Fósseis encontrados recentemente na China sugerem que o humano moderno apareceu bem antes do que se pensava

LuisaoCS

Fósseis dos primeiros humanos modernos

Uma equipe internacional de pesquisadores, entre eles um professor de antropologia física na Universidade de Washington em St. Louis, descobriram fósseis humanos bastante antigos no sul da China, o que muda notoriamente a percepção dos antropólogos a respeito do aparecimento dos humanos modernos no leste do Velho Mundo.

A pesquisa, realizada no Instituto de Paleontologia de Vertebrados e Paleontropologia de Beijing, foi publicada em 25 de outubro na edição on-line da revista Proceedings of the National Academy of Sciences.


A descoberta de restos fósseis dos primeiros humanos modernos (Homo sapiens sapiens) na região de Zhirendong (Gruta de Zhiren) no sul da China, datam ao menos de uns 100 mil anos, o que representa a evidência mais antiga do aparecimento dos humanos modernos na Ásia Oriental, pelo menos 60 mil anos mais velhos que os humanos modernos anteriormente conhecidos na região.

- "Estes fósseis estão ajudando a redefinir nossa percepção do aparecimento do homem moderno no leste de Eurásia, e em todo o Velho Mundo em general", diz Eric Trinkaus, PhD, Professor Mary Tileston Hemenway em Artes e Ciências e professor de Antropologia Física.

Os fósseis de Zhirendong têm uma mistura de características modernas e arcaicas, que contrastam com os humanos modernos encontrados anteriormente no leste da África e sudoeste da Ásia, o que indica um verdadeiro grau de continuidade da população humana na Ásia, com o aparecimento dos humanos modernos.

Os humanos de Zhirendong indicam que a propagação biológica humana moderna precedeu por muito as inovações culturais e tecnológicas do Paleolítico Superior e que os primeiros humanos modernos coexistiram durante muitas dezenas de milhares de anos com seres humanos mais arcaicos ou primitivos, mais ao norte e ao oeste através de Eurásia.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

nao me ajudou muito talvez menos testo bjs

Deixe um comentário sobre o artigo