As relações sociais ajudam a manter nosso cérebro saudável

LuisaoCS

As relações sociais ajudam a manter nosso cérebro saudável

Quer manter seu cérebro saudável? Visite seus amigos, vá em festas, eventos esportivos e inclusive ir à igreja pode ser tão benéfico para seus neurônios como resolver palavras cruzadas. Cientistas do Centro Médico da Universidade de Rush (EUA) chegaram à conclusão de que a atividade social frequente ajuda a prevenir ou atrasar o declive cognitivo que acompanha ao envelhecimento.


No estudo, publicado pela revista Journal of the International Neuropsychological Society, os pesquisadores trabalharam com 1.138 voluntários com uma idade média de 80 anos e mediram seus níveis de atividade social. No começo da pesquisa todos mostravam alguns problemas cognitivos mas, decorridos 5 anos, aqueles que eram socialmente mais ativos experimentavam uma deterioração da memória e de outras funções cognitivas até 75% mais lentas que os menos ativos socialmente.

Por que a atividade social tem um papel tão crucial na saúde mental não ficou muito claro. Segundo Bryan James, coautor do estudo, uma possível explicação é que "a atividade social desafia os idosos a participar em intercâmbios interpessoais complexos que estimulam certas redes neuronais que se não forem utilizadas tendem a se deteriorar".

Via | Science Daily.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

completamente de acordo,nao sou muito sociavel mas vesse bem a diferença quando se passa um dia sosinho e outro com com colegas de trabalho ou amigos.

Deixe um comentário sobre o artigo