Microsoft diz que Google equivocou-se e afirma que Windows é seguro

LuisaoCS

Terça-feira a Google divulgou de forma retumbante que tinha decidido proibir que seus funcionários trabalhassem com Windows tanto em seus notebooks como nos desktops. A empresa alegou que a medida seria por puras questões de segurança como consequência direta dos ataques que sofreu na China e que finalmente se traduziram na saída -parcialmente- do país.


Depois de ficar sabendo disso era de supor que a Microsoft não demoraria em responder e foi o que aconteceu. O encarregado da tarefa foi Brandon LeBlanc, gerente de comunicações de Microsoft, via post no blog oficial do Windows. Ele listou todas as melhorias de segurança que foram introduzidas no Windows 7 para deixar claro que é um SO seguro, ou ao menos tão seguro como Linux ou Mac OS X, e criticou um pouco o Google comentando que há alguns meses a Universidade de Yale teve grandes problemas de segurança causados pelo Gmail e outros aplicativos Google.

Pessoalmente esperava, assim como todos, a contestação da Microsoft já que a cirúrgica e deliberada decisão da Google foi um golpe para a reputação do Windows em relação a segurança. O que me parece é que o Google aproveitou o episódio na China para escolher um bode expiatório na figura de um concorrente, no caso a Microsoft. Segundo pesquisas realizadas pela McAfee sobre o ataque sofrido pelo Google na China, o problema não resultou de um bug no IE senão de "importantes doses de engenharia social" proporcionadas pelo próprio Google. Assim, se o Google em vez de Windows tivesse tido qualquer outro SO é certo que o ataque tivesse terminado da mesma forma.

Além de quê ainda continuo com sem entender o que leva uma empresa a criar copiar um SO (Chrome OS) e recomendar que os usuários adotem-no, mas não adotá-lo nas suas próprias instalações.

Via | Blog do Windows.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Olá
Eu vim do Google Reader e publiquei uma matéria sua. Para pegar o link tentei vir ao blog mais ao clicar no título do feed, ele reagiu abrindo uma janela de download e não chegava ao blog.
Só avisando, abraços.

Deixe um comentário sobre o artigo