Ministério Público Federal quer bloquear celulares xing-ling

LuisaoCS

Ministério Público Federal quer bloquear celulares xing ling

Os populares aparelhos MP-qualquer-número, sem marca e que na maioria das vezes copiam designs de marcas famosas, estão na mira do Ministério Público Federal. Por serem resultado da falsificação, os aparelhos não têm a certificação da Anatel e dessa forma deveriam ter seu uso proibido no país.

Estes aparelhos caíram no gosto do brasileiro por serem extremamente baratos e se tornaram uma opção para aquelas pessoas que não tem como pagar por um smartphone original (e sua alta carga de impostos), mas que desejam ter um aparelho com mais opções do que simplesmente fazer ligações e enviar SMS.


Segundo um levantamento realizado pela Folha, mais de 20% dos números pós-pagos no Brasil usam aparelhos xing-ling e este percentual supera os 40% no caso dos números pré-pagos. Por isso o Ministério Público Federal está preparando uma ação civil que pretende fazer com que eles sejam bloqueados para ligações, como forma de inibir sua comercialização e uso.

O problema todo é como fazer este bloqueio e por enquanto não ocorreu melhor ideia ao pessoal do Ministério do que dar uma senha para cada pessoa que tem um celular no país de forma a associar um cartão SIM a um celular específico. A outra sugestão seria solicitar para as operadores bloquearem os IMEIs (aqueles números identificadores do aparelho) xing-ling. Mas eles não se deram conta que há aparelhos falsificados usando IMEIs genuínos e bloquear esse número poderia acarretar em deixar clientes com aparelhos originais bloqueados.

As fabricantes estimam que o prejuízo com celulares falsificados chegou a R$ 1 bilhão de reais no ano passado. Mas diferentemente da situação que querem passar, deixar de vender não supõe prejuízo. Ademais o Ministério Público poderia economizar toda esta patacoada se este governo baixasse os exorbitantes impostos de importação, fazendo com que as alternativas legais tivessem o mesmo, ou até menor, preço dos xing-lings.

Muitas pessoas usam bons aparelhos legais por causa dos bônus das operadoras, do contrário este número de aparelhos falsificados tenderia, com toda a razão, engrossar a 100%.

Via | Gizmodo.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

isso não vai acabar nunca agora que chegou aqui no Brasil o brasileiro arruma jeito pra tudo

NÃO!!!! De jeito nenhum! Não façam isso! P.A.D.D.!

(0.0)'

Espero que aconteça isso mesmo, esses aparelhos são uma porcaria.
É aquele aparelho que todo mundo sabe que vai quebrar em breve e tudo mais.
sem contar que não tem selo da anatel, então o aparelho do seu vizinho pode estar interferindo no sinal e fazendo a ligação ficar uma porcaria.
Sem contar que não paga imposto.
NINGUÉM precisa de ter um celular, tem quem quer, então nada mais justo que pagar um imposto (e dos caros) pelos aparelhos, da mesma forma que tem a bebida e o cigarro...
De preferência colocar 100% a mais de impostos em produtos Apple, porque não gosto dela... XD

Xing-ling com Android 2.0 e por 179 reais... e por incrível que pareça, aceitou a instalação do software Justvoip normalmente (como outros tantos), portanto... falar via wirelles, (sem custos, usando voip), com as múltiplas funcionalidades do Sistema do google...
Só troco se quebrar, ou arrumarem algo para bloquearem.

Deixe um comentário sobre o artigo