Bem sucedida campanha japonesa de venda de uma câmera com slow-motion

LuisaoCS

Estação Espacial Internacional

Não resta nenhuma dúvida de que os japoneses são uns artistas quando o assunto é marketing de venda. Se seus chefes dizem: "Ouça bem, temos que vender estas câmeras, que estão criando poeira nas prateleiras e que não vendem nem com reza brava. Hai ou não hai?", e eles respondem energicamente: "Hai!" e fazem maravilhas e dão um show com a melhor função da câmera: seu slow motion ou modo de câmera lenta.

Veja a pequena coleção de anúncios que criaram para vender as câmeras, entre os quais está a chuva de champanhe na japinha da imagem superior ou um pobre japa que foi contratado somente para ser esbofeteado.


Se quiser, pode avançar o vídeo até um pouco antes da metade e não vai perder nada.

Um sujeito que recebe uma bolada no pau do nariz (ui!):

Um pudim caindo sobre um prato:

Errmmm... dois peitos pulando corda (hipnotizante):

Peito e barriga dançantes (traumatizante):

O pobre infeliz que participa da campanha só para levar um tapa na cara:

A cyborg ninja da imagem sendo banhada com champanhe:

Via | Pink Tentacle.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo