«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 71 | 72 | 73 || Next»

Objetos do dia a dia em macro

LuisaoCS

Não faz muito tempo que a única forma de vermos imagens como essas no recesso do lar era usando uma lupa, que acaba distorcendo o foco em função da mudança da distância. Agora, usando várias lentes, juntamente com alguns truques de edição, o pessoal do canal do Youtube Macro Room nos aproxima de uma variedade de objetos comuns e, em seguida, reduz o zoom para que possamos descobrir o que estávamos vendo anteriormente. Estávamos tão convencidos de que a tampa da garrafa da Coca-Cola era um pimentão vermelho. :-)


Cientistas acham na Rússia o menor mamífero do mundo

LuisaoCS

Cientistas acham na Rússia o menor mamífero do mundo

Cientistas russos descobriram no sudoeste do país o menor mamífero do mundo, o musaranho-pgmeu (Suncus etruscus). Valeri Stajéev, chefe do Centro Científico do Sul da Academia de Ciências da Rússia, declarou à agência que os pesquisadores contam com dados confiáveis de que a musaranhinho aparece ocasionalmente no território das repúblicas da Ossétia do Norte-Alânia e da Inguchétia. Segundo Stajéev, o animal poderia ter chegado a Rússia pela Transcaucásia, a região ao sul da cordilheira do Cáucaso.


Como faz: pinos de boliche

LuisaoCS

Ocorre que a federação internacional do esportes dita especificações muito rigorosas e precisas para a fabricação dos pinos de boliche, para garantir que reajam uniformemente conforme são atingidas pela bola. Nesse sentido, um episódio de 2015 da série britânica "How It Made" analisou o exato processo por trás da criação de pinos de boliche com peso regulamentar. Eles levaram suas câmeras para o chão de fábrica para documentar como blocos de madeira cuidadosamente pesados são transformados na forma iconicamente familiar em um período bem curto.


Como faz: sorvete industrial

LuisaoCS

Dificilmente alguém imagina uma vaca na hora de saborear um gostoso e refrescante sorvete, mas sem o leite e, consequentemente, sem elas, não seria possível. Um episódio da série educacional britânica "The Magic of Making" mostra muito alegremente como o sorvete é feito. Eles começam primeiro com o trabalho das vacas para produzir o leite e como são ordenhadas para garantir a qualidade do leite. Uma vez que a segurança esteja garantida, uma máquina adiciona tudo o que precisa para transformar o leite em deliciosos lotes de sorvete.


Como faz: marshmallows

LuisaoCS

Não são tão populares entre a criançada brasileira, devido ao filão pouco aproveitado que só explora os doces prontos, mas nos EUA é uma guloseima popular e tradicional geralmente preparada sobre uma fogueira ou outra fonte de chama. Este vídeo mostra a linha de produção de uma famosa fábrica do confeito, na Bélgica, onde um exército de máquinas robóticas misturam e esguicham tubos de açúcar, gelatina, xarope de glicose, dextrose e outros ingredientes para formar doces de tamanho pequeno. Curiosamente hoje em dia nem deveria chamar machimelo senão gelatinelo já que a receita atual substituiu o extrato da raiz mucilaginosa da planta de marshmallow (malvarisco) por gelatina.


Descobrem como os antigos egípcios moviam as enormes rochas com as quais construíram as pirâmides

LuisaoCS

Descobrem como os antigos egípcios moviam as enormes rochas com as quais construíram as pirâmides

Uma equipe de especialistas do Instituto Francês de Arqueologia Oriental do Cairo e da Universidade de Liverpool descobriram o enigma de como os antigos egípcios moveram os enormes blocos de pedra dos canteiras para construir as pirâmides faz 4.500 anos.

Segundo explicou Yannis Gourdonn, nas minas de alabastro de Hatnub os arqueólogos encontraram um sistema único para levantar os blocos de pedra de seu fundo. Este sistema de movimento consiste em uma rampa central rodeada por duas escadas com numerosos buracos para pôr mastros que, segundo o pesquisador, ajudavam a levantar os pesados blocos de várias toneladas.


Filmam um «polvo-dumbo» nas profundezas do Pacífico

LuisaoCS

Cientistas marinhos conseguiram filmar a 3.000 metros de profundidade nas águas do oceano Pacifico e em frente à costa da Califórnia à estranha e raramente vista criatura marinha denominada de maneira geral como Grimpoteuthis. Pela semelhança de suas barbatanas com as orelhas voadoras do personagem da Disney, também é conhecida como "polvo-dumbo.

As espécies pertencentes a este gênero, descrito pela expedição do projeto EVNautilus como "abissal", habitam as profundezas marinhas extremas. Os especialistas da expedição revelaram que o exemplar gravado pela câmera do submergível Hércules operado remotamente media 60 centímetros de comprimento. Seu tamanho médio é de entre 20 a 30 centímetros.

Poucos dias após este surpreendente achado, a expedição avistou nas rochas submarinas uma colônia com mais mil polvos da espécie Muusoctopus robustus protegendo seus ovos.


Como faz: extrair cobre da rocha

LuisaoCS

Andy do canal How to Make Everything há muito tempo tem interesse em extrair metais das rochas. Em seu último vídeo, ele desenterrou um minério de cobre de uma mina abandonada e tentou extrair uma quantidade utilizável de cobre por meio de uma técnica chamada "eletrowinning". No mínimo curioso!


Acham o maior meteorito já caído na França

LuisaoCS

Acham o maior meteorito já caído na França

Na comuna francesa de Saint-Aubin, situada no departamento de Aube, em Nogent-sul-Seine, acharam um meteorito de 477 quilos, o maior do país, segundo informou a Sociedade Astronómica da França.

Conforme estimativas dos cientistas, o meteorito caiu faz 55.000 anos e foi encontrado em 3 de outubro seguindo pesquisas que começaram em março. Ao todo, entre março e outubro acharam 123 meteoritos.

Via | SAF.


Um «jardim de enguias» emerge seus corpos dos esconderijos no fundo do mar na hora de comer

LuisaoCS

Em um episódio nativo da série ScienceTake do New York Times, o apresentador James Gorman compartilha imagens fascinantes de um "jardim de enguias", que saem de seus esconderijos no fundo do mar pegar o alimento que está flutuando. Quando a corrente é baixa, as enguias se esticam para alcançar o plâncton na água, enquanto permanecem ancoradas aos seus buracos. Quando a corrente se move rapidamente, elas moldam seus corpos na forma de um ponto de interrogação para ficarem firmes à medida que sua comida passa.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 71 | 72 | 73 || Next»

Links: