Google muda a licença do WebM para evitar problemas

LuisaoCS

Projeto Webm

Quando o Google liberou o codec VP8 juntamente anunciando o projeto WebM, de imediato surgiram algumas dúvidas com respeito ao tipo de licenciamento eleito por Google e dos possíveis processos que poderiam ser apresentados pelo grupo MPEG-A (ou qualquer outra companhia que viva de processar outras graças às temidas patentes de software e métodos).


Com a finalidade de evitar um problema, Google decidiu separar a parte que garante a patente da licença do copyright. Assim a companhia consegue se refugiar em uma licença BSD (Apache e GPLv3).

Desta maneira o que se cria é uma licença BSD que contém três cláusulas e conta com a permissão da OSI, o que garante que independentemente dos processos que alguém venha a apresentar, o projeto WebM poderá seguir adiante.

Via | Fayer Wayer.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Sempre que baixo um Vídeo do YouTube aparece na Pasta de Destino (para além do ficheiro normal) um ficheiro em branco - com o mesmo nome do original, mas com extenção WEBM.
Como posso evitar esta anomalia ?

Deixe um comentário sobre o artigo