao Grammy, produtor e artista visual, que contou para este projeto com a voz de Kelli Scarr. Em Almostforgot você pode viver a experiência.


Star Wars, o (mega) trailer definitivo

LuisaoCS

Tom Fisher, um técnico de pós-produção audiovisual neozelandês, elaborou um delicioso trailer do que seria a saga de Star Wars empacotada em uma entrega, com imagens selecionadas dos sete filmes realizadas até agora. Brilhante!


Uma descoberta de DNA poderia mudar a história evolutiva do ser humano como a conhecemos

LuisaoCS

Uma descoberta de DNA poderia mudar a história evolutiva do ser humano como a conhecemos

Uma amostra de DNA encontrada em Sima de los Huesos, uma sítio geológico localizado na serra de Atapuerca, no norte de Espanha, foi analisada por pesquisadores que determinaram que se trata do material genético mais antigo desta classe ao que tivemos acesso, pois data de 430.000 anos. A grande árvore genealógica da humanidade e as espécies que a precederam poderia ser modificada a partir deste achado.

Desde 1997 escavaram 28 esqueletos nesta gruta. Seus crânios têm formas similares às apresentadas pelo Neandertal. No entanto, nova evidência encontrada nos fósseis sugere que não se tratava de ancestrais, senão do próprio Neardental.

Isto não só muda a posição do Neardental na linha de tempo, ao enviá-lo 100.000 anos atrás, senão que também deixa claro que o momento em que esta espécie se separou por completo do hominídeo de Denisova ocorreu muito antes do que se pensava.

Os envolvimentos na origem do ser humano são maiúsculas. Significaria que a espécie da qual supostamente descendemos, o Homo heidelbergensis, não seria nosso ancestral, pois toda a árvore evolutiva mudaria sua estrutura.

Um dos detalhes que mais chamou a atenção dos pesquisadores foi o fato de que os fósseis da  Sima de los Huesos correspondem à estrutura de um Neardental, enquanto o DNA mitocondrial de ao menos um dos 28 indivíduos seria o de um hominídeo de Denisova. Assim eles propõem a questão em o relatório:

- "Uma pergunta interessante é como estes hominídeos do Pleistoceno Médio estavam relacionados com aqueles que viviam no Pleistoceno tardio, em particular com os Neandertais no oeste da Eurásia e com os hominídeos de Denisova, um grupo relacionado com os Neandertais até agora conhecido só no sul da Sibéria".

Por enquanto, especulam que se trata de uma espécie desconhecida, que estava migrando da África para a Eurásia.

Via | Science Daily.


Mestre ferreiro forja uma espada gládio romana com aço damasco

LuisaoCS

O cinegrafista Phil Holland adquiriu uma nova câmera RED Weapon 8K e já a colocou direto para trabalhar, documentando o mestre ferreiro Tony Swatton forjando uma moderna espada gládio romana com aço de Damasco.

Para os interessados em lentes utilizadas, iluminação, trabalho de pós produção, ou algum por detrás das cenas; Phil escreveu um informativo post em seu blog: "Forged in 8K".


Você sabe quanto pode diminuir seu QI ao consumir maconha?

LuisaoCS

Você sabe quanto pode diminuir seu QI ao consumir maconha?

Em um ato sobre prevenção de drogas, organizado pela Fundação Casa de Misericordia de Barcelona, na semana passada, a diretora do Instituto Nacional sobre o Abuso de Drogas de Estados Unidos, Nora Volkov centrou-se em mostrar os danos neurológicos que a cannabis provoca nos jovens e adolescentes e destacou a plasticidade do cérebro, que vai se formando até os 25 anos aproximadamente.

Segundo esta especialista, os fatores de risco para danificar as conexões neuronais dependem da regularidade no consumo e na idade que comece o consumo. Em sua opinião, o risco dispara em menores de 15 anos.

A coincidência destes fatores (consumo e idade precoce) aumenta exponencialmente a possibilidade de padecer de doenças mentais como a esquizofrenia ou diferentes tipos de psicose. Ademais, segundo advertiu Nora, o consumo regular de maconha entre os mais jovens pode diminuir em até oito pontos seu quociente intelectual.


«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 || Next»