Sistemas operacionais na nuvem para lutar contra a pirataria?

LuisaoCS

Sistemas operacionais na nuvem para lutar contra a pirataria?As últimas informações relacionadas sobre Windows 8 e mais concretamente sobre a possível virtualização de parte do sistema operacional indicam dois pontos interessantes, um para qualquer usuário e outro para a própria Microsoft. Ao que parece os engenheiros da empresa estão trabalhando para que partes essenciais do núcleo do Windows sejam sincronizados com os servidores em cada inicialização sempre que tivermos uma conexão a Internet ativa.

Isto permitiria duas novidades, uma delas é que teria possibilidade de atualizar algumas partes do sistema operacional sem necessidade de reiniciar o PC, os pacotes novos seriam baixados automaticamente sincronizando-se com as últimas versões lançadas pela Microsoft, o que seria uma grande vantagem acabando com os incômodos reinícios.

Por outro lado, a sincronização constante com os servidores faria com que o equipamento dependesse de um novo sistema no qual poderiam criar toda sorte de empecilho para frear as cópias ilegais do Windows.


O Windows 8 estaria preparado para que bloquear funcionalidades se a sincronização não fosse feita. De toda forma, sempre existiu a crença entre algumas pessoas -e com muita razão- de que a Microsoft quer que o Windows seja pirateado para ter uma maior quota de uso e desse modo possa obter outros benefícios.

E se ficamos sem conexão a Internet? Poderíamos trabalhar sem problemas já que o disco rígido guardaria as partes necessárias do software para executar em um PC sem conexão. Seja como for, se a Microsoft está pensando em criar um sistema operacional na nuvem logicamente estaria pensado em trabalhar com conexão a Internet.

Se isto for realmente assim, não será a primeira vez que a Microsoft lança um suposto sistema invulnerável para evitar as cópias piratas do Windows e sempre, tarde ou cedo, encontraram a forma de burlar esses sistemas antipiratas e muita gente usa o produto estrela da empresa de Redmond sem uma licença.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Nenhum comentário ainda!

Deixe um comentário sobre o artigo