Do Pagerank ao Peoplerank

LuisaoCS

p align="justify">Dias atrás, Kevin Rose, fundador do Digg, andou comentando de porque Google teria sido obrigado a lançar o Buzz de forma tão repentina. Suas considerações são bastante sensatas e indicam que o Twitter causou uma mudança radical de como as coisas são vistas na rede e que muitas outras devem acontecer durante os próximos meses:


  1. A forma de buscar o conteúdo na Internet mudou;
  2. A Internet funciona agora em tempo real, graças a redes como Twitter;
  3. Todo o sistema de organização de informação da Google está organizado em relação ao Pagerank (relevância e valor de uma página arbitrado por um algoritmo próprio);
  4. O sistema da Google requer tempo;
  5. O sistema da Google está ficando ultrapassado;
  6. Qualquer um pode acessar o timeline do Twitter e criar um competidor sério para qualquer buscador da atualidade;
  7. Os resultados de busca desse competidor estariam baseados no que as pessoas compartilham, portanto seria muito popular;
  8. Chegou a hora de dar valor as pessoas (criar o "peoplerank") em detrimento do arbítrio do Pagerank (método desconhecido).

Em nenhum momento Kevin Rose utilizou o termo peoplerank, eu é que estou dizendo. Mas não se admirem se nos próximos dias alguém lance esta idéia que trataria de potencializar às conversas e os curtos Tweets e mostrá-los em um formato mais equilibrado.


 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo