Lançam uma API que permite localizar todos os celulares dos Estados Unidos

LuisaoCS

Logo Locations LabsA barreira entre a localização e a segurança começa a se romper. Desde momentos atrás, qualquer programador pode descarregar de forma totalmente gratuita a plataforma Universal Location Service que agrega a localização de todos os celulares das grandes operadores dos EUA e centralizar o gerenciamento privado para os usuários finais.

- "Agora os programadores podem acessar de forma remota à localização de 250 milhões de telefones móveis dos Estados Unidos através de uma singela API baseada na computação na 'nuvem'", informa a nota de imprensa do lançamento publicada pela companhia Location Labs.


Este serviço permite localizar qualquer tipo de dispositivo, celular ou telefone convencional, sempre em tempo real. Deste modo, os programadores podem utilizar estes dados de posição para criar aplicações que funcionam em segundo plano e enviar aos usuários alertas baseadas na localização. Esta técnica é empregada para "check-ins" automáticos e para movimentos sociais, de acompanhamento e de marketing. Ademais, ajuda especialmente a conseguir a monetização de aplicações móveis.

Os operadores são quem oferecem a informação a Location Labs . No país norte-americano, as quatro grandes companhias assinaram o acordo. Verizon já apresentou 20 APIs de localização. Sua participação inspira confiança e facilita o trabalho dos programadores, já que desta forma não precisam que os usuários baixem uma aplicação.

E ademais, a Universal Location Service é gratuita. Qualquer um pode acessar a API ao entrar no portal de programadores da Location Labs com uma conta de programador. Desta forma permitem acesso aos kits e à guia de desenvolvimento e a uma versão de teste da API.

No momento do lançamento já há mais de 2 mil programadores registrados e prontos para empregar a plataforma com a qual construirão aplicações baseadas na localização. Ademais, Location Labs também chegou a um acordo com a empresa gestora do diretório CitySearch para obter a informação detalhada de 15 milhões de empresas.

Via | Tech Crunch.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo