Oficial: primeiro paciente curado da AIDS

LuisaoCS

Células tronco

Pela primeira vez um homem foi curado da Síndrome de Imunodeficiência Adquirida. Seu nome é Timothy Ray Brown, tem 42 anos e na realidade tinha outra preocupação com sua saúde mais importante que a AIDS, pois também padecia uma leucemia. Graças à medicação de retrovirais, a AIDS para ele se converteu em uma doença crônica, mas os esforços do Hospital Médico Universitário da Caridade em Berlim, onde fazia tratamento, estavam encaminhados livrá-lo do câncer.

Qual não foi a surpresa da equipe médica quando Brown, ao receber um tratamento consistente em um transplante de células tronco... se curou da AIDS.


Para tratar a leucemia Brown teve que sofrer um agressivo tratamento de quimioterapia que lhe deixou sem células imunes em todo seu corpo. O transplante de células tronco a que foi submetido era também uma decisão arriscada, pois ao redor de um terço dos pacientes desta intervenção não superam e falecem. A sorte para Brown é que o doador de ditas células tronco apresentava uma raríssima mutação genética que poucas pessoas têm e que lhe torna virtualmente imune ao vírus da AIDS.

Como as defesas imunológicas de Brown tinham desaparecido devido ao tratamento de quimio contra sua leucemia, as células resistentes a AIDS procedentes do doador repovoaram o organismo de Brown e três anos depois -recebeu o transplante em 2007-, sem ter tomado antirretroviral desde então, exaustivas análises demonstram que não há rastro de AIDS em seu organismo. Em poucas palavras, Timothy Ray Brown curou-se da AIDS.

É ainda cedo para estimar se o caso abre a porta para tratamentos aplicáveis a todos os afetados por esta doença. Para começar Brown sofreu muito com a quimioterapia para chegar a tal ponto, Mas o fato que passa aos anais da História da Medicina é que a AIDS pode ser sim curada. Todo um amplo leque de possibilidades combinadas se abrem para acabar com esta temida doença.

Via | AIDS map.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

dener, os remedios sao fornecidos de graça

É mentira que o tratamento foi por acaso e que a equipe médica ficou surpesa. O doador foi escolhido justamente por ter essa capacide e os médicos sabiam da possibilidade de cura. A mídia e as autoridades sanitarias dizem isso, porque querem continuar ganhando dinheiro com remédios, e isso serve p qualquer doença.

tem uma mendiga doida na minha rua que jura que a irmã dela se curou sozinha rs

Muito, muito interessante. As células-tronco, de fato, são a chave para muitas descobertas no que se refere ao tratamento de diversas doenças.

Um assunto já razoalmente antigo que possui um futuro promissor!

Legal. Tomara que tenha futuro.

isso eh mais antigo q a minha vo... se quizer ja adianto q nunca conseguiram repitir o feito.. ja faz mais de 2 anos...

Deixe um comentário sobre o artigo