Um saco plástico pode salvar uma vida

LuisaoCS

Um saco plástico pode salvar uma vida

Não se assustem, ainda que a foto de capa pareça uma tragédia, na realidade trata-se de um dos poucos bebês prematuros de 26 semanas que conseguiu sobreviver. O fato ocorreu no Reino Unido e graças a um saco plástico para sanduíches que serviu de incubadora improvisada.


Mas por que usaram uma saco plástico quando há ótima incubadoras nos hospitais. O problema é que elas estão preparadas para bebês que tenham 28 semanas ou mais, motivo pelo qual nossa protagonista, chamada Lexi, teve que usar uma saco, algo mais quotidiano mas igualmente efetivo.

A mãe de Lexi se surpreendeu com fortes dores e por isso urgentemente ao Worcestershire Royal Hospital onde deu a luz. A garotinha veio ao mundo com tão somente 396 gramas e com apenas 10% de probabilidade de sobrevivência.

Mas graças a uma ideia genial, própria de Macgyver, ocorreu a alguém usar um saco de plástico de 15 cm que servia para guardar sanduíches na cafeteria para manter Lexi aquecida.

Depois de passar 3 dias no hospital foi transladada a outro onde ficou em recuperação durante 11 semanas. Finalmente voltou para casa em 3 de setembro em perfeito estado de saúde.

Via | Telegraph.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Wow! That's a really neat anwesr!

Deixe um comentário sobre o artigo