«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 73 | 74 | 75 || Next»

Treinamento de astronautas para a sobrevivência

LuisaoCS

Neste episódio de uma série sobre treinamento de astronautas no canal da Agência Espacial Européia no YouTube, Matthias Maurer explica como são os cursos de sobrevivência. Que, apesar do que você possa pensar, eles são mais sobre como sobreviver em terras inóspitas ou no mar, depois de voltar do espaço. Porque eles nem sempre tem sucesso com o local de desembarque.

Algo semelhante aconteceu ao lendário Aleksei Leonov: um atraso de 46 segundos na reentrada desviou a Vosjod 2 para 386 km do ponto planejado, para uma floresta inóspita perto de Solikamsk. Embora tenha sido logo localizado, o acesso ao local exato era muito complicado, por isso eles passaram cerca de 24 horas a -5 °C e sem aquecimento. Em outra situação delicada, a Soyuz 23, por sua vez, caiu no lago semi-congelado de Tengiz, em vez de em terra. Nove horas de espera até que um helicóptero chegasse.


Uma Breve História do Álcool

LuisaoCS

Bebidas alcoólicas existem na natureza, graças à fermentação. Mas em algum momento ao longo do caminho, o ser humano descobriu como ajudar a Mãe Natureza, porque o álcool não era muito seguro sem água purificada. De fato, na natureza alguns bichos tomam porres homéricos ingerindo algumas frutas que fermentam em forma de álcool, o problema para eles é ue esta ingestão, às vezes, pode ser letal.


Por que os seres humanos gesticulam enquanto falam

LuisaoCS

Em um episódio de The Language Files, o apresentador Tom Scott explica por que os humanos gesticulam com as mãos enquanto falam. Os linguistas que estudam esses movimentos paralinguísticos os categorizaram em cinco categorias diferentes. A verdade é que quase todo mundo gesticula enquanto fala, pelo menos em algumas situações, algumas pessoas mais so que outras. Exatamente por isso existem várias maneiras diferentes de usar gestos e várias razões pelas quais fazemos isso.


Como populações de fontes felinas antigas separadas em diferentes épocas levaram à domesticação moderna de gatos

LuisaoCS

Em um episódio fascinante da série Eons da PBS Digital Studios, o apresentador Blake de Pastino explica como os gatos modernos se originaram de duas populações de fontes felinas antigas muito diferentes que estavam milhares de anos afastadas uma da outra.

A população fonte mais conhecida veio do Egito, onde os gatos eram adorados como deuses. No entanto, um túmulo antigo no Chipre incluía um homem e um jovem gato, ambos enterrados juntos. A existência desse túmulo prova que os gatos foram essencialmente domesticados duas vezes.


O sexo proporciona mais felicidade que o dinheiro

LuisaoCS

O sexo proporciona mais felicidade que o dinheiro

O sexo e o dinheiro estão representados como coisas positivas em nossas vidas; sempre costumamos dizer que quanto mais melhor mas, é realmente assim? Segundo um estudo realizado pela Universidade de Toronto-Mississauga (Canadá), em 2016, nem o sexo nem o dinheiro proporcionam benefícios ilimitados para o bem-estar, mas o primeiro brinda mais felicidade que o segundo.

A pesquisa analisou três estudos diferentes com um acompanhamento realizado com mais de 30.000 pessoas durante mais de 40 anos. Primeiro, examinaram as respostas sobre o questionário realizado pela Universidade de Chicago a respeito da frequência sexual e o nível de felicidade geral de 11.285 homens e 14.225 mulheres entre 1989 e 2012; um questionário que se repetiu a cada 2 anos até a finalização do estudo.

Segundo o trabalho, manter relações sexuais uma vez à semana em média representava o número mágico da felicidade. Aumentar a frequência sexual não incrementou o nível de felicidade dos participantes.


Por que os aviões evitam voar sobre o Oceano Pacífico

LuisaoCS

O Bright Side analisa por que as companhias aéreas tendem a evitar sobrevoar o Oceano Pacífico em viagens da costa oeste dos Estados Unidos para locais na Ásia. Embora a segurança seja uma preocupação real, as razões reais têm mais a ver com a distância extra a ser percorrida devido à curvatura da Terra, à largura equatorial extra e ao efeito dos fluxos de jatos opostos.


Uma história animada explicando as origens do xadrez

LuisaoCS

Em um ensaio em vídeo de Ted Ed, escrito por Alex Gendler e animado por Remus Buznea e Kyra Kupetsky, o narrador Adrian Dannatt explica as origens do jogo de xadrez na Índia do século VII. Ele também explica o que o jogo simboliza, como mudou e evoluiu ao longo do tempo, como passou a ser interpretado na sociedade moderna e como continua sendo um teste simples de pensamento estratégico.


Não confie em sua bússola moral em questões espinhosas

LuisaoCS

Não confie em sua bússola moral em questões espinhosas

Quando vemos que uma criança está a ponto de ser atropelada por um carro, nosso primeiro impulso é sair correndo para evitar. Quando somos testemunhas de como um bandido rouba a bolsa de uma idosa, nosso primeiro pensamento é que a justiça recaia sobre ele. Estas e outras reações instintivas são fruto de nossa bússola moral

Graças a ela podemos agir rapidamente em situações que assim requerem. O efeito colateral negativo da bússola moral é que também funciona muito rapidamente quando se trata de abordar temas complexos e espinhosos, cheios de nuances. Em consequência, a bússola moral serve para nos impelir em determinadas situações, mas também nos faz achar que sabemos bem mais do que realmente sabemos.


Seus músculos têm memória... mas não da maneira que você pensa

LuisaoCS

Você pode pensar no termo "memória muscular" como algo como andar de bicicleta. Mesmo se você não fizer isso há muitos anos, logo terá todos os movimentos necessários novamente para manter se equilibrado em cima de uma. Não é isso que os músculos fazem, mas o que eles realmente fazem é muito mais interessante. Hank Green, do SciShow, explica.


Os sons da linguagem que poderiam existir, mas não

LuisaoCS

Tom Scott está entusiasmado com o idioma, o que é ótimo, porque sempre há mais para aprender sobre a maneira como nos comunicamos. Aqui, ele nos fala sobre o International Phonetic Language (IPL), que ninguém pode ler, mas é um padrão usado para comunicar a pronúncia em diferentes idiomas. Mas não é disso que se trata o vídeo. É sobre os sons que fazemos quando falamos, e alguns que não fazemos. Os sons que ele diz serem impossíveis podem apresentar um desafio para você, então vá em frente e experimente.


«Prev || 1 | 2 | 3 |...| 73 | 74 | 75 || Next»

Links: