«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 || Next»

Espetacular captura da nebulosa Coração e Alma

LuisaoCS

Nebulosa Coração e Alma

Esta é um das mais belas capturas feitas pela NASA da nebulosa Heart and Soul (Coração e Alma), batizada assim por sua semelhança com um par de corações. Identificada com os números IC1805 (Coração) e IC1848 (Alma), esta nebulosa está localizada no Braço de Perseus, na constelação Cassiopeia, a uns 6.000 anos luz.

A foto foi feita pela Wide-Field Infrared Survey Explorer (WISE para os mais íntimos), que está circundando a Terra em uma órbita polar e capturando imagens a cada 11 segundos. Esta imagem é um colagem de 1,147 capturas individuais. A exposição demorou um total de 3.5 horas, repartidas em 11 dias de fevereiro.

A imagem (como muitas fotografias espaciais) foi traduzida a cores perceptíveis pelo olho humano, já que nossa capacidade não permite ver os tons infravermelhos. Se querem desfrutá-la em todo seu esplendor, a NASA tem uma versão em resolução máxima (26 Mb). É meu papel de parede de hoje.


Atlantis e a Estação Espacial Internacional em frente ao Sol

LuisaoCS

Atlantis e a ISS em frente ao Sol por Thierry Legault
Atlantis e a ISS em frente ao Sol por Thierry Legault - Original a 4.000x4.000 pixels - 2,8 MB

Não é a primeira vez que Thierry Legault nos deixa assombrados com uma de suas imagens de um tráfego de alguma nave espacial em frente ao Sol como a imagem de hoje, que mostra a Atlantis e à Estação Espacial Internacional em frente a este durante a missão STS-132.

Via | Bad Astronomy.


Ikaros, o veleiro espacial japonês que será impulsionado com radiação solar

LuisaoCS

Veleiro espacial Ikcaros

O objeto mostrado nesta imagem é um "cometa espacial". Chama-se Ikaros, de "Interplanetary Kite-craft Accelerated by Radiation of the Sun", algo como "Nave-Cometa Interplanetária Acelerada pela Radiação do Sol", e trata-se de uma espécie de barco a vela espacial que o Japão lançou na semana passada, junto a sua primeira sonda venusiana.

Ikaros é um exemplo das naves conhecidas como "solar sail" ou a vela solar, do tipo fotônico. Inicialmente, terá uma forma cilíndrica; quando alcançar um determinado ponto em sua trajetória, se abrirá, atingindo um tamanho de 14x14 metros.

A vela consiste em um material experimental, mais delgado que o cabelo humano, que refletirá a radiação procedente do Sol. Isto proporcionará um empuxo microscópico, mais constante à vela, suficiente para faze-la viajar através do espaço.

Esta tecnologia é importante, já que em um dia poderia permitir-nos viajar pelo espaço sem consumir combustível, assim como barcos a vela.

A nave custou a bagatela de 28 milhões de reais. Espero que não rasgue, dada sua fina espessura, e que o experimento não passe de "solar sail" a um "solar fail".

Via | Space Daily.


Sonda Cassini fotografa a cratera Herschel na lua Mimas de Saturno

LuisaoCS

Cratera Herschel na lua Mimas

Na imagem acima, que foi realizada pela Sonda Cassini, é possível apreciar os rastros de um dos impactos mais espetaculares na história de nosso sistema solar: a cratera Herschel, que tem este nome em honra a quem descobriu este satélite de Saturno: William Herschel em 1789.

Via | APOD.


O antepassado de todos os seres vivos é um micróbio

LuisaoCS

Microbio

Um estudo publicado nesta semana na revista Nature mostra resultados que avalizam a teoria sobre um único antepassado comum para todos os seres vivos proposta por Charles Darwin, que há 150 anos afirmou que existia uma herança genética compartilhada entre os microorganismos e os seres humanos.

Em Origem das Espécies, publicado em 1859, o naturalista afirmava que "todos os organismos que vivem sobre a Terra descendem de uma forma primordial de vida". Mais de um século e meio depois, encontraram evidências que avalizam esta ideia. Em concreto, existem evidências que revelam a existência de um modo de vida "elementar" que facilitou a transferência genética, um acontecimento que ocorreu quando os organismos singulares trocaram seus genes com outros organismos mais complexos no momento da reprodução. Por isso, alguns cientistas argumentam que estes parentescos "tornaram possível que a vida entrasse em ação".

Segundo os responsáveis pelo estudo de Nature, "a teoria de Darwin é mais provável que a existência de múltiplos ancestrais independentes". Para chegar a estas conclusões, os cientistas estabeleceram vínculos entre a transferência de genes e a origem múltipla da vida, abrindo assim "a via a um caminho desconhecido".

Via | BBC News.


As misteriosas ondas de rádio da galáxia M82

LuisaoCS

Galáxia M82

A comunidade científica está novamente surpresa com a descoberta de um novo fenômeno astronômico sem precedentes: um objeto desconhecido na galáxia M82 começou a enviar ondas de rádio, e a emissão não se parece a nada que já tenhamos visto antes no Universo, deixando atônitos os astrofísicos da rede MERLIN de telescópios de rádio no Reino Unido.

Ainda que recebemos continuamente ondas de rádio procedentes do espaço exterior originadas por fenômenos naturais, a verdade é que este padrão de ondas da galáxia M82 é totalmente desconhecido.


Novo plano maquiavélico de Bill Gates: quer nos esterilizar temporariamente

LuisaoCS

Esperma de gravata

A Fundação Bill e Melinda Gates investiu 100 mil dólares em uma pesquisa que tem por objetivo usar ultra-sons como método esterilizador para homens. - "Senhor Gates: estaria o senhor pensando em deixar meus pobres espermatozóides surdos?" Brincadeiras a parte, se a pesquisa vingar, teremos um método anticoncepcional temporal, de baixo custo e sem ser hormonal.

A ideia é que um tratamento de ultra-sons no lugar adequado (ai minhas bolinhas!) pode causar a esterilidade durante um período de até seis meses. Serão necessários ainda muitos testes antes de que seja definitivo, para conseguir a máxima eficácia e segurança. O método, ao não ser invasivo, é uma boa alternativa à vasectomia.

Já vejo os meus pobres Zóides nadando por aí no meio dos ultra-sons, gritando desesperados: - Arre... que volume é esse!".

Via | BBC News.


Telescópio espacial Herschel descobre um buraco no espaço

LuisaoCS

NGC 1999
Em verde a nuvem NGC 1999 e bem ao lado direito o buraco

O telescópio espacial Herschel fez uma inesperada descoberta, trata-se de um buraco no espaço que permitiu aos cientistas ter uma visão do final do processo de formação de estrelas pela primeira vez.

Sabe-se que as estrelas nascem em nuvens densas de pó e gás (um processo que agora é possível ser visto em toda sua dimensão graças ao telescópio Herschel). Conquanto os cientistas tinham conseguido observar jatos e ventos de gás que proviam de estrelas jovens, ainda era um mistério a forma como estas estrelas conseguiam utilizá-las para limpar seu meio e sair desta nuvem.


Cientistas descobrem o mecanismo da imunidade natural contra a AIDS

LuisaoCS

imunidade natural a AIDSUma equipe de cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachussets , do Instituto do Hospital Geral de Massachusetts e da Universidade de Harvard descobriram que o gene especial que as pessoas imunes por natureza ao vírus da AIDS, o HLA B57, faz com que o corpo fabrique um maior número de células eficazes do sistema imunológico. A descoberta, publicada na revista Nature, poderia ajudar os pesquisadores a desenvolver vacinas que provoquem a mesma resposta ante o vírus do HIV que os indivíduos com este gene especial geram por si mesmos.

Quando as pessoas se infectam com o HIV, o normal é que em questão de tempo, a não ser que se evite com remédios, seu organismo desenvolva a AIDS. No entanto, existe um pequeno grupo de pessoas que, exposta a este vírus, desenvolve com a doença com muita lentidão e inclusive, em alguns casos, não chegam nem sequer a desenvolvê-la.

Nos últimos anos da década de 90, os pesquisadores demonstraram que uma alta percentagem dessas pessoas que se mostravam imunes por natureza ao HIV, que representavam um a cada 200 indivíduos, eram portadores de um gene denominado HLA B57. Agora os pesquisadores, dirigidos pelo professor do MIT Arup Chakraborty, descobriram que o gene HLA B57 faz com que o organismo fabrique mais linfócitos T mais potentes e letais.

Este efeito contribui para que estas pessoas tenham um melhor controle da infecção por HIV e de outro vírus que se desenvolve rapidamente, mas também apresenta um lado negativo: faz com que sejam mais susceptíveis a sofrer doenças auto-imunes, nas quais os linfócitos T atacam às células do próprio organismo.


Onze bilhões de réplicas por hora

LuisaoCS

Bactérias

A capacidade das bactérias para sobreviver nos cantos mais extremos do planeta só sé superada por seu espantoso potencial de reprodução. Em apenas uma hora, e com os nutrientes necessários, somente uma bactéria pode duplicar-se até criar mais de 11,6 bilhões de cópias de si mesma. Isto equivale, segundo o prêmio Nobel de Medicina Christian de Duve, a 280 bilhões de indivíduos em um dia. Felizmente para o resto das criaturas da Terra, nem todas as bactérias se reproduzem ao mesmo ritmo.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 || Next»

Links: