Myspace por fim foi comprado, mas por muito menos do que se pedia

LuisaoCS

Myspace por fim foi comprado, mas por muito menos do que se pedia

35 milhões de dólares: esse foi o preço pelo qual a companhia Specific Media, uma das maiores redes de publicidade dos Estados unidos, comprou o Myspace da News Corp. Um valor muito, mas muito abaixo dos 100 milhões pedidos por Rupert Murdoch pela outrora bem sucedida rede social.

Segundo informam, dentro do acordo realizado, News Corp manteria ainda uma participação na rede, mas só entre 5% e 10%, reduziria o pessoal da companhia em 50% e os dirigentes da mesma permaneceriam à frente dela só enquanto acontece a transição. De fato, o CEO de Myspace já comunicou que continuará durante mais dois meses dando uma mão na mudança.


Recordemos que a News Corp comprou o Myspace por 580 milhões. Comparando cifras, nota-se que a empresa se meteu em algo que não sabia para que servia. Só comprou porque era a maior rede em seu momento e muito provavelmente, segundo o pensamento corporativista mesquinho de Murdoch, acreditavam que adquirindo o MySpace, faria com que a grande rede passasse a ter um mesmo conceito que aquele da posição de controle exercida pela News Corp na mídia convencional. Não deu certo e Murdoch provou em mais de uma ocasião que não entende como funciona Internet.

Qual será o futuro do Myspace nas mãos da Specific Media? Seu ressurgimento como rede social generalista é bem difícil, para não dizer impossível. Provavelmente continuará especializando na música e nas páginas mal feitas e bizarras. Com certeza acessará os dados dos usuários para usar na orientação de anúncios. Agora se têm planos mais ambiciosos, só o tempo poderá dizer.

Fonte: TechCrunch.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Vixe! Essa foto ai parece do buteco que frequento aqui perto de casa!
De onde tu tirou essa foto mermão?
o0

Deixe um comentário sobre o artigo