Arquivo do mês de maio 2016

«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 || Next»

Este drone faz um giro de 360° levando um copo de refrigerante

LuisaoCS

O canal de tecnologia norueguês Tek.no decidiu colocar a prova a capacidade de manobra de um multicóptero de seis motores colocando um copo de Fanta laranja sobre ele e realizando um giro de 360°, para comprovar se o copo ou o líquido cairá ou não. Apostas?


Assim é a nova entrega de Doom em resolução Full HD

LuisaoCS

Nesta semana chegou às lojas a entrega mais recente de Doom (2016), quarta versão principal e décimo terceiro título da saga de Id Software.

Em 1993 Doom foi um dos primeiros jogos de disparos em primeira pessoa para PC com meios e cenários em pseudo 3D que ademais podiam ser modificados e personalizados. Já então o jogo surpreendia por sua fluidez e sofisticação gráfica. Para a época, claro. Seu antecessor conceitual foi o mítico Wolfenstein 3D que a Id Software tinha desenvolvido e lançado como shareware um ano antes, em 1992.

O vídeo tem quase seis minutos de uma partida demo como promoção das placas gráficos Nvidia GeForce GTX. Está disponível em resolução 1080p e a 60 fps, ainda que a reprodução no YouTube pode variar segundo a conexão e o dispositivo utilizado.


O lar da nuvem de Google

LuisaoCS

Os primeiros servidores do Google eram montados em racks; basicamente eram a placa mãe do computador, discos e ventiladores. Com o tempo chegavam a tombar devido a seu próprio peso. Agora que Google é uma empresa zilionária, industrializaram um pouco. Cuidado que ver essas instalações é excitante.

Neste vídeo intitulado "O lar da nuvem" contam algumas das características desses centros de processamento de dados do Google hoje em dia; a ideia é que esses servidores fabricados sob medida não só sejam eficientes senão também sustentáveis, alimentados com energias renováveis e com capacidade suficiente para atender os milhares de milhões de petições que recebem todos os dias.

Em alguns destes datacenters está sendo feito o Data Center Mural Project que ademais faz com que suas fachadas se comportem como murais artísticos. Uma iniciativa simpática.


Como mover um farol de 400 toneladas

LuisaoCS

O farol de Gay Head está instalado no alto do despenhadeiro de Aquinnah, Massachusetts, nos EUA, desde 1799. Mas o efeito da erosão obrigou que no ano passado começassem uma cara operação para transladá-lo uns 50 metros mais para dentro e evitar que terminasse caindo no mar.

O trabalho custou três milhões e meio de dólares e foi feito com muito cuidado. No vídeo que encabeça este post pode ser visto como o farol foi transladado a sua nova localização.


Coisas que passam diante do Sol

LuisaoCS

O astrofotógrafo francês Thierry Legault é famoso por suas fotografias da Estação Espacial Internacional diante do Sol. Ontem, durante o trânsito de Mercúrio, ele capturou a passagem do planeta e o da ISS ao mesmo tempo, toda uma meta, mas ademais flagrou outro não convidado à festa: a silhueta de um teco-tecose distingue claramente.


Adeus ao “lifting”: melhor colocar uma segunda pele

LuisaoCS

Adeus ao “lifting”: melhor colocar uma segunda pele

Uma equipe de pesquisadores apresentou ontem, segunda-feira (09/05), na Nature Materials, um novo polímero que pode restabelecer as propriedades estéticas e funcionais de uma pele jovem e saudável. O estudo demonstra que este filme biomimético é elástico, invisível, duradouro, hidratante, adere bem quando aplicado à pele e pode reduzir a aparência de rugas e bolsas sob os olhos.

As propriedades da pele -o órgão maior e visível de nosso corpo- alteram ao longo do tempo, ou como resultado de algumas doenças e fatores ambientais. Estas mudanças podem produzir uma perda da função normal da pele bem como em sua aparência. Ambas as coisas podem ter efeitos significativos no bem-estar pessoal. Existem tratamentos que restabelecem as funções mecânicas ou fisiológicas da pele (por exemplo, sua função de barreira), mas as soluções atuais não conseguem ambas as coisas simultaneamente.


A história por trás da viva imagem da desolação

LuisaoCS

A história por trás da viva imagem da desolação

A mulher que aparece chorando na imagem se chama Lynne McTavish e trabalha há anos na reserva natural de Mankwe, na África do Sul, tentando salvar rinocerontes. A fotografia foi feita logo após caçadores furtivos entrarem na reserva e matarem de maneira brutal um par de exemplares jovens só para a retirada de seus cornos.

Lynne publicou a imagem em sua página de Facebook sem nenhum comentário, ainda que em Crowdrise dão alguns detalhes a mais. Hoje cruzei com a foto no Reddit, onde muitos crêem, como eu, que é a imagem que representa uma tragédia do que estamos protagonizando a nível global e que não tem cara de que vai parar tão cedo.


«Prev || 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 || Next»