A humanidade em um torrão de açúcar

LuisaoCS

Torrão de açúcar

Tal e como sustenta o dramaturgo britânico Tom Stoppard: - "Fecha sua mão, e se teu punho for tão grande como o núcleo de um átomo, então o átomo inteiro é tão grande como a catedral de São Paulo, e se estivermos falando de um átomo de hidrogênio, então existe um único elétron revoluteando ao seu redor como uma traça em uma catedral vazia, às vezes na cúpula, às vezes no altar..."

Tendo em conta que o 99,9999999999999% de um átomo é espaço vazio, se forçássemos a todos os átomos que compõem o universo a comprimir se, esmagando uns contra os outros, eliminando todo esse espaço vazio entre eles até que só restassem os núcleos; apenas uma colherinha de chá (ou um torrão de açucar) da massa resultante pesaria cinco bilhões de toneladas. Aproximadamente dez vezes o peso de todos os humanos vivos na atualidade.

Na verdade, é exatamente isto o que acontece em uma estrela de nêutrons, as sobras de massa super densa que restam depois de certo tipo de supernovas.

Via | telegraph.co.uk.



Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo