«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 74 | 75 | 76 || Next»

Memórias infantis: por que não recordamos quase nada anterior aos 3 anos?

LuisaoCS

Memórias infantis: por que não recordamos quase nada anterior aos 3 anos?

Segundo a quem pergunte, a primeira lembrança de uma pessoa oscila entre os 3 e os 5 anos. Usualmente trata-se de eventos importantes na vida do menino ou menina, tais como a chegada de um novo irmão na família, uma viagem, uma mudança, ou inclusive um evento de natureza mais traumática.

Mas determinar o instante preciso em que a memória se manifesta nas pessoas -e começa esse interminável processo de auto-narração pelo qual as imagens de nossa vida conformam a sensação de que somos "nós"- implica entender que a memória não é um arquivo de dados, senão um conjunto de vivências plásticas e flexíveis que nem sempre apela aos mesmos mecanismos.


A ciência por trás do efeito que a erva-de-gato tem nos felinos

LuisaoCS


Em um clipe ligeiramente psicodélico da série da BBC "Earth Pets: Wild at Heart", a marcante voz de David Tennant explica a ciência por trás do efeito que a Nepeta cataria tem nos felinos e sua intensa resposta. Apenas algumas mordidas dessa planta que altera a mente e o gato cai sob seu feitiço sedutor. Seus óleos voláteis imitam hormônios sexuais e causam uma reação potente em seu cérebro. 8 em cada 10 gatos adultos acham totalmente sedutor e a resposta estranha é herdada.


Como cuidar de animais de estimação durante a disseminação do coronavírus

LuisaoCS

Uri Burstyn, veterinário prestativa de Vancouver, no Canadá, compartilhou a melhor forma de cuidar de animais de estimação durante a disseminação do coronavírus com a ajuda de um lindo gata chamada Clawdia. O Dr. Burstyn abordou primeiro as informações erradas sobre a doença e os cães, dizendo ao público que não há conexão entre os dois. Animais de estimação não podem transmitir o vírus nem podem pegar o vírus de humanos. Ele também sugeriu maneiras diferentes pelas quais os humanos podem garantir que seus animais de estimação sejam saudáveis, mantendo-se a salvo de danos.


Esta é a misteriosa razão pela qual as pessoas inteligentes tomam más decisões

LuisaoCS

Esta é a misteriosa razão pela qual as pessoas inteligentes tomam más decisões

As habilidades cognitivas promovem aspectos acadêmicos e profissionais, mas não necessariamente os vinculados com decisões que levem a uma melhor vida. Todos conhecemos pessoas que se qualificam por ter um alto QI, mas cujas decisões de vida em ocasiões costumam ser péssimas; ou bem, pessoas muito inteligentes, mas que em sua vida cotidiana se metem em imbróglios muito estúpidos, como esquecer coisas, confundir o dia da semana, etc.


Por que temos anos bissextos, explicado com uma simples animação

LuisaoCS

A Terra demora 365,24 dias para dar uma volta ao redor do Sol, o que significa que no ano do calendário, de 365 dias, termina 0,24 dias antes que o planeta complete um ano sideral. Ao cabo de dois anos, o calendário terá atrasado quase a metade de um dia; e ao cabo de três anos, estará faltado 17 horas. Para corrigir este desvio, o calendário gregoriano acrescenta em um dia extra, o 29 de fevereiro, a cada quatro anos: nos anos bissextos. No entanto, o 29 de fevereiro faz com que o calendário deixe de estar bastante atrasado com respeito ao Sol a ficar ligeiramente adiantado, como ilustra este vídeo acima.


Filmando um dardo tranquilizante em super câmera lenta para ver como funciona

LuisaoCS

Gav e Dan, os caras do Slow Mo aprendem sobre a física dos dardos tranquilizantes usando a câmera lenta como uma ferramenta útil. De fato estão usando uma zarabatana, cujo método de inocular o tranquilizante é o mais simples: através do impacto que faz com que o embolo force o líquido. Mas existem outros métodos para alimentar a injeção de fluído uma vez que o dardo atinja seu alvo. Isso inclui expansão de gás comprimido, criação de gás por reação química do fluido, liberação de uma mola comprimida e criação de gás por carga explosiva, que são mais efetivos para injetar totalmente o tranquilizante.


Treinamento de astronautas para a sobrevivência

LuisaoCS

Neste episódio de uma série sobre treinamento de astronautas no canal da Agência Espacial Européia no YouTube, Matthias Maurer explica como são os cursos de sobrevivência. Que, apesar do que você possa pensar, eles são mais sobre como sobreviver em terras inóspitas ou no mar, depois de voltar do espaço. Porque eles nem sempre tem sucesso com o local de desembarque.

Algo semelhante aconteceu ao lendário Aleksei Leonov: um atraso de 46 segundos na reentrada desviou a Vosjod 2 para 386 km do ponto planejado, para uma floresta inóspita perto de Solikamsk. Embora tenha sido logo localizado, o acesso ao local exato era muito complicado, por isso eles passaram cerca de 24 horas a -5 °C e sem aquecimento. Em outra situação delicada, a Soyuz 23, por sua vez, caiu no lago semi-congelado de Tengiz, em vez de em terra. Nove horas de espera até que um helicóptero chegasse.


Uma Breve História do Álcool

LuisaoCS

Bebidas alcoólicas existem na natureza, graças à fermentação. Mas em algum momento ao longo do caminho, o ser humano descobriu como ajudar a Mãe Natureza, porque o álcool não era muito seguro sem água purificada. De fato, na natureza alguns bichos tomam porres homéricos ingerindo algumas frutas que fermentam em forma de álcool, o problema para eles é ue esta ingestão, às vezes, pode ser letal.


Por que os seres humanos gesticulam enquanto falam

LuisaoCS

Em um episódio de The Language Files, o apresentador Tom Scott explica por que os humanos gesticulam com as mãos enquanto falam. Os linguistas que estudam esses movimentos paralinguísticos os categorizaram em cinco categorias diferentes. A verdade é que quase todo mundo gesticula enquanto fala, pelo menos em algumas situações, algumas pessoas mais so que outras. Exatamente por isso existem várias maneiras diferentes de usar gestos e várias razões pelas quais fazemos isso.


Como populações de fontes felinas antigas separadas em diferentes épocas levaram à domesticação moderna de gatos

LuisaoCS

Em um episódio fascinante da série Eons da PBS Digital Studios, o apresentador Blake de Pastino explica como os gatos modernos se originaram de duas populações de fontes felinas antigas muito diferentes que estavam milhares de anos afastadas uma da outra.

A população fonte mais conhecida veio do Egito, onde os gatos eram adorados como deuses. No entanto, um túmulo antigo no Chipre incluía um homem e um jovem gato, ambos enterrados juntos. A existência desse túmulo prova que os gatos foram essencialmente domesticados duas vezes.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 74 | 75 | 76 || Next»

Links: