Técnicas SEO III - Link Building

SeoJoao

Bem, hoje vou falar sobre o Link Building que nada mais é que a busca do link perdido para o seu blog. Ter uma boa base de sites indicando seu blog é fator preponderante para que ele cresça. Veja abaixo como proceder.


3. Link Building

Esta técnica termina sendo uma das mais importantes na área SEO por influir diretamente no valor de Pagerank. Mas atenção, não fique bitolado em somente aumentar o valor do ranking imposto pelo Google já que na maioria das vezes um valor de Pagerank alto não indica necessariamente um site ou blog de sucesso.

3.1 Links internos:

Muitos webmasters só se preocupam em conseguir links externos e se esquecem que, se seu site já tiver um grande número de tópicos conhecidos e de considerável sucesso, a melhor coisa a fazer é rearranjá-lo para que estes tópicos indiquem, via link, outros tópicos do seu próprio blog ou página índice. É uma forma bastante efetiva de ter uma melhoria significativa no seu Pagerank. Não existe problema algum que você utilize a seu favor o próprio conteúdo de seu blog.

3.2 Links externos:

Conseguir links de outros domínios é um dos trabalhos mais importantes no ramo de SEO e também é com certeza um dos fatores primordiais para posicionamento de sites nas SERPs (Páginas de Resultados das Ferramentas de Busca). Existem várias técnicas interessantes que podem resultar em um melhor processo de otimização e do consequente aumento de tráfego do seu blog através das referências, links de outros sites).

3.2.1 Atualizações diárias

Básico e direto. Se o internauta gosta do conteúdo do seu blog, pode ter certeza que ele volta no dia posterior, mas se ele não encontra um atualização irá ficar decepcionado e certamente não voltará mais.

3.2.2 Comentários em outros sites

Aqui uma ferramenta simples e funcional de divulgação de seu site, fazer comentários em outros sites. Quase todos eles, mesmo os grandes portais, facilitam o preenchimento da URL do site do comentarista. Pois então aproveite. Só não vá colocar a URL no campo de comentários, a maioria dos blogueiros apaga o comentário por causa disso.

3.2.3 Diretórios

Os diretórios já foram bem mais valorizados, houve mesmo época em que o Dmoz.org era referência na rede. Mas depois das denúncias de venda de links pelo marketeiro Jeremy Shoemaker, um dos blogueiros que mais ganham com o AdSense a credibilidade, é lógico, não é mais a mesma. De qualquer forma o diretório continua a render algumas dezenas de links ao mês.

Além do conceituado Diretório do Google existem outras dezenas de diretórios à sua escolha.

3.2.4 E-mail

Simples, funcional e efetivo: coloque a URL de seu blog na assinatura de seu e-mail, inclusive pessoal. Pronto, agora todos que receberem um e-mail seu, verão o link para seu blog e como a curiosidade mata... mais visitantes para o site. Só não vá sair enviando lixo e mais lixo para seus contatos, publicidade é legal, spam não.

3.2.5 Feedbacks

Entre em contato com outros blogueiros e webmasters e ofereça algo em troca por um comentário ou post positivo de seu blog no website deles. Cuidado, desaprovado pelo Google.

3.2.6 Feeds

Muitos internautas só acessam o conteúdo web por este meio. Os Feeds são uma poderosa ferramenta para a divulgação de seu blog. Por isso vale muito a pena disponibilizar o feed de seu blog em sites como o Bloglines ou o Google Reader ou ainda usar aplicativos como o FeedDemon para ler o arquivo que você pode e deve disponibilizar no seu blog. Lembrando ainda que o IE7 e o Firefox também já dão suporte ao RSS.

3.2.7 Ferramentas e manuais

Disponibilizar utilitários e manuais também podem render um bom número de vistas a seu blog, além de que pode render novas referências em outros websites. Mas divulgue e distribua somente material próprio ou permitido por outros.

3.2.8 Marketing Social

Está também deixando de ser utilizado, mas cadastrar e divulgar seu conteúdo em meios de comunicação na Web ainda pode render uma dúzia de links. O mais conhecido de todos, Technorati está falido e o mais conhecido do nosso país Blogblogs dá mais atenção a seu conteúdo do que a dos cadastrados, na verdade cadastrar o blog no Blogblogs é uma "tremenda roubada" já que ele passa a ser seu maior concorrente nas SERPs.

3.2.9 Redes sociais

Muito webmaster torce o nariz para as redes sociais, mas a verdade é que participar de comunidades relacionadas ao assunto de sua escolha, opinar em artigos e estar sempre presente na rede é uma forma de deixar o endereço de seu site em diversos locais para atrair mais visitas de novas pessoas a seu site. Além de que um tópico (pode até ser off topic) linkando seu blog em uma grande comunidade pode levar milhanres de novos internautas a visitá-lo.

Não gosta do Twitter por vários motivos? Não tem problema, implemente a API do microblogging no seu blog ou simplesmente registre-se em um destes serviços de tweets automáticos. Você nem precisa se logar ao Twitter é o retorno de visitas é compensador.

3.2.10 Troca de Links

Não custa enviar um email para webmasters que tenham blogs que você visita e propor uma troca de links. Mas tenha muito cuidado pois o Google não costuma tolerar esta técnica quando é feita de forma abusiva.

3.2.11 Vídeos

Todos os canais de vídeo da rede permitem a colocação da URL de um site relacionado ao vídeo enviado. Esta é uma ótima forma de divulgação. O problema é que muitos blogueiros não tem o mínimo de senso e se apropriam de vídeos cujo maior trabalho tiveram foi a sua visualização. Procure submeter conteúdos próprios ou cite as fontes.

3.2.12 Agregadores de conteúdo

Propositalmente deixei este ítem fora da ordem alfabética por ser o que, em teoria, mais pode render links externos para o seu blog. O problema é que o advento Digg resultou na replicação de uns tantos clones deste tipo de agregador no nosso país. Qual o problema? Bem, o erro destes agregadores de links é obrigar ao uso da tal página de saída, ou seja, quando o internauta clica em uma referência da página índice, ele é levado a uma segunda página interna ao invés da página destino onde está a notícia, causando uma concorrência desleal com o link a ser promovido. Adivinhe qual página irá aparecer em primeiro nas SERPs?

Uma outra coisa a ser levada em conta é a qualidade do link enviado. O blogueiro, às vezes, fica tão entusiamado com o tráfego que até esquece de ver a sua procedência. Infelizmente alguns webmasters usam ferramantas conhecidas como de Black Hat e fingem estar linkando o seu site (sim, isto é possível). Se você usa o Google Analytics, ou o WebStats ou qualquer outra ferramenta de análise de estatítiscas verifique os dados de visitantes do seu Blog. Se grande parte dos internautas que chegam até seu site não ficam mais de 10 segundos e saem na mesma página que entraram, você está sendo visitado por robôs de links falsos.

Opiniões, dúvidas, perguntas? Não deixem de comentar e boa caça aos links.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

gostei!

otima dica parabens

gostei do post.

Eu já havia percebido este problema do blogblogs e do dihitt que inclusive permite que os seus usuarios coloquem arquivos de sites externos (hotlink). Estes indexadores só serviram na verdade pra dividir ao inves de somar.

Deixe um comentário sobre o artigo