«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 125 | 126 | 127 || Next»

O engano (e o autoengano) como forma de aumentar a inteligência

LuisaoCS

Cada vez há mais pesquisadores que sugerem que a inteligência desempenha um importante papel nas estratégias do engano, inclusive em outras espécies não humanas. Por exemplo, entre os macacos há uma correlação entre o tamanho do neocórtex e o uso do engano tático na natureza, categoria que compreende qualquer classe de engano que possa oferecer alguma vantagem evolutiva.

Da mesma forma, o tamanho relativo do neocórtex oferece uma medida razoável da inteligência relativa, em particular da inteligência social. Talvez também ocorra o mesmo com o autoengano, tal e qual explica Robert Trivers em seu livro "The Folly of Fools":


Minúsculas bombas em seu sangue

LuisaoCS

"Pequenas bombas no seu sangue" podem soar como uma descrição de uma doença mortal, mas é perfeitamente normal. Isto é sobre o seu sistema imunológico, ou mais especificamente, o "sistema complemento", uma rede complexa de proteínas que interagem de formas surpreendentes para nos proteger da infecção. O trabalho de equipe exibido por essas proteínas é nada menos do que surpreendente, e tudo acontece em uma escala que até os microscópios lutam para ver.


Quais alimentos realmente ajudam a combater o envelhecimento

LuisaoCS

Quais alimentos realmente ajudam a combater o envelhecimento

Os cogumelos, em particular os conhecidos como Boletus edulis (como míscaro ou tortulho), contêm quantidades inusualmente altas de dois antioxidantes, motivo pelo qual poderiam ajudar a combater o envelhecimento e reforçar a saúde, segundo uma equipe de pesquisadores da Universidade da Pensilvânia.

Um estudo realizado por estes especialistas determinou que os fungos têm grandes quantidades de ergotioneina e glutationa, dois antioxidantes de grande importância, informou Robert Beelman, professor emérito de ciências da alimentação e diretor do Centro Estatal de Plantas e Produtos de Fungos para a Saúde, da referida universidade.

Desta maneira, seu consumo ajudaria a neutralizar os impactos negativos do estresse sobre o corpo humano. Os pesquisadores também descobriram que as quantidades de ambos compostos variam muito entre as diferentes espécies de cogumelos.

Beelman disse que, sem dúvida, os eles são a maior fonte destes dois antioxidantes e que algumas de suas variedades estão realmente "cheias de ambos". As quantidades de ergotioneína e glutationa nos fungos varia segundo a espécie, e são os porcinos -uma variedade silvestre- os que contêm maior abundância de ambos compostos, entre as 13 analisadas.

Outros cogumelos mais comuns, como o champignon (Agaricus bisporus), têm menos antioxidantes, ainda que sempre em proporção mais alta que a maioria dos demais alimentos.

Segundo os especialistas, futuras pesquisas deveriam considerar o papel que possam desempenhar a ergotioneína e a glutationa na diminuição de doenças neurodegenerativas como o Parkinson ou Alzheimer.

Via | Penn State.


A maior parte do que percebemos é uma ilusão criada por nosso cérebro

LuisaoCS

A maior parte do que percebemos é uma ilusão criada por nosso cérebro

Diz o historiador e teórico Georges Didi-Huberman em seu livro "A invenção da histeria": "Mas quem sabe que é a “coisa real”? Quem sabe onde está a linha divisória entre o que inventamos e a realidade?" Ao que parece a neurociência cognitiva tem algumas respostas a respeito.

Segundo estudos realizados pela neurocientista Susana Martínez-Conde, diretora do laboratório de Neurociência Visual do Instituto Barrow, em Phoenix, a maior parte da realidade é inventada pelo cérebro, pois pese a sua complexa estrutura, também é uma máquina limitada.


Cinco benefícios para a saúde proporcionados pelo ato de perdoar

LuisaoCS

Cinco benefícios para a saúde do ato de perdoar

Obstinar-se com a raiva é um dos sentimentos mais pesados e perturbadores que podemos ter, se não for o pior. Como supostamente disse Buda alguma vez: "Persistir na raiva é como apanhar um pedaço de carvão quente com a intenção de atirá-lo em alguém. Sempre quem segura o carvão sai queimado". Após tudo, guardar rancor causa maior dor psicológica do que à pessoa que nos lastimou. E, paradoxalmente, une-nos a essa pessoa bem mais profundamente do que queríamos.

Mas além disso, guardar rancores pode causar dor física. Em verdade podemos fazer um bem enorme a nosso corpo, assim como a nossa mente, se tomarmos o caminho do perdão. Existem muitos benefícios para a saúde que podem fazer com que reconsideremos se esse rancor realmente vale a pena.


A pobreza pode determinar a capacidade cognitiva de uma pessoa?

LuisaoCS

A pobreza pode determinar a capacidade cognitiva de uma pessoa?

O cérebro humano não aparece de uma vez no panorama fetal, senão que suas estruturas se incorporam pouco a pouco umas a outras em um processo que começa no ventre e continua até a primeira parte da idade adulta. Mas tivemos que aguardar até os anos 90 do século passado para que começassem a pesquisar os efeitos de certas drogas e comportamentos sociais (como a violência intra-familiar ou o abuso sexual) no desenvolvimento do córtex cerebral.

Uma pesquisa de Pat Levitt, neurologista pediátrico do Hospital Infantil de Los Angeles, passou 20 anos estudando condições de crescimento fetal extremo, como uso de crack e pobreza em zonas urbanas marginalizadas. Foi um dos especialistas que entrou em polêmicas ao dizer que na realidade os bebês são mais fortes do que se pensava, pois podem atravessar o período de gravidez sem graves consequências apesar dos hábitos da mãe.


De onde vem a voz interior? A neurologia enfrenta as alucinações auditivas

LuisaoCS

De onde vem a voz interior? A neurologia enfrenta as alucinações auditivas

As vozes que escutam os esquizofrênicos e os fanáticos religiosos têm alguma relação com a origem da consciência no cérebro ou com o fenômeno do "monólogo interior"? Em um estudo clássico sobre o tema, Julian Jaynes imaginava que os antigos escutavam de fato vozes em suas cabeças, às quais cingiam personalidades e atributos sobrenaturais, confundindo os talvez com expressões vocais de sua própria consciência. Mas o que acontece com as experiências de alucinação sonora ou com a síndrome de Tourette, nos quais as pessoas são incapazes de controlar as palavras que saem de sua boca?


Esta é a fonte de felicidade em seu cérebro

LuisaoCS

Esta é a fonte de felicidade em seu cérebro

O neurocientista japonês Wataru Sato deu um passo importante no entendimento da neurologia da felicidade. Em um estudo de 2016 ele descobriu que as pessoas mais felizes têm um pre-cúneo maior. O pre-cúneo é uma zona na parte traseira do cérebro, escondida entre os dois hemisférios. A pesquisa citada é a primeira em relacionar esta área com a felicidade.

A equipe de pesquisadores comandados por Sato perguntou as pessoas sobre os dois componentes principais da felicidade, e os participantes assinalaram os seguintes:


Escutar esta canção reduzirá sua ansiedade em 65%

LuisaoCS

A ansiedade presume hoje ser quase onipresente entre as pessoas, ao menos entre as que vivemos em grandes cidades, hiperconectados às redes e com um estilo de vida regido pelo consumo, trabalho e/ou entretenimento. Esta condição, de viver ansioso, transformou-se em uma espécie de prisão que traz tristes consequências para nossa saúde física e mental. Talvez por isso tenha massificado a busca de ferramentas ou recursos que nos permitam enfatizar a ansiedade e assim viver muito melhor do que vivemos.

Por outro lado, há séculos, a música converteu-se em um dos melhores acompanhantes do ser humano, um estímulo formoso com o qual pode adereçar seu caminho e ao mesmo tempo um catalizador de estados de humor: recordemos que a música pode nos ajudar a superar a tristeza ou a mergulhar nela de vez, nos tranquilizar ou ativar, incentivar a criatividade ou inclusive a curar doenças com maior rapidez. Neste sentido não deveria nos surpreender que dentro do contexto atual, com a ansiedade como uma das deidades contemporâneas, existam peças musicais que possam contribuir significativamente a combatê-la.

Uma equipe de pesquisadores do Minlab International propôs-se encontrar as peças musicais que mais ajudam contra a ansiedade. Entre as obras que reuniram e analisaram com voluntários, os neurocientista descobriram uma em particular que demonstrou resultados espetaculares. De fato, comprovaram que escutá-la reduziu em média 65% os níveis de ansiedade das pessoas.

Os efeitos calmantes desta peça, composta por Marconi Union, são mais surpreendentes se considerarmos que o trio britânico a compôs, ou melhor dito desenhou, explicitamente para conseguir tais resultados. De fato "Weightless" foi considerada há um par de anos como a "canção mais relaxante da história".

Em todo caso recomendamos que a tenha sempre perto para que comprove escutá-la nesses momentos de muita ansiedade, estresse ou insônia, que lamentavelmente são cada vez mais frequentes. Os resultados são surpreendentes: apenas feche os olhos, concentre-se nos sons e goze a sensação de leveza que este track fornece (ainda que o vídeo seja igualmente hipnótico).


O truque dos pica-paus para não sofrer lesões cerebrais quando bicam os troncos

LuisaoCS

Provavelmente você nunca tenha pensado até agora como demônios os pica-paus conseguem bica os tronco com força, e não acabar com graves lesões cerebrais. Calcula-se que eles podem chegar a martelar o tronco de uma árvore uma média de 20 vezes por segundo. Desta forma conseguem fazer buracos para conseguir um bom jantar em forma de insetos ou seiva.

Ao comparar os crânios de pica-paus e frangos, os cientistas descobriram que os pássaros têm adaptações de absorção de impacto que outras aves não têm. Isto inclui ossos especializados do crânio, músculos do pescoço, bicos e ossos da língua. Os ossos do crânio têm uma composição química e densidade diferentes. Por exemplo, existe uma adaptação estrutural conseguida através do aumento de minerais nos ossos para torná-los mais rígidos e fortes em comparação com outras aves.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 125 | 126 | 127 || Next»

Links: