Quero meu brócolis mal-passado!

Luna

20110625-meat-eating-lisa-simpson.jpg

Vamos imaginar que, do dia para a noite, como mágica, o mundo todo resolveu virar vegetariano e tornou-se proibido matar animais para comer, com algumas pouquíssimas exceções. É fácil se você tentar.

Podemos começar dando liberdade para os bichos, criados para virar comida - Xôôô! Vão.... Corram livres! Fujam dos humanos se quiserem. Alguns poderiam ser adotados como animais de estimação - vaca, porco, galinha, patos... Por que não?


Sabe aquela música que diz: troque seu cachorro por uma criança pobre? Poderíamos fazer uma campanha do tipo "Troque seu cachorro por uns 5 ou 6 porquinhos carentes". Que tal?

Há muita gente de bom coração e consciente no mundo, não é mesmo? Temos os ambientalistas e toda a gente que defende os animas, eles não deixariam os bichos desamparados. Até porque, os animais livres e sem donos, ou quem possa alimentá-los, teriam de procurar alimento sozinhos por aí, perambulando pelas cidades.

É previsível alguns pontos positivos e negativos dessa mudança no mundo. Começando pela quantidade esplendorosa de vida animal que seria poupada. Só no Brasil 43 milhões de bois, quase 40 milhões de porcos e 4,5 bilhões de frangos são abatidos à cada ano.

Aliás, a vida dos animais de corte transformaria-se radicalmente. De repente ficariam até meio sem rumo, atordoados com a repentina alforria - Para onde iremos? Quem somos? O que faremos agora? Será que eles conseguiriam competir por alimento com outras espécies?

Outra boa, muito boa, é a diminuição do impacto ambiental, uma vez que o desmatamento para abrir espaço à criação de animais detona o meio ambiente. Menos árvores cortadas e menos emissões de gases.

Agora vem o triste - O açougue do Seu Zé teria que fechar as portas. Isso seria desolador. Os abatedouros e frigoríficos entrariam em falência. Teríamos um pequeno problema de desemprego no mundo. Azar para a economia dos grandes exportadores de carne, entre os quais, o Brasil sai na frente.

Nossa saúde iria cambalear. Ficaríamos fraquinhos sem nossa fonte de nutrientes essenciais que adquiríamos comendo carne. Mas não seria o fim do mundo. Sobreviveríamos. Já nos adaptamos a tantas coisas ao longo na nossa história. Só não recordo de nenhuma no momento.

Bem, adeus feijoada e peru de Natal. Foi bom te conhecer, bacalhau. E quem precisa daquelas suculentas e deliciosas costeletas assadas? Eu terei meu brócolis mal-passado. Ah, nosso guarda-roupa também seria afetado.

À respeito das poucas exceções, uma delas seria o abate de animais só para produzir ração para cães e gatos. É claro que encareceria tanto o produto que só a Paris Whitney Hilton teria cachorros. Se bem que o cão vegetariano está na moda.

Se você não conseguisse viver de churrasquinho de carne de soja, haveria uma desesperadora solução - açougues clandestinos que funcionariam no fundo do quintal. Estes açougueiros malignos teriam contato com alguém, que teria contato com alguém, que teria contato com algum fazendeiro ganancioso e.... Que delícia essa picanha!... Sem procedência... Sem inspeção...

O que motivaria você a deixar de comer carne, ou reduzir o consumo? Respeito aos bichos, ou consciência ambiental? Você mudaria hábitos tornando-se vegan? Conseguiria adotar um estilo de vida tão complexo quanto o dos ecotarianos, ou o radical dos freegans?

É muito bom poder fazer escolhas. Enquanto pudermos, cada um seguirá fazendo as suas. Nem sempre as melhores para o planeta, nem para você, nem para os que virão.

Via | super.


Notícias relacionadas:

 

Comentários

Perdoe me digitei errado é B12

O mundo pode viver sem carne sim, não tem discussão , isso ta na ciência.Só que venham com argumentos concretos, procurem se informar antes, e tragam seus pontos de vista.

A unica vitamina que não se encontra em nenhum vegetal que esta presente na carne é a b6. A vitamina esta presente no leite, e nos ovos também, assim a pessoa que não come carne pode se alimentar dos derivados do leite , e dos ovos.Volto a dizer que todos os demais nutrientes necessário pra sobrevivência da especia Humana esta no vegetal.

Então a vida dos animais vale menos do que o ''açougue do seu zé''? O ''seu zé'' não pode procurar outro emprego? Baseado em QUÊ o autor do texto diz que a saúde vai "cambalear" se não comer cadávere de bichos mortos? Sou vegan há quase 8 anos e não vejo minha saúde "cambalear", pelo contrário, a tenho pra dar e vender.

Sou vegetariana a 5 anos. Me livrei da anemia que tinha antes e minha saúde melhorou e olha que eu sou uma dessas pessoas de saúde fragil. Não é preciso ser nutricionista para saber que vegetarianos não tem uma saúde pior do que carnívoros inveterados. Viva sem legumes e frutas e veja se sua saúde é boa. Sempre precisaremos de uma dieta balanceada.
Sem mais a discussão.
Sobre o desemprego devemos notar que teria de aumentar a produção mundial de vegetais. E a de grãos? O Brasil tem crescido especialmente na plantação dos mesmos. Apesar de tudo, a agricultura não emprega menos gente que a pecuária, pensemos nisso. Pensemos também na diminuição da quantidade de metano no planeta.
A dieta carnivora é invariavelmente mais cara e dispendiosa. Alimentos veganos industrializados podem ser caros, mas não são necessários na vida diária como quem come carne parece achar que vai morrer se não comer todo dia, então as pessoas gastam menos.
É mais caro produzir carne. Não só questão de dinheiro, mas por sermos consumidores secundários, o boi tem de se alimentar. E beber água, muita água usando recursos que poderíamos usar diretamente.

Não sou vegetariana pelo planeta. Nem por amor aos animais. é um raciocinio bem simples: Eu não preciso de carne. E quando eu comia carne, eu deixei de experimentar muita coisa por me ser estranho. Por preferir carne. Achava legumes em geral sem graça, porque nunca os havia temperado direito já que eles não eram o principal do prato. Minha dieta é mais variada agora.

Nós evoluimos por comer carne, verdade. Existe um motivo bem simples para isso: Não sabiamos plantar. Não tinha-se garantia de ter alimento do solo. Mas, garanto que o homem daquela época comia menos, não dependia de embutidos, enlatados e corantes. E principalmente buscava o próprio alimento. Esse é o natural da cadeia alimentar, concordo.
Mas, não vem me dizer que comer salsicha é natural. Que comer presunto é natural. Até onde eu sei isso tudo é industrializado e não é simplesmente carne. Isso não é natural.

I'm shocked that I found this info so eailsy.

I was ralely confused, and this answered all my questions.

Tá cheio de doutorandos em nutrição aqui...

Não sei se sabem, mas só somos o que somos graças a ingestão de carne, caso contrário, ainda estariamos pendurados em árvores e comendo banana.

Nem Darwin imaginaria o que aconteceria com a humanidade sem o consumo de carne a longo prazo.

"eu sou vegetariano a um ano e meio e a minha saúde não é fraca por eu não comer carne."

Você tá de brincadeira né amigão? 1 ano e meio virando pseudo vegetariano e você acha que pode tirar respostas conclusivas? Daqui a 20 ou 30 anos veremos como estará o cálcio de seus ossos ou o ferro em teu sangue.

A natureza não dá saltos. Isso vai acontecer um dia, mas de uma maneira gradual.
Não precisamos, de maneira alguma, comer carne para nossa saúde estar perfeita. Todos os aminoácidos necessários para a construção das proteínas que precisamos no dia a dia, são encontrados em abundância no mundo vegetal. Basta querer! :)

Acredito eu que desde o principio, comemos carne de outros animais e usamos de raizes/vegetais na nossa alimentaçao como complemento ou escassez da carne. Nao é um abalo ao organismo simplesmente deixar de comer carne?

um animal come o outro. isso acontece desde sempre e não mudará nunca, espero.

Afinal de contas, qual o problema em não ser vegetariano??

realmente, tem uma informação equivocada sobre o abalo na saúde.
e é estranho pensar em qualquer mudança repentina. seria excelente um mundo vegetariano, mas que o conquistemos aos poucos

"Nossa saúde iria cambalear. Ficaríamos fraquinhos sem nossa fonte de nutrientes essenciais que adquiríamos comendo carne."

Luna, querida, eu sou vegetariano a um ano e meio e a minha saúde não é fraca por eu não comer carne. Tem que ver isso aí.
De resto, post excelente. Seria curioso um mundo vegetariano...até lá eu fico com o meu espetinho de brócolis assado.

Deixe um comentário sobre o artigo